sábado, 2 de agosto de 2008

Sobre as Indulgências, de novo...

Saudações queridos leitores!

O texto abaixo teve boa parte de suas informações retiradas da revista Veja. Pra variar, a jornalista não podia deixar de escrever uma asneira clássica. Diz ela:

"As finanças da Santa Sé são um tradicional foco de tensões. A venda pela Igreja Católica de cartas de indulgência, que absolviam os pecados do comprador, esteve no centro da controvérsia que levou à Reforma Protestante e à divisão da cristandade."

Bem, quantas vezes será que nós, Católicos, teremos que dizer a esse povo que as indulgências não eram a absolvição dos pecados? Então, para que não fiquem mais dúvidas, vou colocar a definição certinha de indulgência:

O Catecismo da Igreja (CIC) afirma que: “Pelas indulgências, os fiéis podem obter para si mesmos e também para as almas do Purgatório, a remissão das penas temporais, sequelas dos pecados.” (CIC, 1498) O Papa Paulo VI (1963-1978), na Constituição Apostólica Indulgentiarum Doctrina (ID), ensina com clareza toda a verdade sobre esta matéria. Começa dizendo que: “A doutrina e o uso das indulgências vigentes na Igreja Católica há vários séculos encontram sólido apoio na Revelação divina, a qual vindo dos Apóstolos “se desenvolve na Igreja sob a assistência do Espírito Santo”, enquanto “a Igreja no decorrer dos séculos, tende para a plenitude da verdade divina, até que se cumpram nela as palavras de Deus (Dei Verbum, 8)”. ( DI, 1) Assim, fica claro que as indulgências têm base sólida na doutrina católica (Revelação e Tradição) e, como disse Paulo VI, “se desenvolve na Igreja sob a inspiração do Espírito Santo”.

Indulgências não eram (e ainda não são) conseguidas apenas com base em dinheiro. Existem muitas outras maneiras de se lucrar (é esse termo mesmo) uma ingulgência. Ah, e só para reforçar: para se conseguir a indulgência é necessário se confessar.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Marcela vai para o Céu

Saudações queridos leitores!

É com uma mistura de alegria e tristeza que comunico aos leitores do blog que faleceu por volta das 22:00 dessa sexta-feira a pequena Marcela de Jesus Ferreira. Ela foi vítima de uma parada cardiorespiratória resultante de uma pneumonia e sua morte não teve ligação com a sua anencefalia.

Desde seu nascimento, Marcela foi uma pequena guerreira que lutou contra o mundo e venceu. Deus sabe que ela já cumpriu seu papel nesse mundo e lhe concedeu o descanso eterno onde ela poderá ter a glória de contemplá-Lo face a face.

Marcela de Jesus Ferreira 20/11/2006 - 01/08/2008

Fiquem com Deus,
Fernando.

Pela conversão de Ana Paula Valadão

Saudações queridos leitores!

A campanha de oração é uma iniciativa do Blogocop 3.0 e um convite a toda blogosfera católica. Cada mês uma alma estará em nossas orações! Porque ecumenismo é o desejo de uma unidade visível entre os cristãos e não meramente pneumática. Todos um na única Igreja de Cristo. A alma pela qual rezaremos nesse mês é Ana Paula Valadão.

* * *

Da Lagoinha para Roma o caminho é longo. É por isso que vamos ajudar os caminheiros - a caminheira - a realizar o desejo oculto de seus corações: conhecer a Deus pela revelação de mais de 2000 anos feita aos apóstolos, príncipes da Igreja de Cristo - que subsiste na Igreja Católica.

A caminheira do mês é a batista da igreja da Lagoinha (BH), Ana Paula Valadão. Reconhecida nacionalmente como uma das principais vozes do meio, a pastora-cantora surpreendeu ao aproximar-se de um pensamento ecumênico incomum entre os protestantes do Brasil. Ana Paula ofereceu uma de suas composições ao Padre Marcelo Rossi e foi categórica ao afirmar na TV:

O evento não foi isolado. Anteriormente Ana Paula fez questão de aproximar-se do cantor católico Walmir Alencar e esclarecer um boato de que a cantora teria ofendido a devoção de católicos pela eucaristia, um mal entendido que estimulou jovens católicos a lotar a caixa postal eletrônica da batista com e-mails de protestos. No encontro a batista “abençoou” o apostolado católico de Walmir Alencar:

O sinal mais curioso de que a batista Ana Paula “aproximava-se” do catolicismo romano foi manifesto no ano passado por meio do blog pessoal da cantora, espaço no qual ela publica impressões pessoais. Surpresa para uns, escândalo para outros, a líder do grupo de música cristã mais famoso do Brasil, Diante do Trono, assume que a doutrina dos protestantes brasileiros relativa à confecção de imagens religiosas está equivocada porque impregnada de anti-catolicismo:

Publicamente não houve qualquer declaração de Ana Paula no que diz respeito a um suposto desejo de conversão ao catolicismo, mas nunca uma liderança protestante com prestígio semelhante ao da cantora ousou aproximar-se tanto dos católicos.

Porque acreditamos que a conversão de Ana Paula Valadão tocaria na experiência cristã de muitos jovens protestantes, o nome dela foi escolhido para o início da campanha de oração por conversões de nossos irmãos separados.

Terço em mãos! Agosto é o mês de oração pela conversão de Ana Paula Valadão. O caminho seguro para Cristo é Roma e Ele não decepciona. Amém.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

O Vaticano no Vermelho

Saudações queridos leitores!

Os que acham que a Igreja Católica nada em dinheiro e que as coisas andam às mil maravilhas precisam saber que estão enganados. Os efeitos da crise mundial e a desvalorização do dólar são os principais fatores para o rombo de 9 milhões de euros nas finanças do Vaticano. Ainda entre as explicações do prejuízo, pode-se citar:

- As doações de fiéis que caíram de 65 milhões de euros, em 2006, para 50 milhões de euros;
- O jornal L’Osservatore Romano e a Rádio Vaticano deram prejuízo de 14,6 milhões de euros;
- Os investimentos financeiros da Santa Sé renderam 1,4 milhão de euros, contra 13,7 milhões de euros em 2006.

Boa parte dos investimentos da Santa Sé são feitos em dólar. Com a grande queda do valor da moeda no ano que passou, os lucros de tais investimentos ficaram menores que as expectativas, aumentando o buraco. Nos Estados Unidos, o direcionamento do orçamento para o pagamento de indenizações por parte das dioceses devido aos abusos sexuais cometidos por sacerdotes indignos também contribuiu para que a terra do Tio Sam contribuiu para que as remessas desse ano fossem menores.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Aborto on-line

Saudações queridos leitores!

Uma ONG holandesa que luta pelo aborto está praticando um crime no Brasil ao enviar via correio um coquetel abortivo! Fiquem com a reportagem da Veja sobre isso.

* * *

Aborto on-line

Site de ONG holandesa vende coquetel abortivo a países onde a prática é ilegal

A iniciativa da organização não-governamental holandesa Women on Web de distribuir pílulas abortivas está criando um desafio para a legislação internacional. A distribuição é considerada legal na Holanda, mas não em sete dezenas de outros países onde o aborto é crime e cujas mulheres têm se valido do serviço da ONG holandesa mediante pedidos on-line, que são entregues pelo correio. Por 70 euros, o site womenonweb.org promete enviar a qualquer ponto do planeta uma combinação abortiva eficaz. Nos Estados Unidos, essa combinação química é chamada de "aborto medicinal". Ela inclui uma pílula de mifepristone e seis de misoprostol. O mifepristone, também conhecido como RU486, age bloqueando a ação da progesterona no organismo da mulher. O hormônio é o principal responsável por manter a circulação de sangue dentro do útero – sem ele, o feto morre. Já o misoprostol, princípio ativo do Cytotec, indicado para o tratamento de úlceras, provoca contrações uterinas semelhantes às de um parto. Em pouco mais de 24 horas se obtém a interrupção da gravidez.

A organização holandesa se declara na luta pela preservação da saúde das mulheres com gravidez indesejada e que, sem acesso ao "aborto medicinal", decidem por métodos cirúrgicos, sempre mais arriscados. A Organização Mundial de Saúde informa que 20 milhões de mulheres se submetem a aborto ilegal todos os anos no mundo – 1 milhão delas no Brasil. Mais de 80 000 mulheres morrem em conseqüência dessas intervenções, e a imensa maioria é de pacientes de clínicas clandestinas. O womenonweb.org pode ser lido em seis idiomas, entre eles o português. A prescrição de medicamentos a pacientes desconhecidas e sem a mediação de um médico é, em si, um risco. O coquetel do aborto só é efetivo até a nona semana de gravidez. No caso das brasileiras, explica a página da ONG na internet, a gestação não pode ter passado de cinco semanas. Isso porque o tempo entre o envio e o recebimento da medicação pode demorar até três semanas. "Esses medicamentos têm efeitos colaterais que exigem acompanhamento profissional durante todo o processo", diz o ginecologista Jorge Andalaft Neto, da Universidade Federal de São Paulo. Uma análise feita com 400 mulheres que compraram o kit pelo site, publicada na última edição da revista científica British Journal of Obstetrics and Gynaecology, revela que 11% delas precisaram passar por um procedimento cirúrgico, a curetagem, depois de ingerir os remédios.

A questão legal também não pode ser menosprezada nesse caso. O fato de a Holanda considerar legais a prescrição indiscriminada a distância e o uso das drogas abortivas não altera em nada o rigor da lei brasileira. Os holandeses advertem às interessadas que não existem garantias de que o medicamento chegará efetivamente ao destino mesmo tendo sido efetuado o pagamento e que as questões relativas à alfândega "são de responsabilidade do comprador". A Receita Federal e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) são responsáveis pela triagem dos medicamentos que entram no Brasil. A fiscalização é feita por amostragem e tem sido crescentemente mais minuciosa. Como o mifepristone é proibido no Brasil e o misoprostol só pode ser utilizado por hospitais credenciados, a tentativa de adquiri-los da forma proposta pela ONG holandesa é crime que pode ser punido com até quatro anos de prisão pela legislação brasileira.

É uma barbaridade.

Que Deus nos livre da maldição do aborto!

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

sexta-feira, 1 de agosto de 2008

'Igreja inflável' quer atrair jovens na Itália

Saudações queridos leitores!

Se os jovens não vão a Cristo, Cristo vai aos jovens. Com esse pensamento na cabeça, o padre Andréa Brugnoli, fundador de uma associação de jovens católicos chamada "Sentinelas do Amanhecer", resolveu disputar a atenção de moças e rapazes que freqüentam a vida noturna do verão italiano com uma "igreja inflável", onde eles poderão se aproximar da Igreja.

De acordo com Padre Brugnoli, a iniciativa se deu porque "nem sempre há uma igreja perto dos locais de diversão para acolher os jovens que durante a noite estão em busca de Deus, assim decidimos investir nesta estrutura inflável". A estrutura, que não é uma Igreja no sentido técnico do termo, pode ser montada em poucos minutos, não tem teto e as cores são preto e cor-de-rosa. Nela, sacerdotes e jovens da associação - fundada em 2000 com a benção do papa João Paulo II - recebem quem estiver interessado.

O projeto já apresenta resultados muito animadores. Segundo o Padre Brugnoli, só no ano passado, na praia de Bibione, em três horas de atividade noturna mais de mil jovens foram contactados.

"A sede de Deus nos jovens de hoje é muito grande, mas eles não têm lugares onde expressá-la e se confrontar. Invés de esperar que venham a igreja, jovens como eles vão a seu encontro e isso ajuda muito a se abrir. Jesus não esperava as pessoas em sua casa, ia até elas, queremos fazer a mesma coisa", declarou o Padre Brugnoli.

Tal iniciativa e a sua surpreendente receptividade tem mostrado que as pessoas têm vontade de preencher o vazio espiritual que o materialismo tem causado nas pessoas. O caráter itinerante do projeto é outro forte ponto positivo, pois permite que os missionários trabalhem com uma estrutura melhor e que assim consigam ainda melhores resultados pastorais, sempre onde for mais necessário.

Mas a inovação não agradou a todos. Uma minoria de fiéis, alguns meio radicais e outros um tanto preocupados com o zêlo, fazem restrições. "Os banhistas que desejam ir à missa, vistam-se como fiéis e procurem a igreja mais próxima", sugeriu um comentário no site da diocese de Cagliari, na Sardenha. "Passar de uma arca toda de ouro, com querubins e tabernáculos, para um plástico inflável onde guardar a eucaristia, o mistério dos mistérios, é vulgar", disse outro comentário.

Sobre as críticas recebidas, explica o Padre Brugnoli: "As críticas são de poucos tradicionalistas que não estão bem informados sobre o que estamos fazendo. Esse espaço foi definido como "igreja inflável", parecendo até uma brincadeira. Para nós é um espaço sacro na praia, onde não fazemos missas, não é correto defini-lo como igreja inflável".

Como ainda fez questão de explicar o Padre, no local não serão realizadas missas, apenas Adoração à Eucaristia. Eu penso que o modo que o local é montado não o torna indigno para a adoração Eucarística. Desde que o local favoreça a piedade e proporcione um ambiente que permita o zêlo litúrgico, penso ser uma iniciativa mais que válida, prestando atenção, é claro, para os trajes dos banhistas que quiserem participar.

Está aí uma iniciativa que pode gerar muitos frutos.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Principal líder sunita sírio convida o papa a visitar o país

Saudações queridos leitores!

O grão-mufti da Síria, maior clérigo islâmico sunita do país, disse que gostaria de se reunir com o papa Bento XVI e convencê-lo a visitar o país. De acordo com a agência de notícias italiana Ascom e outras fontes, o Xeque Ahmad Badereddine Hassoun fez o convite ao Papa para que ele siga os passos de São Paulo. O Xeque ainda se dispôs a se reunir com o Santo Padre no Vaticano para que possam combinar os detalhes da eventual viagem.

O Santo Padre, o Papa João Paulo II, de grande memória, fez uma visita histórica à Mesquita Umaíada de Damasco, em 2001.

De acordo com o Padre Frederico Lombardi, porta-voz do Vaticano, o Papa disse que o convite reflete o "clima sereno" que reina atualmente na Síria e as "boas relações" do Vaticano com o país.

Vale a pena lembrar que até pouco tempo atrás muitos muçulmanos queriam a cabeça do Santo Padre. Mas com essa manifestação do Xeque Ahmat Badereddine Hassoun, com a manifestação dos muçulmanos em Sidney e tantas outras, podemos ver que aqueles que se rebelaram contra o Papa são uma minoria fundamentalista muito barulhenta. Pra falar a verdade, nunca vi um interesse tão grande da comunidade muçulmana em relação ao Papa.

Quando questionado sobre o episódio de Ratisbona, Hassoun disse que o caso está encerrado. "Há um diálogo, e entre religiosos e intelectuais sempre haverá discussão", disse ele, ainda de acordo com a Apcom. "Pode-se brigar com a esposa, mas depois o amor aumenta".

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

quinta-feira, 31 de julho de 2008

Boff no Pagaguai - Toma cacetada!

Saudações queridos leitores!

Leonardo "Genésio" Boff não tem mais futuro por aqui. Então, o que sobra a ele é ir pedir emprego a pessoas que compactuem com sua heresia. E não é que ele mal chegou ao Paraguai, já deu pitaco nos rumos que o novo presidente tentará dar ao país e já não levou um belo dum "cala a boca"?

O representante da teologia marxista demoníaca da liberação, Leonardo "Genésio" Boff, afirmou que o ex-bispo e Presidente eleito do Paraguai "está plenamente identificado com a teologia da liberTação e que nesta linha implementará dentro de seu governo, a opção preferencial pelos pobres", após uma reunião com o novo presidente paraguaio. Boff disse também que "é importante implementar políticas de conscientização à cidadania sobre a importância da conservação dos recursos naturais para A proteção ambiental" e que "reuniu-se com o mandatário em seu caráter de ambientalista procurando apoio para projetos ambientais regionais".

O Bispo de Cidade del Este, Dom Rogelio Livieres Plano, onde Boff esteve, tratou logo de colocar as coisas no lugar: “a Teologia da Libertação não é que opte pelos pobres, como se a Igreja Católica não optasse pelos pobres, é uma forma excludente que eles têm de optar pelos pobres, por isso João Paulo II declarou que a opção pelos pobres não era exclusiva nem excludente, referia-se à Teologia da Liberação”. Além da explicação, Dom Rogelio mostrou que o lugar de herege não é em Universidade Católica.

"Leonardo Boff é livre de vir e ir onde quiser, eu não coincido com suas opiniões teológicas de jeito nenhum, que foi condenada pela Santa Sé em 1985, e ele se foi da Igreja em 1992. Eu lhe pediria que não vá à Universidade Católica porque aí se proporciona a doutrina da Igreja Católica e a doutrina de Boff não é da Igreja Católica”, disse o prelado.

Sobre a relação entre Lugo e Boff e a aplicação da TL no Paraguai, Dom Rogelio comentou que “essa relação é habitual, faz muitos anos que estão conectados. A Teologia da Libertação é um problema interno da Igreja, não é uma guerrilha, é um modo errado de entender do sacerdócio e de toda a teologia. Lugo caiu faz muitos anos no mesmo engano, mas não é um engano político, mas sim é um engano doutrinal”.

E toma cacetada nos marxistas!

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Espanha pratica a eugenia

Saudações queridos leitores!

Do aborto para a eugenia foi um pulo. A Associação Nacional para a Defesa do Direito à Objeção de Consciência (ANDOC) denunciou que nove de cada dez bebês diagnosticados com síndrome de Down são abortados por seus "pais" na Espanha. A reportagem completa está em .

Acho que não preciso dissertar sobre o quão imoral tal prática é, né? Mas peço que prestem atenção sobre como a eugenia se instalou na Espanha. Foi através da liberação do aborto. O que era antes exigido como um direito das mulheres de ter controle sobre seus corpos, tornou-se uma ferramenta de seleção, onde os pais escolhem apenas as crianças perfeitas, negando o direito à vida às demais crianças por um mero capricho de formar um esteriótipo de família perfeita. Aquela verdade que conhecemos: "família não se escolhe", está deixando de se tornar realidade.

Estamos voltando aos tempos de barbárie.

Que Deus tenha piedade de nós,
Fernando.

quarta-feira, 30 de julho de 2008

Boff, a nossa mistura de Mãe Diná com Karl Marx

Saudações queridos leitores!

Leonardo "Genésio" Boff está se tornando um místico. Além de ser um ex-teólogo católico, começa a mostrar sua faceta mais exotérica ao exercer seus dotes de adivinhação. Segundo ele, a Igreja Católica sofrerá uma grande crise interna. Sim, queridos leitores, ele relata como se uma futura crise na Igreja fosse algo iminente como o nascer do sol de manhã.

Segundo a nossa mistura de Mãe Diná com Karl Marx, a crise acontecerá porque a América Latina, que atualmente conta com o maior número de Católicos no mundo, não se encontra bem representada no Vaticano. Boff se engana redondamente. O que não está bem representada é sua ideologia nefasta, que deve ser banida de uma vez da face da Terra. E com a graça de Deus, isso realmente não está mais tendo espaço na Igreja. A tendência é que a situação do clero começe a melhorar gradativamente nos próximos anos.

Boff ainda afirma categoricamente que o crescimento da Igreja Católica no mundo é zero e que isso é outro fator para a crise. Não sei de onde ele tira tal conclusão. Uma coisa é a Igreja não ter uma taxa de crescimento muito expressiva, o que é facilmente explicável pelo fato de que como a Igreja já é muito grande, sobra menos lugar para onde crescer. Outra completamente diferente seria se a Igreja simplesmente estagnasse, o que é uma mentira.

Boff não deu certo como teólogo e não está dando certo como adivinho. Eu duvido até mesmo que ele consiga adivinhar como será o tempo amanhã.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

terça-feira, 29 de julho de 2008

Anglicanos pedem "união corporativa" à Santa Sé

Saudações queridos leitores!

É... parece que tem gente acordando em meio aos anglicanos. A Comunhão Anglicana Tradicional, ramo ao qual pertencem aproximadamente 400 mil anglicanos, percebeu que sua fé ruiu e fez um pedido de união corporativa à Santa Sé. Em uma carta enviada pelo primaz dessa Comunhão, o arcebispo Johm Hepworth ao Cardeal William Levada. A carta anglicana data de 5 de julho, data anterior à Convenção de Lambeth.

O Cardeal Levada respondeu em uma carta que no último ano, "a Congregação para a Doutrina da Fé estudou as propostas que foram apresentadas em nome da Câmara dos Bispos da Comunhão Anglicana Tradicional durante sua visita aos escritórios deste dicastério, em 9 de outubro de 2007".

A situação na Comunhão Anglicana é de tal sorte desesperadora que o primaz da Comunhão, assim que recebeu, emitiu uma nota de agradecimento, em que diz que a carta do Cardeal "é uma carta de alento cálido".

A Comunhão Anglicana passa por um processo irreversível de cisma. Ao passo que eles avançam som suas doutrinas cada vez mais afastadas do Evangelho e com isso acabam afastando os fiéis que apesar de estar no erro, zelam por uma maior fidelidade ao Evangelho, se eles ameaçarem impedir o avanço das doutrinas imorais, a ala mais heterodoxa e "liberal" inicia seu próprio racha. De qualquer maneira, por causa da grande abertura à imoralidade, o cisma entre o que um dia foi a Comunhão Anglicana torna-se inevitável. Graças a Deus tem gente acordando e voltando a tempo para a Igreja de Cristo.

Mais informações em ZENIT.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

segunda-feira, 28 de julho de 2008

São Francisco: Capital do totalitarismo gay

Saudações queridos leitores!

Trago aqui uma informação retirada do True Outspeak do Olavo de Carvalo do dia 21 passado. De acordo com denúncia de Olavo de Carvalho, o conselho municipal da cidade de São Franciso emitiu uma declaração em que oficialmente rotula os ensinamentos da Igreja Católica a respeito do homossexualismo como insultosos, odiosos, difamatórios, insensíveis e ignorantes, e ainda diz que a Igreja é uma entidade estrangeira que está interferindo na política interna americana.

Atenção queridos leitores! Isso não foi obra de apenas um homem, mas uma declaração oficial de um conselho municipal!

Essa mobilização claramente anticristã do prefeito de São Francisco faz parte de um movimento financiado por um poderoso lobby gay com tentáculos em grandes corporações e organismos internacionais, entre eles a ONU, a maior ONG do mundo. Seu objetivo é moldar os governos globalmente e impor sua ideologia imoral e sua cultura de morte a todo o mundo e isso só poderá ser feito destruindo os pilares do mundo ocidental, do qual a Igreja Católica é a grande fundadora e protetora.

A resolução aprovada ainda conclama a todas as paróquias de São Francisco a desafiar a Igreja e ir contra os ensinamentos Católicos. Em um arroubo de estupidez dos políticos locais o documento ainda lembra que a um século as funções da Congregação para a Doutrina da Fé eram exercidas pelo Tribunal do Santo Ofício (que nunca atuou em solo norte-americano).

A Constituição Americana veda atos hostis contra qualquer manifestação religiosa (o que obviamente inclui a Igreja Católica), mas quando representantes de entidades religiosas entraram na Justiça contra tal representação, que é claramente um abuso de poder de gays que ocupam cargos de autoridades na cidade, as hostilidades foram permitidas em nome da liberdade de expressão! São dois pesos e duas medidas! Censuram claramente um pronunciamento da Igreja e permitem um abuso contra essa mesma Igreja!

Os Católicos de São Francisco estão sendo tratados como entes marginais, sem os mesmos direitos dos cidadãos homossexuais. É uma onda de heterofobia! Logo logo os homossexuais estarão expulsando os cristãos da cidade, que ainda se intitulam a cidade mais "tolerante e progressista" dos Estados Unidos!

É uma piada macabra.

Para quem tiver estômago, mais informações podem ser encontradas no World Net Daily e no CNSNews.com.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Liberdade religiosa e o anúncio do Evangelho

Saudações queridos leitores!

No Chile, a morte de uma mulher de 52 anos, que se confessava Testemunha de Jeová, por recusar-se a receber transfusões de sangue devido a convicções religiosas causou muita comoção.

Tal fato provoca um debate sobre liberdade religiosa e até quando os desejos de uma pessoa devem ser respeitados. Para a Igreja Católica a postura das Testemunhas de Jeová é o que chamamos consciência errônea. Quer dizer, acreditam algo que é equivocado. Isto forma parte de suas convicções profundas, por isso merecem respeito em suas decisões. A liberdade religiosa nos convida a respeitar a consciência de cada pessoa. Mas tal respeito não deve ser absoluto. Cito como exemplo o fato de um menor de idade estar com sua vida em risco e as convicções religiosas dos familiares estarem prejudicando as tentativas de se salvar sua vida. Nesse caso, muitas legislações permitem atuar contra a vontade dos pais, não porque as crianças tenham mais direitos que os pais, mas sim porque suas vidas estão em jogo, como na Espanha e no Canadá, para citar alguns países.

Por mais que as Testemunhas de Jeová estejam agarradas ao erro, de nada adianta tentarmos impor a Verdadeira Fé com restrições e violência às consciências. Se nem mesmo Deus força sua entradas nos corações das pessoas, quem somos nós para forçarmos uma adesão à Fé? Diante desse impasse, o trabalho da Evangelização torna-se essencial, pois ninguém consegue amar aquilo que desconhece e para tal, devemos anunciar a Boa Nova tornando-nos verdadeiros Evangelhos Vivos, às vezes até mesmo pregando.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Cultura da Morte - Um retrocesso da sociedade

Saudações queridos leitores!

Em algumas culturas indígenas, filhos com deformidades eram (e ainda são) assassinados. Os antigos povos da América Central realizavam sacrifícios humanos. Quando tais práticas foram abolidas, seja pela colonização ou pela extinção de tais povos, todos se deram conta que o fim de tais práticas foi um progresso.

Pois bem, várias sociedades retrocederam para o assassinato de nascituros e ainda acreditam que isso seja algum tipo de progresso. A Espanha, por exemplo, quer ampliar a possibilidade da execução do aborto e ainda mais liberar a eutanásia. E ainda têm a pachorra de dizer que reconhecer o assassinato é um progresso. Logo logo vão querer instituir os sacrifícios humanos.

Sobre isso, o presidente da Subcomissão Episcopal de Família e Defesa da Vida da Conferência Episcopal Espanhola, Dom Juan Antonio Reig Plá lembrou que além de lutarmos contra tais práticas, temos que apresentar alternativas. Dom Antonio, que também Bispo de Cartagena disse que “ampliar e facilitar o aborto não é o caminho. Isto produziria mais morte e mais sofrimento. Acredito que todos estamos convencidos de que o aborto é um mal. Mas então devemos oferecer alternativas. A primeira e fundamental é a educação e a prevenção”.

“Às pessoas devem ser educadas para amar, e para amar sabendo respeitar ao outro e o melhor respeito começa por salvar a vida nascente. E logo ajudar às mães para que seus filhos possam nascer. Por último, criar uma cultura que ame a vida em lugar de destrui-la. A crise mais séria que possa dar-se na sociedade espanhola é aceitar este holocausto silencioso e afirmá-lo como progresso”, adicionou.

Mas como ele já conhece o governo socialista espanhol, Dom Juan Antonio já assinala como o governo quer realizar esse debate. “O governo quer situar o debate entre sua postura ‘progressista’ e a postura da Igreja, ‘rançosa e retrógrada’. Não é essa a questão”.

“A questão é se a criança não nascida é um ser humano e sujeito de direitos”, lembrou e precisou que “não é só a Igreja quem afirma que da fecundação até a morte natural há um ser humano, com unidade orgânica e desenvolvimento autônomo, mas também a ciência: a biomedicina, a biologia celular e molecular, a genética do desenvolvimento. Com o aborto e a eutanásia, a lei fica de costas à ciência e sacrifica à ideologia da morte as vidas dos mais indefesos dos nossos irmãos”, concluiu.

Que Deus nos livre da maldição do aborto!

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

domingo, 27 de julho de 2008

Satanismo, fenômeno da precariedade da sociedade

Saudações queridos leitores!

Um assunto que é pouco comentado em nossa sociedade é o satanismo. Esse é um fenômeno muito mais social do que místico, ao contrário do que pensamos. O Padre Carlos Arboleda, do Observatório Pastoral do Conselho Episcopal Latino-Americano (CELAM), explica como o satanismo se converteu em uma expressão da precariedade da sociedade. Fiquem com reportagem de ZENIT.

Para compreender melhor o satanismo ativo, ele o classifica em 3 categorias: satanismo de adolescentes, satanismo ácido e satanismo racionalista.

Satanismo de Adolescentes

O satanismo de adolescentes é próprio de pessoas nessa fase de idade, que formam grupos satânicos, ainda que não conheçam nada sobre o satanismo.

Os pré-adolescentes ou adolescentes fazem isso por curiosidade e movidos por uma busca de identidade e de auto-afirmação frente aos adultos. Geralmente estão em busca de afetividade e socialização. Costumam reunir-se às sextas-feiras à noite, tomar bebidas alcoólicas, ouvir rock e, com algum iniciado no satanismo, vão aprofundando no conhecimento da filosofia do grupo. Às vezes, se há algum adulto, é ele quem os inicia em atos imorais; esse adulto geralmente tem dificuldades psicológicas ou éticas.

Satanismo Ácido

O satanismo ácido reúne pessoas que já executam atos mais graves, como consumo de drogas, atos sexuais e orgias e possivelmente delitos. Geralmente são jovens com alguma conduta desviada, que escolhem esse comportamento como uma forma de agregar-se e de expressar poder diante do seu grupo social. Freqüentemente não conhecem a teoria do movimento satânico, mas utilizam esse nome para gerar temor ou medo entre as pessoas.

Satanismo Racionalista

O satanismo racionalista é próprio de pessoas cultivadas intelectualmente, que geralmente leram obras de Nietzsche e Crowley. Seu satanismo é fruto de uma opção pessoal e de uma filosofia de vida. São pessoas comuns e correntes, não realizam necessariamente rituais e não entram em conflito com o grupo social em que estão; simplesmente não concordam com os convencionalismos culturais, religiosos ou legais da sociedade atual. Este seria o autêntico satanismo com motivações filosóficas.

Causas

Diante dessa realidade, apresentam-se 2 interpretações. Uma, anti-satânica, que acredita que o satanismo é como uma máfia que organiza um complô contra os bons costumes, contra a Igreja e contra as religiões. Cria-se um rumo-pânico que produz notícias alarmantes. Em outras palavras, seria o flagelo apocalíptico do anticristo feito realidade.

Trata-se de um exagero, levado a cabo dentro de grupos fundamentalistas cristãos, ainda que haja, efetivamente, atos cometidos por grupos satânicos, mas não na proporção que eles calculam.

A outra interpretação leva a uma atitude mais crítica e mais real. O satanismo não é a obra-prima da multinacional do mal, mas a expressão da precariedade da sociedade.

A falta de afeto na família e a destruição da mesma, a marginalidade e a exclusão social e o vazio de uma sociedade competitiva, consumista e individualista são a matéria-prima do satanismo.

"Os adolescentes que crescem sem a presença dos pais, os jovens que não tiveram oportunidades na vida e a falta de uma genuína experiência religiosa em um meio voraz criam bases para o surgimento da ideologia satânica, como meio compensador de carências ou expressão dessa carência", conclui o Observatório Pastoral do CELAM.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Igreja no México lamenta campanha de "católicas" abortistas que usa frases bíblicas

Saudações queridos leitores!

O diabo é o pai da mentira. Tudo que existe de enganação tem sua origem em Satanás. Esse espírito de enganação fica muito evidente nas "Católicas (???) pelo Direito de Decidir", que na verdade são homicidas que lutam pelo direito de matar inocentes. Pois não é que no México elas abusaram?

A campanha lançada no México pelas CDD, uma organização cuja central norte-americana promove o aborto com o financiamento de fundações como a da revista pornográfica "Playboy", utiliza passagens sexualmente sugestivas tiradas do livro Cântico dos Cânticos, do Antigo Testamento. Ao pé de cada passagem, incluem a mensagem "Ame o seu próximo como a si mesmo. Use camisinha".

Já é mais claro que o dia que esses grupos não têm absolutamente nada de Católicos e tudo de diabólicos. Essa tática de propaganda soa como tripudiação, como uma chacota contra a Igreja Católica.

O Padre Hugo Valdemar, porta-voz arquidiocesano lamentou o "uso grosseiro da palavra de Deus" e lembrou que "na Bíblia não se fala de preservativo".

Eu conheço bem esse tipo de gente. Elas estão loucas, assanhadas, para que a Arquidiocese contra-ataque, para que elas possam se posar de vítimas perseguidas pela Igreja reacionária. Se o Episcopado Mexicano for esperto, não vão cair nessa arapuca. Bispos do mundo inteiro já fizeram o que devem fazer quando condenaram essas organizações, que se intitulam católicas com o único objetivo de criar confusão e atacar a Igreja.

Elas já estão excomungadas faz tempo, por livre decisão e tudo o que elas querem é atacar a Igreja.

Que Deus nos livre da maldição do aborto!

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Evangelho de Domingo - 17° Domingo do Tempo Comum

Saudações queridos leitores!

Segue abaixo o Santo Evangelho desse domingo, dia do Senhor, com comentários de Orígenes.

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Mateus.

Evangelho (Mt 13, 44-52 (17º Domingo do Tempo Comum))

44O Reino dos Céus é semelhante a um tesouro escondido no campo; o homem que o encontrou, esconde-o e, cheio de alegria, vai, vende tudo o que tem e compra aquele campo.
45É também semelhante o Reino dos Céus a um negociante que procura pérolas finas.
46Tendo encontrado uma de grande preço, vendeu tudo o que tinha e comprou-a. 47É também semelhante o Reino dos Céus a uma rede lançada ao mar e que apanha toda a sorte de peixes. 48Logo que se enche, tiram-na para a praia, sentam-se e escolhem os bons para as canastras e os ruins deitam-nos fora. 49Assim será no fim do mundo: sairão os Anjos, tirarão os maus do meio dos justos 50e lançá-los-ão na fornalha do fogo. Aí haverá choro e ranger de dentes.
51Entendeste tudo isto? Dizem eles: Sim. 52E Ele disse-lhes: Por isso, todo o escriba versado nas coisas do Reino dos Céus é semelhante a um pai de família que tira do seu tesouro coisas novas e velhas.

Palavra da Salvação.

Comentário ao Evangelho do dia feito por:

Orígenes (cerca 185-253), padre e teólogo
Comentário ao evangelho de Mateus, 10, 9-10

A pérola de grande valor Ao homem «que procura belas pérolas», é preciso aplicar a parábola seguinte: «Procurai e achareis» e «Aquele que procura, encontra» (Mt 7, 7-8). Com efeito, a que se pode referir «procurai» e «quem procura, encontra»? Digamo-lo sem hesitar: às pérolas, e particularmente à pérola adquirida pelo homem que tudo deu e tudo perdeu. Por causa desta pérola, Paulo disse: «Aceitei perder tudo para ganhar Cristo» (Fil 3,8). Pela palavra «tudo» ele entende as belas pérolas, e por «ganhar Cristo» a única pérola grandemente valiosa.

Preciosa, seguramente, é a lâmpada para aqueles que estão nas trevas e da qual têm necessidade até ao nascer do sol. Preciosa também a glória resplandecente no rosto de Moisés (2Cor 3,7) e também, creio eu, no rosto dos outros profetas. Ela é bonita de se ver porque ela nos ajuda a prosseguir até que possamos contemplar a glória de Cristo, da qual o Pai dá testemunho dizendo: «Este é o meu Filho muito amado em quem pus toda a minha complacência» (Mt 3,17). «Comparada com esta glória eminentemente superior, desvaneceu-se a glória do primeiro ministério» (2 Cor 3,10). Tínhamos necessidade num primeiro tempo de uma glória susceptível de desaparecer frente à «glória que ultrapassa tudo», como tínhamos necessidade «de um conhecimento parcial» que «desaparecerá quando vier o que é perfeito» (1 Cor 13,9s).

Assim, toda a alma que está ainda na infância e caminha «para a perfeição dos adultos» (Hb 6,1) precisa de ser ensinada, envolvida, acompanhada até que se instaure nela «a plenitude dos tempos» (Gal 4,4) ... No fim, ela alcançará a sua maioridade e receberá o seu património: a pérola grandemente valiosa, «o que é perfeito e que faz desaparecer o que é parcial» (1Cor 13,10). Ela alcançará esse bem que ultrapassa tudo: o conhecimento de Cristo (Fil 3,8). Mas muitos não compreendem a beleza das numerosas pérolas da Lei e do «conhecimento parcial» divulgado por todos os profetas; imaginam erradamente que sem a Lei e os profetas perfeitamente compreendidos poderão encontrar a única pérola de grande valor ...: a compreensão plena do Evangelho e todo o sentido dos actos e das parábolas de Jesus Cristo.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.