sábado, 1 de novembro de 2008

Bento XVI reúne-se com Stephen Hawking no Vaticano

Saudações queridos leitores!

Nessa sexta-feira Bento XVI se reuniu com uma série de cientistas, entre eles o cosmólogo Stephen Hawking (que a propósito não é Católico mas é membro da Pontifícia Academia de Ciências!) e declarou que não existe contradição entre a crença em Deus e a ciência.

Bento XVI recordou aos presentes que não existe oposição entre o entendimento pela fé e a ciência empírica. O Pontífice ainda esclareceu que a ciência é como uma busca pelo conhecimento da criação de Deus.

Hawking, que já disse não ser "religioso no senso comum", declarou que acredita que o universo é governado por leis da ciência. "Essas podem ser decretadas por Deus, mas Deus não intervém para quebrar as leis".

Nos últimos tempos, Bento XVI vem relembrando que a Doutrina Católica acerca da criação é perfeitamente conciliável com o conhecimento científico moderno, visto que a Fé não tenta dar explicações técnicas, já que essas são a área da ciência.

O problema reside quando certos grupos tentam fazer uma leitura científica das Sagradas Escrituras ou quando o ateísmo torna-se uma ideologia cega que faz com que as pessoas recusem-se por pura birra a aceitar qualquer possibilidade da existência de Deus, como os ateus pop Dawkins e Hitchens.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Mais um mártir surge na Índia

Saudações queridos leitores!

Hoje o Reino dos Céus se alegra enquanto nós nos entristecemos. Faleceu o Padre Bernard Digal, vítima de extremistas hindus que perpetram uma perseguição implacável contra os cristãos na Índia, com uma maior crueldade na região de Orissa. Com informações de ZENIT.

Padre Bernard ainda foi levado com vida para o Hospital de Chennai onde passou por uma delicada intervenção cirúrgica na cabeça que foi necessária por causa dos traumas sofridos mas esse bravo sacerdote de 45 anos acabou sendo chamado por Deus mesmo assim.

Sobre a vida e o trabalho de Padre Bernard, o Padre Mrutyunjay Digal, sacerdote da mesma arquidiocese e secretário do Arcebispo local, declarou que "durante sua vida, o Pe. Bernard mostrou determinação e valentia para testemunhar e morrer por Cristo. Morreu como autêntico cristão, e imediatamente depois da agressão sofrida, perdoou seus inimigos e perseguidores".

"A todos os seus entes queridos se dirigem nosso afeto e nossas orações, para infundir força e ânimo neste momento de dificuldade", acrescentou, informando que na cabeceira do leito de morte do Pe. Bernard estava Dom Cheenath, que lhe deu as últimas palavras de consolo e o acompanhou no trânsito com a oração.

A perseguição contra os cristãos que ocorre na Índia nos últimos tempos é promovida por grupos extremistas hindus. Cerca de 15 mil cristãos estão em campos de refugiados enquanto outros 40 mil fugiram para a selva.

Que Deus olhe com compaixão para esse rebanho que é vítima de perseguição.

Fiquem com Deus,
Fernando.

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Abertura dos documentos relativos a Pio XII ainda vai demorar

Saudações queridos leitores!

O Rabino David Rosen, chefe de uma delegação judaica responsável por consultas inter-religiosas, que se encontrou com Bento XVI recentemente pediu que o Vaticano liberasse totalmente o acesso aos documentos do Arquivo Secreto do Vaticano relacionados ao reinado de Pio XII.

Apesar do pedido ser justificável, o porta-voz da Santa Sé, Padre Frederico Lombardi descartou que isso possa ser feito imediatamente, pois razões de ordem técnica impedem a abertura precipitada do arquivo.

A documentação produzida durante o período que Eugenio Pacelli esteve à frente da Igreja Católica consiste em nada menos que 16 milhões de cartas, separadas em 15.430 pastas e 2.500 pacotes. Toda a catalogação e análise minuciosa dessa montanha de material leva tempo e custa caro, além de especialistas nessa área serem escassos.

Em setembro de 2006, o Vaticano abriu ao público toda a documentação relativa ao Pontificado de Pio XI (1922-1939) existente no Arquivo Secreto, destacando documentos sobre a Guerra Civil Espanhola (1936-39), a Alemanha nazista e a Itália fascista.

Por isso, relaxemos e esperemos que tudo será revelado a seu tempo. Espero sinceramente que a imagem que alguns insistem de passar de Pio XII seja pautada na verdade, quando ficar demonstrada que a mesma é diferente do que acreditam.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Mais pressões contra a beatificação de Pio XII

Saudações queridos leitores!

Todo mundo quer se intrometer na Igreja. Mas ai se a Igreja se manifesta sobre algo "fora das sacristias"!

A bola da vez ainda é Pio XII e seu proceso de beatificação que corre no Vaticano. A Reuters publica uma matéria terrivelmente mal elaborada (que falta fazem jornalistas com conhecimento mínimo de religião) que alega que Bento XVI está "considerando seriamente" a possibilidade de frear o processo de beatificação de Pio XII até que os arquivos do Vaticano relativos a sua época sejam abertos.

Na linha de fernte das pressões pela paralisação do processo estão alguns judeus mundo afora que alegam que Pio XII "fechou os olhos para o Holocausto". Já cansei de provar por aqui o quanto essa tese é balela, desmontada pelos próprios judeus! Vide judeus que visitaram Bento XVI para agradecer pelos atos de Pio XII, o rabino americano que pediu que fosse concedido a Pio XII o título de Justo entre as Nações (maior hojra que um não-judeu recebe desse povo) e tantos outros que poderiam ser citador por aqui.

Assim, por mais que esses setores do judaísmo e dos anti-católicos de plantão estribuche, cabe apenas ao Papa, assistido pelo Espírito Santo e pelo Colégio dos Cardeais, definir os rumos do processo de Pio XII.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Vaticano divulga documento acerca de homossexuais e o sacerdócio

Saudações queridos leitores!

o Prefeito para a Congregação para a Educação Católica, Cardeal Zenon Grocholewski, acaba de emitir um documento em que ficam esclarecidas várias questões acerca de homossexuais e o sacerdócio. O documento, intitulado "Orientações para o uso das competências da psicologia na admissão e na formação dos candidatos ao sacerdócio", diz que candidatos com fortes tendências homossexuais ou dificuldades para viver a castidade não devem ser sacerdotes.

Um excelente documento que chega em boa hora. Com essa medida a Igreja dá mais um passo na luta por um clero mais santo. Depois de algumas gerações com problemas terríveis de formação, essa medida não poderia ter vindo em melhor hora.

Um dos trechos que merecem ser destacados diz: "Na avaliação da possibilidade de viver em fidelidade e alegria o carisma do celibato é necessário considerar que não basta se garantir a capacidade de se abster do uso dos genitais, mas é necessário valorizar a orientação sexual. A castidade pelo Reino é muito mais que a simples falta de relações sexuais". Isso mostra que a castidade entendida apenas como abstinência sexual não é suficiente para que alguém possa se candidatar ao sacerdócio, mas também o amor à correta sexualidade é condição fundamental para o melhor serviço para o Reino de Deus.

Vivemos uma crise moral. E a pouca moral que ainda resta tem sido sistematicamente distorcida em todos os cantos. Sacerdotes mais firmes são fundamentais para o resgate de valores que sustentaram a nossa sociedade por séculos e que, agora que são cada vez mais atacados, me fazem ver sem surpresa essa ruína pela qual a sociedade moderna passa.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Carro bomba explode no campus da Universidade de Navarra

Saudações queridos leitores!

De acordo com informações da internet, um carro bomba explodiu a pouco no estacionamento, junto ao edifício central da Universidade de Navarra. Não há informações precisas sobre o número e o estado de possíveis feridos. De acordo com informações do jornal El Pais, o carro bomba explodiu pouco após as 11 da manhã em um estacionamento próximo à biblioteca e ao edifício central da Universidade de Navarra, que é uma obra corporativa do Opus Dei. Segundo testemunhas, o estrondo da explosão destruiu vários carros e quebrou vidros de janelas ao redor do campus.

A explosão ocorre aproximadamente 48 horas depois de forças policiais deterem quatro suspeitos de fazerem parte do novo comando da organização terrorista Nafarroa. Com os suspeitos foi apreendido material para a confecção de bombas. Ainda não foi comprovada nenhuma ligação entre os detidos e o atentado ocorrido a pouco.

Essa é a sexta vez que a Universidade de Navarra é vítima de um atentado terrorista. Assim que obtiver mais informações, postarei aqui.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

terça-feira, 28 de outubro de 2008

Igreja protesta contra concessão de patentes de células-tronco

Saudações queridos leitores!

Pela árvore conhecereis os frutos. Como a Igreja já cansou de alertar,a imoralidade das pesquisas com células-tronco embrionárias está descambando para o comércio descarado da vida humana. Na Alemanha, a Igreja Católica e as comuniddes protestantes emitiramum comunicado conjunto sobre a possibilidade de concessão de patentes de células-tronco embrionárias, assunto sobre o qual o Escritório Europeu de Pantentes deve se pronunciar em breve. A iniciativa do registro das patentes é da Wisconsin Alumni Research Foundation (Warf), sustentada pelo pesquisador americano James Thomson, um dos pioneiros no ramo.

A vida humana está perdendo seu caráter sagrado e tornando-se um mero produto nas mãos de homens inescrupulosos que dão mais valor aos lucros do que à própria vida. Urge lutarmos para que não permitamos que tais planos nunca se concretizem, pois caso contrário, corremos o risco de pagar para viver.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

O defensor de El Salvador

Saudações queridos leitores!


Um dos maiores inimigos dos grupos que querem impor uma cultura de morte em El Salvador é um Arcebispo de origem espanhola: O bravo Dom Fernando Sáenz Lacalle, Arcebispo Metropolitando de San Salvador. O Arcebispo de 75 anos, que reside desde 1962 no Centro do Opus Dei da capital Salvadorenha é atualmente a voz da Igreja que fla mais alto contra a Convenção Ibero-Americana de Direitos da Juventude, um documento assinado em 2005 pelos países membros da Comunidade de Nações Ibero-Americanas.

Esse documento consiste em 44 supostos direitos da juventude. Entre esses temas, estão o aborto e a tal "ideologia de gênero" que serão impostas aos Salvadorenhos caso o documento seja assinado. Graças ao empenho de Dom Fernando e de diversas organizações que lutam em favor da Vida, o presidente Antonio Saca já declarou que a ratificação da Convenção não está em seus planos.

Dom Fernando esclarece que entre suas objeções, está o fato de que o papel da família na formação das crianças e dos jovens não é mencionado e que o Estado acaba assumindo toda a responsabilidade nesse ponto. Eu esclareço que tal atitude é uma sanha ditatorial, pois ao retirar a liberdade das famílias para que eduquem seus filhos e transferir esse encargo para o Estado, não se formam mais cidadãos livres, mas sim militantes que já saem formatados para apoiar e lutar pela ideologia em voga no Estado.

Uma área em que Dom Fernando Sáenz vem trabalhando incansavelmente nos últimos 20 anos é no ensino correto da sexualidade. O Arcebispo trabalha junto com o MInistério da Educação preparando materiais adequados para que professores abordem de maneira adequada temas relacionados à sexualidade humana. Longe de se tratar de mera intromissão do religioso em assuntos do Estado, lembro que nas democracias as pessoas são livres para opinar e ensinar as coisas que acreditam.

Uma solução sugerida por Dom Fernando para os problemas que tornam esse documento inaceitável é a formulação de uma legislação própria, onde sejam inclusos os pontos positivos contidos na carta em questão mas sejam abordados de maneira coerente os pontos que a Convenção trata de maneira irresponsável. Outro entrave que torna o documento inaceitável é o fato de que sobre o ponto específico do aborto, a carta vai de encontro à Constituição de El Salvador, que protege a vida humana desde o momento de sua concepção.

Fica minha gratidão a Fom Fernando Sáenz, que defende de forma heróica os valores da vida, tão desconsiderados em nossos dias.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Evangelização até via iPod

Saudações queridos leitores!

Sempre fui fã dessas iniciativas tecnológicas em relação à Fé. Não só eu, mas também a Igreja. Tanto é que o site do Vaticano foi um dos primeiros websites da Europa!

Agora, em mais uma iniciativa dos Bispos, eles pedem que todos os meios, desde a TV, cinema DVDs e até os iPods sejam focados como meios de transmissão da Palavra de Deus.

É certo que nos dias de hoje, em meio a um estilo de vida tão corrido e que insiste em nos encher de elementos que consomem nosso tempo, achar um momento para a leitura das Sagradas Escrituras ou para buscar alguma formação não é nada fácil. Para que a mensagem de Cristo consiga alcançar a todos e para que possamos chegar mais perto de proporcionar a chance da Salvação a todas as almas, todos os meios devem ser empregados.

Não deve existir motivo para não buscarmos a Deus.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Separação entre religião e política é conquista do cristianismo

Saudações queridos leitores!

Bento XVI afirmou em recente visita da Embaixadora das Filipinas junto à Santa Sé, Cristina Castañer-Ponce que a separação entre religião e polícica é uma conquista específica do Cristianismo e é uma de suas contribuições históricas e culturais fundamentais.

De acordo com o Pontífice, "esta cooperação harmoniosa entre a Igreja e Estado requer de líderes eclesiásticos e civis que realizem suas funções públicas com uma preocupação indubitável pelo bem comum".

Analisando os últimos séculos de história percebemos que essa divisão existe, apesar de que ela se tornou pouco tênue em alguns momentos. Penso que o que confunde muito as pessoas hoje em dia é o fato de que os governantes da época eram Católicos, o que fazia com que aplicassem a moral que conheciam (a Católica) em seus julgamentos e decisões.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Vídeos profanos são removidos do YouTube!

Saudações queridos leitores!

Depois de muita polêmica e o estarrecimento e revolta dos Católicos, os vídeos em que diversas profanações à Sagrada Eucaristia foram removidos do YouTube. Mas a remoção não foi obra do site de vídeos, como deveria ter sido.

O usuário que fez e divulgou os vídeos, conhecido pela alcunha de fsmdude apenas removeu os vídeos depois que seu pai recebeu uma carta em que alguém alegava conhecer a família e ameaçou divulgar detalhes particulares não apenas do usuário, mas de seus familiares, como o nome dos pais, onde eles trabalham e onde o garoto estuda.

A pessoa que enviou a carta exigiu a retirada imediata dos vídeos e um pedido público de desculpas por parte do usuário. Os vídeos foram retirados, mas o pedido de desculpas não apareceu.

O episódio acaba de forma lamentável, pois tão inadmissível quanto a produção e divulgação de material tão ofensivo é a recorrência a ameaças para tirar tal material do ar. Deixo claro aqui que apesar dos vídeos terem sido retirados do ar, sou totalmente contrário ao modo como isso aconteceu.

Esse triste episódio mostrou a indiferença do YouTube e de seu controlador, o Google, em relação à discriminação contra os Católicos. O Google possui uma política de tolerância zero em relação a conteúdo ofensivo, mas, por algum motivo não esclarecido por eles, mesmo após milhões de manifestações vindas de toda parte do mundo, os administradores do portal simplesmente ignoraram os apelos.

Isso me faz concluir que o Google apóia a discriminação contra os Católicos.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Católicas defendem o aborto?

Saudações queridos leitores!

Vivemos uma crise moral. E grande parte da pouca moral que nos resta é torta. Surpreende-me muito o resultado de uma pesquisa feita no Brasil onde dizem que 72% das mulheres católicas são favoráveis ao aborto de fetos anencéfalos. Em reportagem ao Estadão, Dulce Xavier, líder de uma organização abortista que se diz católica apenas para ludibriar os incautos, diz que isso mostra que as mulheres católicas pensam diferente da cúpula da Igreja. Ela usa esse termo para tentar criar uma dicotomia entre o ensinamento bimilenar da Igreja e as ideologias nefastas que se alastram pelo mundo hoje em dia. Isso não é questão de pensar diferente da cúpula da Igreja, mas é questão de se pensar diferente do que foi ensinado nesses últimos dois mil anos!

Pouco importa a opinião das pessoas nessa questão. A vida é um valor inegociável. Sempre foi e sempre será. Pesquisas como essa não exercem pressão alguma sobre a Igreja e sobre as pessoas que pensam na vida, mas apenas servem para agregar ao lobby de assassinos que em sua ânsia na luta por "direitos", acabam privando os mais inocentes de nosso meio do direito mais essencial, necessário para o exercício de todos os outros direitos, o direito à vida.

Não sejamos tolos, essas organizações não são apenas favoráveis ao aborto de anencéfalos, mas sim ao aborto de qualquer criança, sem qualquer restrição. Para eles, pouco importam os anencéfalos, eles são apenas uma etapa para que estes alcancem seus objetivos nefastaos. Não existe fundamento nas alegações que esses grupos fazem para justificar suas práticas, os argumentos utilizados para a defesa do aborto, em qualque situação, apenas escancaram a contradição na qual essas pessoas caem, pois eles reconhecem a vida apenas a partir do momento que lhes interessa.

Devemos estar sempre atentos, pois o inimigo está sempre à espreita e não descansará enquanto não destruir tudo o que é bom.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

domingo, 26 de outubro de 2008

Defendendo o aborto alheio

Saudações queridos leitores!

Com os petistas no poder no Brasil, somos testemunhas de toda sorte de usos e abusos da máquina estatal para a promoção de ideologias das mais nefastas. Em Recife, ocorre uma tal "Terceira Mostra de Cinema e Direitos Humanos na América do Sul" (alguém se lembra das duas anteriores?), que conta com o apoio da Petrobras.

Nessa mostra financiada com dinheiro público, o que mais vemos é pregação da ideologia esquerdista assassina, com a promoção do aborto. Se em uma mostra sobre "Cinema e Direitos Humanos na América do Sul" existem filmes que apóiam a descriminalização do assassinato de nascituros, podemos deduzir que esses mesmos nascituros não são considerados humanos pelos organizadores do evento. Se não são humanos, de que raça eles são?

O filme em questão é chamado "O aborto dos outros". Como não conheço o filme, fui dar uma pesquisada. Me surpreendi ao ver que o filme possui um site próprio, tal como as produções mais comerciais.

Pra variar, o filme é patrocinado por órgãos do governo estadual, com exceção da Sabesp, que é uma empresa de economia mista, mas que possui o governo de São Paulo como maior acionista. Uma lástima que dinheiro público de tantas fontes seja usado para mera pregação ideológica.

A história também não é menos lastimável. Mostra como as mulheres vivem a expectativa do assassinato dos filhos que carregam em seu ventre. Em sua descrição, o filme alega ser, entre outras coisas, sobre maternidade. Bem, em um filme sobre aborto, maternidade é a última palavra que pode ser usada. Mais honesto seria dizer que o filme é sobre a negação da maternidade.

Ao ler a resenha completa do filme, pode-se ver que não passa de uma lastimável peça de propaganda da morte, com a mesma alegação de que um debate sobre o aborto tem que ouvir a questão feminina e que a manutenção da proibição contribui para uma situação de descontrole.

A resenha também diz que nada menos que uma em cada quatro (25%!!!) das gestações no Brasil são interrompidas voluntariamente. Confesso que não sei de que cartola ela tira esse dado, pois como alega algumas linhas abaixo, a maioria dos abortos acontece na clandestinidade. Há uma grande contradição aqui: se o texto diz que maioria dos abortos ocorre clandestinamente, como uma pesquisa consegue estabelecer que a taxa de abortos no Brasil é de 25%?

Outra mentira contada na resenha do filme (se acho tantos erros na resenha, imagina no filme em si?) é o fato de que o aborto nos casos de estupro ou em risco de vida para a mãe é permitido. Tecnicamente, esses abortos também são proibidos, mas são inimputáveis perante a lei. Mas isso não importa para os promotores do aborto, pois não ajuda em sua causa.

Esses valentes só defendem o aborto alheio. Nem param pra pensar que se podem fazer isso hoje é porque suas mães não defenderam seus abortos.

Que Deus nos livre da maldição do aborto!

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Evangelho de Domingo - 30° Domingo do Tempo Comum

Saudações queridos leitores!

Segue abaixo o Santo Evangelho desse domingo, dia do Senhor, com comentários de Santo Antônio.

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Mateus.

Evangelho (Mt 22, 34-40 (30º Domingo do Tempo Comum))

34Mas os Fariseus, ao saberem que fizera calar os Saduceus, juntaram-se num corpo, 35e um deles, que era doutor da lei, para O tentar, interrogou-O: 36Mestre, qual é o maior mandamento da Lei? 37Respondeu Ele: Ama o Senhor teu Deus, com todo o teu coração e com toda a tua alma e com todo o teu entendimento. 38Este é o maior e o primeiro mandamento. 39E o segundo é semelhante a este: Ama o teu próximo como a ti mesmo. 40Destes dois mandamentos depende toda a Lei e os Profetas.

Palavra da Salvação.

Comentário ao Evangelho do dia feito por Santo Anselmo (1033-1109), monge, doutor da Igreja.

Carta 112, dirigida a Hugo, prisioneiro; Opera omnia, 3, p.245

«Destes dois mandamentos dependem toda a Lei e os profetas»

Como reinar nos céus mais não é do que aderir a Deus e a todos os santos, pelo amor, numa única vontade, de tal forma que exercem em conjunto um único e mesmo poder, ama pois a Deus mais do que ti próprio, e verás que começas a ter o que desejas possuir de forma perfeita no céu. Concerta-te com Deus e com os homens – se estes não se separarem de Deus – e começarás a reinar com Deus e com os seus santos. Porque, na justa medida em que agora te concertares com a vontade de Deus e com a dos homens, Deus e todos os santos concertar-se-ão com a tua vontade. Portanto, se queres ser rei nos céus, ama a Deus e aos homens como deves, e merecerás ser o que desejas.

Mas este amor, não poderás possui-lo na perfeição se não esvaziares o coração de todos os outros amores [...] Eis por que aqueles que enchem o coração com o amor a Deus e ao próximo têm apenas o querer de Deus, ou o de outro homem, na condição de que este não seja contrário a Deus. Eis por que são fiéis à oração, e a esta maneira de viver, a lembrarem-se sempre dos céus; porque lhes é agradável desejar a Deus e falar acerca d'Esse que amam, ouvir falar d'Ele e pensar n'Ele. É por isso também que rejubilam com todos os que estão em graça, que choram com os que estão em dificuldades (Rm 12,15), que têm compaixão pelos infelizes e que dão aos pobres, porque amam os outros homens como a si mesmos. [...] Sim, é assim que, de facto, destes dois mandamentos do amor «dependem toda a Lei e os profetas».

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fenando.