segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Nem as consciências cristãs estão a salvo

Saudações queridos leitores!

A perseguição aos cristãos não acontece só no Brasil. Também não se restringe à caça dos símbolos religiosos. Nos Estados Unidos, até mesmo a consciência cristã é perseguida.

Uma enfermeira católica, funcionária do Mount sinai Hospital foi forçada, isso mesmo, forçada, a auxiliar em um procedimento de aborto, contra sua vontade, sendo ameaçada com medidas disciplinares, legais e até mesmo denúncia ao conselho regulador da categoria, caso se recusasse a agir de modo contrário a sua consciência e convicções morais.

A enfermeira Catherina Cenzon-DeCarlo recebeu a ordem de ajudar no aborto de uma mulher com 22 semanas de gestação. O hospital sabia que a enfermeira não participava de aborto por objeção de consciência desde que a contratou no ano 2004. Ela recordou a seus superiores que não podia participar do procedimento, mas eles a ameaçaram com a acusação de "insubordinação e abandono do paciente", que poderia lhe render um processo disciplinar que culminaria em perda da licença de exercício da profissão.

Após as ameaças e da alegação do hospital de que esse era um procedimento urgente, a enfermeira auxiliou no mesmo, contra sua consciência. Ela recorda que entrou em desespero após o ocorrido, tendo pesadelos durante a noite e constantes crises de choro, além de outros problemas que a fizeram ser afastada do trabalho por alguns dias.

Devido ao ocorrido, a organização Alliance Defense Fund (ADF) está processando o Mount Sinai Hospital por violação de objeção de consciência da enfermeira.

Peço clemência a Deus pelo inocente assassinado e pela enfermeira, ludibriada, ameaçada e obrigada a tomar parte de tal ato asqueroso.

Que Deus nos livre da maldição do aborto!

Fiquem com Deus,
Fernando.

Um comentário:

TheKarlaMaria disse...

Se ela tinha semelhante "consciência cristã",deveria ter se aferrado a Deus se negado,e assumido as conseqüencias...por mais negro que fosse o panorama DEUS daria a vitória!!!...Faltou fé!!!...