sábado, 3 de maio de 2008

Luther Vandross

Saudações queridos leitores!

Hoje o dia está muito tranqüilo, com a Graça de Deus. Para relaxarmos um pouco, apresento para os que não conhecem, Luther Vandross, um dos melhores cantores que esse mundo já conheceu.


Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

sexta-feira, 2 de maio de 2008

Papa fica fora da lista de pessoas mais influentes

Saudações queridos leitores!

O que é melhor? Um torniquete ou uma bicicleta? É difícil responder a essa pergunta, já que os critérios para uma resposta são totalmente subjetivos. Se você estiver passeando em uma estrada, a bicicleta será mais útil, mas a mesma bicicleta não terá utilidade alguma se você estiver com uma torção no braço... Com critérios assim, a revista Time publicou um ranking com as 100 pessoas mais influentes do mundo. Fiquem com reportagem do UOL (fonte aqui), volto depois.

Papa fica fora da lista de pessoas mais influentes

O Vaticano informou estar satisfeito com o fato de o papa Bento XVI ter ficado de fora da lista compilada pela revista Time das 100 pessoas mais influentes do mundo, que inclui o Dalai Lama e o líder espiritual dos cristãos ortodoxos, Bartolomeu.

"Fico satisfeito pelo fato de o papa não estar na lista, porque os critérios empregados nela não têm relação alguma com a autoridade moral e religiosa do papa", disse o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi.

Mas o editor-chefe do jornal L'Osservatore Romano, do Vaticano, foi citado como tendo dito que a exclusão do Papa da lista foi "uma decisão desconcertante".

"Qualquer editor de jornal teria rejeitado essa lista", teria declarado Giovanni Maria Vian, de acordo com o diário La Repubblica.

A quinta lista anual compilada pela revista Time das pessoas mais influentes do mundo chegou às bancas nesta sexta-feira e inclui categorias como "Líderes & Revolucionários" e "Heróis e Pioneiros".

Lombardi observou que o patriarca ecumênico Bartolomeu, líder espiritual dos cristãos ortodoxos, foi aplaudido pela revista por sua liderança em questões ambientais. O Dalai Lama foi escolhido por conservar a esperança em sua luta pela independência do Tibet.

"É difícil traçar semelhanças e rankings com características que são tão diversificadas", disse Lombardi.

O papa João Paulo II foi nomeado homem do ano da Time em 1994 por suas qualidades de estadista mundial.

O presidente chinês Hu Jintao, a líder do governista Partido do Congresso indiano, Sonia Gandhi, o prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, e o magnata da mídia Rupert Murdoch figuram na lista mais recente da Time.

Voltei. Em um primeiro momento, é surpreendente mesmo esse fato, mas se analisarmos mais a fundo, veremos que a exclusão do nome do Santo Padre não caberia mesmo nessa lista, pois sua autoridade e sua atuação mundial não pode ser comparada com o que faz o Dalai Lama, Hu Jintao (como esses dois figuram em uma mesma lista???) e nem com Rupert Murdoch.

Não há nenhuma categoria que comporte com um mínimo de fidelidade o Papa. Ademais, essas listas são totalmente irrelevantes.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Obama sai em defesa do aborto por nascimento parcial

Saudações queridos leitores!

Minha opinião sobre a corrida eleitoral americana é irrelevante, já que não tenho direito a voto lá, apesar de que a política externa deles me afete consideravelmente, o que me faz torcer apenas. Tenho medo de Barack Obama. Ele tem um discurso construído com confusões claras. Nunca consigo entender sua verdadeira opinião, mas quando a entendo, desejo cada vez menos que ele vença. Fiquem com matéria da ACI, volto depois.

Obama sai em defesa do polêmico aborto por nascimento parcial
.- O pré-candidato democrata presidencial, Barack Obama, saiu esta semana em defesa do macabro aborto por nascimento parcial –praticado no último trimestre da gravidez- e considerou inaceitável que seja um método totalmente proibido no país.

Em declarações a Fox News, Obama assinalou que concorda com que se restrinjam os abortos tardios, mas advogou por uma cláusula que permita uma exceção em caso de risco de morte da mãe.

Entretanto, numerosos profissionais médicos assinalaram que esta exceção não se aplica no aborto por nascimento parcial, um método praticado quando o bebê tem possibilidades de sobreviver ao parto prematuro e mais perigoso que uma cesariana para a mulher.

Conforme lembrou LideSiteNews.com, a Associação de Médicos e Cirurgiões dos Estados Unidos reconheceu em 2003 que "não existe circunstância alguma na qual o aborto por nascimento parcial seja necessário para salvar a vida ou preservar a saúde de uma mãe".

A associação incluso advertiu que o procedimento, que implica induzir um parto entre os seis e nove meses de gestação e triturar o crânio do bebê antes de que seu corpo seja expulso do ventre materno, suporta sérios riscos para a mulher como rasgão do útero, lacerações e hemorragias.

Voltei. É isso mesmo que vocês viram. Barack Obama é favorável ao infanticídio dentro do útero. Uma técnica rejeitada até mesmo pelos abortistas, de tão macabra é vista por Barack Obama como uma solução para gestações de alto risco.

Eu me pergunto? Quais as diferenças para a mãe entre um parto prematuro e um aborto por nascimento parcial? Será que a sanha de matar bebês desse povo é tão grande assim? Eu realmente não entendo isso. Como uma pessoa pode apoiar o uso de um método tão desumano?

Barack Obama é muito corajoso ou muito burro pra dar uma declaração dessas... e o povo democrata será ainda mais burro se permitir que ele seja indicado como o candidato para a corrida presidencial. Apesar de que Hillary também não é muito diferente nesse aspecto...

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Maioria das brasileiras que abortam são católicas, ou acham que são

Saudações queridos leitores!

Uma pesquisa feita recentemente pela UnB e pela Uerj faz um raio-x de quem comete o crime do aborto no Brasil. Os resultados são alarmantes. Fiquem com reportagem da Folha Online (íntegra aqui), volto depois.

Maioria das brasileiras que abortam são católicas, diz estudo

Uma pesquisa realizada pela UnB (Universidade de Brasília) e pela Uerj (Universidade do Estado do Rio de Janeiro) revelou que a maioria das brasileiras que aborta é católica --o percentual varia de 51% a 82%, conforme a faixa etária--; tem entre 20 e 29 anos; e já são mães.

"Para a massa, que a vê [a Igreja Católica] como um meio de conforto, e não como uma cartilha dogmática, ela não é suficiente para as mulheres mudarem sua decisão", opina a pesquisadora da UnB Débora Diniz.

Para ela, a conclusão não surpreende, já que grande parte dos brasileiros se diz católica. Em segundo lugar ficaram espíritas (4,5% a 19,2%) e, em terceiro, evangélicas (2,6% e 12,2%).

Para os autores do levantamento, o alto número de abortos feitos por mulheres que já têm filhos (entre 70,8% e 90,5%) reforça a tese de que o aborto seria medida de planejamento reprodutivo, empregado em último caso, quando os outros métodos contraceptivos falharam. "Ao contrário do que se imagina, essa não é uma solução para a gravidez indesejada de uma mulher que desconheça o sentido da maternidade", afirma a pesquisadora.

Outro dado que corrobora essa tese é o uso de métodos contraceptivos pelas mulheres que interromperam a gravidez. Segundo a pesquisa, mais de 50% das que abortaram nas regiões Sul e Sudeste usavam algum método anticoncepcional, principalmente pílulas. Já na região Nordeste, a porcentagem oscila entre 34% e 38,9%.

Voltei. Existe uma diferença enorme em se dizer católico e em ser católico. Essas gestantes não são católicas, apenas dizem ser. Há um abismo imenso entre as duas afirmativas. Um dado que me chamou a atenção é que a maioria das gestantes que procuram o aborto são mães de família e têm entre 20 e 29 anos.

Esse dado revela que o aborto é tratado como um meio de controle de natalidade, não por mulheres desesperadas com uma gravidez surpresa. É um dado ainda mais alarmante, já que atrás dele fica evidente uma mentalidade egoísta e mesquinha.

Que Deus nos livre da maldição do aborto!

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

quinta-feira, 1 de maio de 2008

Tirar o nome de Pio XII de avenida seria uma injustiça, assinala Cardeal Amigo

Saudações queridos leitores!

O comunismo/socialismo foram e são grandes chagas em nossa história recente. Eles não gostam que digamos isso a eles. O que eles fazem pra mudar isso? Tornam-se boas pessoas, fazendo com que suas ideologias agridam menos as pessoas? Não. Eles tentam reescrever a história. Fiquem com reportagem de ACI, volto depois.

Tirar o nome de Pio XII de avenida seria uma injustiça, assinala Cardeal Amigo

.- O Arcebispo de Sevilha, Cardeal Carlos Amigo Vallejo, assinalou que tirar o nome de Pio XII a uma avenida local, em aplicação da chamada Lei da Memória Histórica, seria uma injustiça porque se trata de um autêntico defensor da paz, reconhecido como "justo entre as nações" pelas próprias autoridades judias.

Dias atrás, o presidente do Sodalitium Internationale Pastor Angelicus, Rodolfo Vargas Rubio, denunciou que na mudança de nome a mais de 60 ruas, a Prefeitura de Sevilha incluiu a avenida Pio XII, como se o extinto Pontífice tivesse sido parte do regime anterior que governou o país.

"O Papa Pacelli não teve nada que ver com as vicissitudes políticas que deram lugar na Espanha ao sistema político presidido pelo anterior Chefe do Estado nem esteve em modo algum vinculado com o mesmo", explicou o presidente da associação de seculares.

Nesse sentido, o Cardeal Amigo Vallejo enviou uma carta ao Prefeito de Sevilha, Alfredo Sánchez Monteseirín, lhe solicitando que mantenha a avenida dedicada ao Papa Pio XII.

No texto, lembrou que o então Pontífice foi um autêntico defensor da paz que se opôs à guerra e protegeu às vítimas e grupos perseguidos, entre eles os judeus.

O Cardeal assinalou que eliminar o nome de Pio XII seria um ato de injustiça que provocará um verdadeiro rechaço além da cidade, por tratar-se de uma disposição municipal considerada sectária.

A Lei da Memória Histórica foi impulsionada pelo atual governo socialista para reescrever a recente história espanhola, de um ponto de vista ideológico mais do que histórico. Isto provocou o rechaço de vários setores da sociedade, entre intelectuais e líderes nacionais.

Voltei. Sente-se mais uma vez o ódio que os socialistas alimentam, de forma velada ou explícita, contra a Igreja. Retirar o nome de Pio XII da avenida, além de ser uma proposta inútil, pois não mudará nada, é um ato que não coincide de maneira alguma com as supostas justificativas apresentadas.

O único revisionismo histórico cabível nessa atitude é um revisionismo para a versão nazista do conflito, visto que Sua Santidade salvou quantos judeus conseguiu, fato reconhecido pela própria comunidade judaica internacional, que concedeu o título de Justo Entre as Nações ao Papa.

Os comunistas nunca foram bons de história mesmo...

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Na Suíça, é mais seguro ser planta do que pessoa

Saudações queridos leitores!

Esse mundo está muito perigoso. Não, não falo de assaltos, estupros e assassinatos. O perigo agora vem dos governos. Na Suíça, é mais seguro ser uma planta do que um ser humano. Fiquem com notícia da ACI, volto depois.

Depois de liberalizar aborto, Suíça confere direitos sem precedentes a plantas e animais

.- Suíça se converteu em um país onde os seres humanos não nascidos valem menos do que plantas e animais: o Comitê de Ética Federal alenta a defesa da "dignidade" das primeiras; e o Parlamento aprovou uma lei que outorga direitos sem precedentes aos segundos.

Conforme informa o site pró-vida LifeSiteNews.com, o Parlamento suíço aprovou a semana passada uma lei que, entre outras coisas, obriga aos donos de cães a completar um curso completo de tratamento canino com teoria e prática; alenta a realização de uma "pesca humana" para não "afetar" tanto aos peixes; e estabelece o modo em que o gado deve ser tratado por seus proprietários.

"O objetivo não é somente assegurar o tratamento adequado para cada espécie animal, mas também reduzir o risco de ataques de cachorros perigosos. O trato inadequado pode levar a desórdens em conduta", comenta Hans Wyss, Chefe do Escritório Federal Veterinária da Suíça.

De outro lado, o Comitê de Ética Federal de Biotecnologia Não Humana, trabalha para determinar que tipos de investigação respeitam a "dignidade das plantas" e quais não; para outorgar recursos às que, segundo sua decisão; sim o fizerem.

"Até o momento nem sequer as autoridades que decidem sobre os recursos sabem o que significa em realidade 'dignidade das plantas'", explica o membro do comitê, Markus Schefer.

Para a maioria dos membros do comitê, explica LifeSiteNews.com, "a interferência com as funções reprodutivas resulta indigna, o que preocupa aos geneticistas de plantas porque o comitê poderia proibir procedimentos aceitos amplamente como gerar frutos sem sementes ou rosas híbridas".

"Toda esta proteção conferida a plantas e animais contrasta grandemente com a recente falta de respeito do governo suíço para a vida os não nascidos no país", adverte LifeSiteNews.com.

"Em junho de 2002, o país decidiu permitir às mulheres abortar os seus filhos no primeiro trimestre de gravidez, sempre e quando um médico determine que a mãe gestante esteja em um 'estado de estresse' ambiguamente definido", conclui a agência pró-vida.

Eu não aprendo mesmo... quando acho que a estupidez humana chegou ao fundo do poço, nossa civilização cava mais um pouquinho. Contando parece mentira, mas a notícia está aí, para quem quiser ver.

Enquanto o Parlamento se preocupa com a dignidade das plantas (como é que definem isso???), as vidas dos nascituros são desconsideradas graças a leis que permitem que qualquer gestante que alegue "estado de estresse", aborte uma criança, mesmo que o bebê seja saudável e que a gestante não corra risco algum pela gravidez.

Enquanto os donos de cães têm que fazer um curso para saber como cuidar dos seus animais de estimação, liberam o assassinato de inocentes. Desse jeito, quando perguntarem a uma grávida o que ela leva na barriga, vai ser mais seguro alegar que é um pé de goiaba ou um futuro Poodle.

Os suíços devem estar com inveja dos direitos que seus animais de estimação e suas plantas (plantas!!!) têm, pois eles mesmos não são tão amparados pela própria constituição.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

quarta-feira, 30 de abril de 2008

Dom Aldo Pagotto, espírita?

Saudações queridos leitores!

Circula pela internet e foi postado como comentário em uma das postagens do Blog, um texto contendo informações muito duvidosas, muitas delas, claramente mentirosas sobre um grande Bispo da Santa Igreja Católica: Dom Aldo Pagotto.

Esse texto, de orientação espírita, começa de maneira chocante, questionando os motivos de a Igreja Católica, sendo detentora da Verdade, optou pelo assassinato de Dom Aldo Pagotto, um bispo que supostamente defende o espiritismo.

Acontece que Dom Aldo Pagotto está vivo! Não entendo como um texto consegue questionar um assassinato de alguém que está vivo! Acompanhem o texto abaixo, em vermelho, com intervenções minhas em preto.

Se a bíblia é a "palavra de Deus", se a mesma "condena o Espiritismo", se a Igreja Católica, é a "única representante de Cristo na Terra", se o "papa" é "infalível". Porque então que com todos estes recursos, para a defesa da Igreja Católica, os seus bispos optaram, pelo assassinato do bispo Dom Aldo Di Cillo Pagotto?

Dom Aldo foi assassinado? Quando, que eu não vi notícia nenhuma? O começo do texto, assim como todo o resto, é um assassinato da lógica, isso sim!

O Bispo Católico Dom Aldo Di Cillo Pagotto, arcebispo do Nordeste, deu uma entrevista ao porograma Espiritismo Via Satélite. Programa este apresentado pelo senhor Alamar Régis Carvalho.

Em primeiro lugar, não existe um "Arcebispo do Nordeste". Como faltam dados na notícia, não dá pra saber a época da suposta entrevista e nem mesmo se essa entrevista é real. Acho que essa é uma "entrevista fantasma", se é que me entendem.

Durante a entrevista, Dom Aldo disse,
li Paulo e Estevão, (obra psicografada por Chico xavier) quem não leu não sabe o que está perdendo. Estive com Chico Xavier e me vi diante de um santo.

Afirmação sem fontes... Tais coisas precisam ser provadas, caso contrário quem faz essa afirmação acaba passando por palhaço...

Durante um encontro da CNBB, em Santa Catarina, um bispo pediu satisfação a Dom Aldo, sobre a referia entrevista. Os ânimos se exaltaram, então os bispos disseram (haviam cerca de quinhentos bispos). Nós tiramos a reencarnação da Bíblia. Precisamos rever esta tese. Nós tiramos a mediunidade da Bíblia. Precisamos rever esta tese.

Mais uma vez o texto faz afirmações muito graves, com ares de certeza, mas que não resistem a um sopro de bom-senso. Se algo com essa gravidade, com quinhentas testemunhas ocorreu, como não há relato algum por aí? Uma notícia assim certamente teria muita divulgação por aí, principalmente pela parte da mídia que adora atacar a Igreja. Seria um prato cheio.

O autor afirma que Dom Aldo disse que "os bispos" retiraram a reencarnação e a mediunidade da Bíblia. Se foi assim, onde estão as versões originais contendo tais doutrinas? Se alegarem que essa versão não existe, como podem dizer que existiram? Se por acaso tais doutrinas foram retiradas pelos atuais bispos, onde estão explícitas em todos bilhões de exemplares da Bíblia que foram impressos antes deles? É uma argumentação absurda.

Entusiasmado com o fato, o Senhor Alamar promoveu com o auxílio da USE, União das Sociedades Espíritas, O 1° Encontro Espírita do Estado de São Paulo ENCOESP. Encontro este que seria realizado, em Janeiro de 2001 no Anhembi. Estes mesmos Bispos pretendiam fazer, uma reforma no Cristianismo, a partir do Brasil, e apresentar ao mundo o Espiritismo, com sendo o Cristianismo redivivo.

Esse encontro realmente ocorreu em 2001. Mas não havia notícia nenhuma sobre qualquer envolvimento de autoridades Católica, exceto pelo padre Luiz Fernando (Pastoral da Comunidade Negra –SP), de quem eu sinceramente nunca ouvi falar, mas pelo que pude ver na internet, é defensor da inculturação, celebrando "missas Afro". Fora isso, a própria página referente ao encontro não menciona nada sobre presença de bispos e sobre as intenções d

O senhor Alamar disse inclusive, que os espíritas que fossem ao encontro, ficariam surpresos. Pois o Anhembi estaria lotado de bispos da igreja católica, pois participariam do evento, bispos do Brasil e do mundo. Estavam convidados para serem os palestrantes, Dom Aldo Di Cillo Pagotto, o padre José Linhares Pontes, que é ou era deputado federal pelo Ceará, e o pastor protestante Nehemias Marien. Só Dom Aldo Pagotto não pode ir. O motivo pelo qual Dom Aldo não pode comparecer, foi que trinta por cento daqueles bispos, que estavam no encontro da CNBB em Santa Catarina, disseram: Se for para a acabar com a Igreja Católica, vai ter sangue no Anhembí. Ameaçando assim matar a tiros de metralhadora Dom Aldo Pagoto, caso ele compareçesse ao evento.

A afirmação do tal Alamar também carece de fontes. Uma informação claramente mentirosa é a de que o Padre José Linhares Pontes, que eu também não conheço, compareceu ao evento, pois como já disse e está acessível aqui, o único "católico" presente era o tal Padre Luiz Fernando.

A parte mais incrível to texto vem logo abaixo, onde consta que após uma discussão exaltada, Dom Aldo foi ameaçado de morte por tiros de metralhadora! Fico matutando sobre a imaginação pitoresca do autor do texto, que beira os níveis de Dan Brown, para falar algo assim sem a menor prova. Tem que ter muita cara de pau mesmo.

Houve uma reunião de emergência, pensaram ou em chamar a polícia, ou avisar a imprensa. Foi decidido então que era cedo, para os bispos fazerem tal afirmativa, a respeito da doutrina espírita. O Dom Aldo recuou, e o evento não aconteceu da forma como havia sido previsto. O senhor Alamar Régis Carvalho é hoje presidente da Rede Visão de TV.


Sei, entendo... depois de tudo que aconteceu, decidiram deixar tudo pra lá e absolutamente ninguém vazou o fato até agora. Não sei como tem gente que consegue acreditar nisso.

Enviei um e-mail a Dom Aldo Pagotto perguntando sobre os fatos narrados nesse texto. Assim que tiver uma resposta, postarei no blog.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Bispo usa Record para promover campanha

Saudações queridos leitores!

Poucas coisas me embrulham o estômago como a seita do Edir Macedo. Eles se aproveitam da verdadeira república de bananas que o Brasil está se tornando, cometendo todo tipo de ato ilícito com a anuência de certos setores da sociedade e de alguns ex-jornalistas que venderam sua dignidade em troca de um salário de dízimos. Fiquem com reportagem da Folha Online (fonte aqui), volto depois.

Bispo usa Record para promover campanha, informa Daniel Castro

da Folha Online

Os atores da Record estão sendo usados para divulgar a campanha do bispo da Igreja Universal Marcello Crivella (PRB-RJ), pré-candidato à Prefeitura do Rio de Janeiro, informa o colunista Daniel Castro, na Folha desta quarta-feira (30).

O conteúdo completo da coluna Outro Canal é exclusivo para assinantes UOL e Folha.

Anteontem, a assessoria de Crivella convidou a imprensa para cobrir um "evento de apoio à pré-candidatura do senador", em uma churrascaria do Rio, com a presença de "mais de 20 artistas da emissora, dentre os quais, alguns dos protagonistas da novela 'Caminhos do Coração'".

O e-mail foi disparado às chefias de reportagem de veículos cariocas pouco depois das 18h. Além de artistas, prometia aos jornalistas a presença de "diretores da Rede Record".

Os principais atores da emissora, no entanto, foram salvos pelo trabalho e pelo Prêmio Contigo de Televisão, que ocorreu no Rio, na mesma noite de segunda-feira. Bianca Rinaldi e Leonardo Vieira tinham gravações anteontem à noite.

Segundo a assessoria de Crivella, foram ao jantar o comediante Castrinho, da novela "Amor e Intrigas", a modelo Viviane Araújo (que não é contratada da emissora) e mais "três atores da Record".

A Record confirma que "apenas quatro" de seus "mais de 200 atores foram por vontade própria ao evento". Informa que não foi consultada por Crivella sobre o convite a seus atores e que "nunca se envolveu em campanhas eleitorais de quem quer que seja", informa Daniel Castro.

Voltei. Eu não conseguiria trabalhar para uma pessoa ou empresa que tem esse modus operandi. Não sei como esses atores conseguem dormir à noite. Existem tantas oportunidades no meio artístico para que eles não dependam de empregadores assim que o fato de estarem onde estão me faz especular sobre a dignidade dessas pessoas, sejam atores, produtores, ou qualquer posição que ocupem. Sei que muitos estão lá porque precisam trabalhar, mas será que eles não se incomodam com o modo que os patrões chegaram onde estão?

Essa verdadeira quadrilha que comanda a Rede Record conta com a vista grossa das autoridades, que não se manifestam sobre as atitudes flagrantemente criminosas tomadas pela "emissora do bispo". Como vêem na notícia acima, Marcelo Crivella, pré-candidato à Prefeitura do Rio de Janeiro, usa da emissora para fazer campanha política ilegal. Onde está o TSE nessas horas, que não se manifesta sobre essa denúncia, nem mesmo para dizer que a mesma é improcedente?

O Rio de Janeiro corre um risco muito grande de se tornar uma teocracia claramente anti-católica, caso os cariocas não sejam muito prudentes nas próximas eleições.

Que Nosso Senhor Jesus Cristo, Maria Santíssima e São Sebastião guardem a Cidade Maravilhosa nesses tempos tão difíceis.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Jovem queria morrer para ir ao céu matar Jesus

Saudações queridos leitores!

Essa notícia parece brincadeira, mas não é. Nos Estados Unidos um jovem queria morrer para ir para o céu e matar Jesus! Fiquem com notícia do Terra (fonte aqui), volto depois.

Jovem queria morrer para ir ao céu matar Jesus


Autoridades do Estado americano da Carolina do Sul pediram a um tribunal que um jovem seja avaliado psicologicamente depois que ele ameaçou causar uma explosão em sua escola para morrer e ir ao céu matar Jesus, segundo informa a agência EFE.

Ryan Schallenberger, 18 anos, foi detido e pode ser acusado de conspirar para usar uma arma de destruição em massa, o que pode levá-lo à prisão perpétua. "Sua conduta é estranha. É evidente que seu comportamento deve ser avaliado", disse Buddy Bethea.

O jovem teria dito a um oficial de Justiça que queria morrer. "Disse que a morte era melhor do que a vida", afirmou o agente Craig Towsend.

Schallenberger foi detido depois que seus pais recolheram no correio um pacote dirigido ao rapaz que continha nitrato de amônio, matéria prima de diversos explosivos.

Em casa, eles encontraram uma gravação que o filho havia feito para que escutassem depois de sua morte. O casal encontrou ainda um diário em que o jovem narrava suas experiências com explosivos.

Espero que o moleque seja um maluco, porque senão, só não é mais burro por falta de espaço. Está claro que ele tem problemas, mas não entendo o que Nosso Senhor fez pra ele, para que ele tivesse vontade de se matar (!), ir para o céu (!!) e matar Jesus Cristo (!!!)!

Essa vai para o arquivo de bizarrices.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Visita do Papa origina "tsunami" vocacional em seminário de Nova Iorque

Saudações queridos leitores!

Bento XVI arrasa novamente! Após sua visita aos Estados Unidos, uma onda de novas vocações começa a se espalhar pelos seminários de Nova Iorque. Fique com reportagem da ACI, volto depois.

Visita do Papa origina "tsunami" vocacional em seminário de Nova Iorque

.- O Pe. Luke Sweeney, Diretor Vocacional da Arquidiocese de Nova Iorque, explicou que depois da visita do Papa aos Estados Unidos, gerou-se "um tsunami, um bom tsunami de interesse" de parte de muitos jovens que desejam ser sacerdotes.

Conforme informa o New York Daily News, o Seminário de São José em Yonkers, Nova Iorque, recebeu uma avalanche de pedidos de admissão de moços que querem ordenar-se sacerdotes. “Estive-me reunindo toda a semana com jovens e tenho muitíssimos e-mails que ainda não pude responder. foi incrível", explica o Pe. Sweeney.

Embora esta é uma boa notícia, o Diretor Vocacional não esquece a realidade. “Enfrentamos uma severa escassez" de vocações. Por esta razão, o presbítero organizou uma campanha com os lemas "o mundo necessita heróis" e “tem que ser um verdadeiro homem se quer ser sacerdote".

Voltei. Essa onda de interesse após a passagem de Bento XVI nos Estados Unidos me lembra os grandes santos da antigüidade, que convertiam povos inteiros com o poder de sua pregação e com a Graça de Deus. Apesar dessa grande onda de jovens interessados indo ao seminário, parte significativa vai por mera curiosidade e nem todos atenderão ao chamado, principalmente porque existe a necessidade da vocação para que haja uma distinção entre um chamado verdadeiro e a mera curiosidade.

Mas o aumento no interesse pela Igreja sempre é bom. Mesmo que nem todos sigam o sacerdócio, muitas conversões sinceras hão de surgir desse movimento. Agradeçamos a Deus por nos dar um Papa como Bento XVI nesses tempo em que o mundo precisa tanto de Luz.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Leis anti-família do Governo espanhol são doutrinárias e sectárias, assegura FEF

Saudações queridos leitores!

O atual governo socialista espanhol está minando a instituição familiar de maneira maciça. Nos últimos anos, vários projetos foram apresentados com motivação unicamente ideológica, atendendo a minorias que cada vez mais sufocam a grande maioria. Fiquem com reportagem de ACI, volto depois.

Leis anti-família do Governo espanhol são doutrinárias e sectárias, assegura FEF

.- O Presidente do Foro Espanhol da Família (FEF), Benigno Branco, assegurou que “nos últimos quatro anos se promoveu do Governo, uma verdadeira revolução ideológica na regulação do matrimônio e a família”, dando as leis que “são doutrinárias e sectárias e estão inspiradas na teoria do gênero” que tanto dano faz.

Na recente apresentação do livro Provocações do século XXI para a Família, Branco assinalou que “com o divórcio expresso, a teoria do gênero, a lei de reprodução assistida e a LOE com Educação para a Cidadania” se atacou “a essência da família e a seus princípios nucleares”.

No evento realizado na Universidade CEU Cardeal Herrera, o Presidente do FEF assegurou que “a instituição familiar é o laço de solidariedade interpersonal mais potente que a sociedade conheceu, ao tempo que é a verdadeira ‘segurança social’ ”, mas “quando o Estado tenta assumir esta função, faz-o com muita menos eficácia e um grande custo social”.

Do mesmo modo, afirmou que “a família cria o nicho ecológico para a existência humana e é o âmbito de criação da vida”, por “esta razão que na Europa volta a haver convicção de que necessitamos à família e por isso os governos competem por ajudá-la”.

Voltei. Os ataques contínuos durante todos esses anos acabam por literalmente doutrinar o povo, infundindo um senso deturpado e fazendo com que eles realmente dêem cada vez menos importância à instituição familiar.

Os militantes de causas contrárias à vida e à tradição do modelo familiar colocam toda a Europa em perigo com suas políticas hipócritas, que visam trazer a tolerância para apenas um dos lados da sociedade, incentivando comportamentos claramente anti-naturais que agravam ainda mais a crise populacional do Velho Continente.

A Europa passa por uma crise de moral e a pouca moral que resta está sendo deturpada por mentes egoístas e hipócritas, que em nome de um suposto respeito, uma suposta tolerância, buscam calar todas as vozes discordantes, criando uma verdadeira hegemonia de pensamento que nada mais é que um regime totalitário. Enquanto mais pessoas não se levantarem para lutar contra essa verdadeira revolução cultural, mais e mais os pregadores da hegemonia intelectual avançarão sobre os direitos de todos, até um momento em que não haverá mais o que fazer.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Primeiro-ministro deplora aborto seletivo de meninas na Índia

Saudações queridos leitores!

O aborto (mais uma vez!) está sendo usado na Índia como método de seleção de crianças. Várias famílias pobres, para ter um filho que ajude nos momentos de crise, simplesmente abortam as filhas meninas, provocando um grave desequilíbrio na população do país. Fiquem com notícia de ACI, volto depois.

Primeiro-ministro deplora aborto seletivo de meninas na Índia

.- As máximas autoridades da Índia reconheceram os macabros alcances do aborto seletivo de meninas, uma prática cada vez mais comum no país asiático.

O Primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh, criticou duramente esta situação considerando-a “uma das práticas mais desumanas, incivilizadas e repreensíveis”, ao participar da apresentação da conferência nacional “Salvemos às meninas”.

A agência a Índia IANS informou que a fenomenal afeta sobre tudo às regiões mais ricas da Índia e conduziu a uma queda do número de mulheres respeito ao de homens.

O aborto seletivo afeta às regiões mais ricas, como Punjab (noroeste), com 798 meninas por cada mil meninos, Haryana (noroeste, 819), Nova Delhi (868) e Gujarat (oeste), com 883 meninas por cada mil meninos.

Voltei. Essa é uma situação muito grave, que acontece a muito tempo não só na Índia, mas em outros países onde esse senso de importância exacerbada ao sexo masculino impera.

Isso é um comportamento adquirido através da cultura. Uma cultura assim não pode ser tolerada. A moral tem que falar mais alto. Tolerar tal comportamento em nome de um senso cultural, em nome de uma herança do povo é coadunar com o assassinato. Assassinato não é herança cultural.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Católicos e evangélicos reúnem-se em encontro em Lavrinhas (Brasil)

Saudações queridos leitores!

Eu creio no ecumenismo. Infelizmente, muitos confundem o ecumenismo com o que o meu amigo Marcio Antonio chama de "ecumania". Fiquem com reportagem de ZENIT (íntegra aqui), volto depois.

Católicos e evangélicos reúnem-se em encontro em Lavrinhas (Brasil)

Evento é hospedado pela Comunidade Canção Nova

SÃO PAULO, quinta-feira, 29 de abril de 2008 (ZENIT.org).- De 30 de abril a 1 de maio, realiza-se o 1º Encontro de Irmãos Evangélicos e Católicos, em Lavrinhas (São Paulo), organizado pela Comissão Episcopal Pastoral para o Ecumenismo e o Diálogo Inter-religioso da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil).

Os participantes irão se reunir sob o lema «Pai, para que todos sejam um» (Jo 17, 21). A anfitriã do evento é a comunidade Canção Nova em Lavrinhas.

Segundo um comunidado difundido pela Canção Nova, «superando décadas de distância, estes irmãos e irmãs sentiram profundamente o apelo do Senhor ao testemunho comum e discerniram que era o momento de reunir-se, para orar e ouvir a Palavra de Deus».

Trata-se de um primeiro passo deste tipo no Brasil, semelhante ao que tem acontecido na Itália (Bari) e na Argentina (Buenos Aires) – sempre sob o olhar pastoral dos bispos católicos.

O evento é promovido pela ação conjunta de Novas Comunidades Católicas e representantes pentecostais.

Voltei. O verdadeiro diálogo ecumênico, que é algo muito anterior ao Concílio Vaticano II, visa resgatar as almas que estão em outras denominações cristãs, mas que não possuem a plenitude de Cristo através da Igreja Católica.

Já a tal ecumania é um movimento surgido da infiltração relativista no diálogo ecumênico que faz com que as pessoas busquem apenas aquele entendimento bonitinho, onde todos falam que não tem importância a religião, mas sim a convivência pacífica. Isso é execrável!

Sim ao ecumenismo e não à ecumania!

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Orquestra Filarmônica Chinesa oferecerá concerto ao Papa

Saudações queridos leitores!

A China é um lugar estranho. São uma das ditaduras mais ferozes do mundo e, para que as pessoas não critiquem o genocídio que ocorre no país, que apesar de ter uma das maiores taxas de crescimento do mundo, tem muita gente passando fome, fazem muitos agrados para os outros. Fiquem com notícia de ZENIT (íntegra aqui), volto depois.

Orquestra Filarmônica Chinesa oferecerá concerto ao Papa

Interpretará o «Réquiem» de Mozart no Vaticano

CIDADE DO VATICANO, terça-feira, 29 de abril de 2008 (ZENIT.org).- Como prova de que a linguagem da música é capaz de estender pontes de diálogo entre povos e culturas, a Orquestra Filarmônica Chinesa e o Coro da Xangai Opera House interpretarão na presença de Bento XVI e em sua homenagem o Réquiem de Wolfgang Amadeus Mozart.

O concerto acontecerá no dia 7 de maio, às 18h, na Sala Paulo VI do Vaticano.

«Com esta interpretação no Vaticano de uma grande obra clássica da música européia de inspiração religiosa, a música se confirma como uma linguagem e meio belíssimo de diálogo entre os povos e as culturas», explica o jornal «L’Osservatore Romano», ao dar a notícia.

Voltei. A orquestra é belíssima, muito competente e tudo. Mas essa apresentação não muda o que a China é: uma ditadura feroz e responsável pelos maiores massacres da história. Há muito sangue derramado clamando por justiça naquele país.

Aceitar a presença da Filarmônica Chinesa é um ato de nobreza dos países. Já, aceitar o regime que lá impera, é hipocrisia pura. Vejo muitos países discutindo um boicote aos Jogos Olímpicos em Pequim. Não penso que o boicote seja essencial, mas ver que muitas repúblicas democráticas estão passando a mão na cabeça dos ditadores chineses, é uma hipocrisia sem tamanho.

Participar dos Jogos Olímpicos e não criticar a ditadura chinesa é demais.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Aborto não é direito, explica Santa Sé ao Conselho da Europa

Saudações queridos leitores!

Às vezes me sinto absurdamente redundante. Vou falar mais uma vez sobre o aborto, pois infelizmente esse assunto demanda de muita urgência em nossos tempos. Fiquem com ZENIT (íntegra aqui), volto depois.

Aborto não é direito, explica Santa Sé ao Conselho da Europa

Comentário a uma resolução do Conselho da Europa

CIDADE DO VATICANO, terça-feira, 29 de abril de 2008 (ZENIT.org).- O aborto não é um direito, afirmou um representante da Santa Sé nas páginas do jornal vaticano, comentando a decisão da Assembléia Parlamentar do Conselho da Europa, que reconhece com este título a prática.

A Assembléia aprovou, em 16 de abril passado, a resolução 1607, com a qual convida os 47 Estados membros a orientarem, onde for necessário, a própria legislação, de maneira que se garanta às mulheres «o direito de acesso ao aborto seguro e legal».

O documento foi aprovado com 102 votos a favor, 69 contra e 14 abstenções, após um longo debate no qual se ofereceram 72 emendas.

O bispo Elio Sgreccia, presidente da Academia Pontifícia para a Vida, em um artigo publicado em «L’Osservatore Romano», mostra como a resolução sobre o aborto do Conselho da Europa contém uma afirmação contrária aos direitos humanos.

A resolução começa confirmando o princípio segundo o qual, sob nenhuma circunstância, o aborto tem de ser visto como um meio de planejamento familiar e que, na medida do possível, deve ser evitado (cf. n. 1).

O documento constata que em alguns países do Conselho Europeu, nos quais o aborto é permitido, de fato não pode ser garantido a todas as mulheres «um efetivo acesso aos serviços para o aborto que sejam seguros, aceitáveis e apropriados» (n. 2), por causa das condições restritivas previstas pelas próprias legislações. Isso, segundo a Assembléia, provocaria discriminações entre as mulheres segundo os diferentes países.

Neste contexto, o documento utiliza o termo «direito» para referir-se ao acesso efetivo ao aborto.

«É a primeira vez que o documento oficial do Conselho da Europa, constata Dom Sgreccia, fala do aborto como um ‘direito’.»

Voltei. Mas que diabos há com esse Conselho da Europa? Legitimando o assassinato de inocentes? Isso parece coisa dos tempos da Alemanha Nazista!

É repugnante ver que uma resolução que tem o despautério de definir o aborto como um "direito" consiga ser aprovada em algum lugar. Me admiro com o fato do povo eleger gente dessa estirpe para cuidar de seus interesses.

É uma grande verdade o fato de que onde os bons se omitem, os maus imperam. É o que está acontecendo na Europa. Graças a omissão das pessoas de bem, que deixam a Igreja pregando no deserto, muitas políticas que são notoriamente contra os direitos humanos estão sendo aprovadas nos países da União Européia.

A União Européia está deixando de ser um grupo buscando a cooperação para se tornar um grande clube que impõe a todos os que querem fazer parte, que aceitem políticas contrárias aos direitos humanos. E os países que se recusam a aceitar tais políticas contrárias à vida são marginalizados, sofrendo sanções veladas, pois perdem muito em isenções e auxílio no crescimento.

O incentivo velado ao aborto, como é o caso, é um contra-senso na Europa, continente que vive um declínio demográfico de moldes perigosos. Enquanto a população nativa, de maioria cristã se reduz ano a ano, a população de origem muçulmana não pára de crescer, em uma correlação que pode transformar a Europa em um continente com uma presença muçulmana muito mais significativa, o que acarretaria em problemas que vemos no mundo árabe, principalmente com relação a democracia e liberdade religiosa.

As pessoas de bem precisam se levantar, antes que não sobre nada na Europa.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

terça-feira, 29 de abril de 2008

Sem socorro, menina morre enquanto pais rezavam

Saudações queridos leitores!

Fides et Ratio salva vidas. Ajuda não apenas na saúde espiritual, mas contribui para evitar que pessoas morram. Essa é a minha conclusão ao ler a reportagem que vai abaixo, do Terra.

Sem socorro, menina morre enquanto pais rezavam

Uma menina americana de 11 anos morreu de diabetes enquanto seus pais rezavam pela sua cura, sem chamar médicos para socorrê-la, informaram as autoridades de Wisconsin.

Os pais da garota, Dale e Leilani Neumann, foram acusados de homicídio culposo (sem intenção de matar). O casal acredita somente na Bíblia e está convencido de que sua filha estava nas mãos de Deus, segundo declarou a mãe da menina.

Segundo a agência Ansa, a garota morreu no dia 23 de março passado em sua casa em Weston, vítima de um nível muito baixo de insulina no sangue. Os pais nunca a levaram a consultas médicas.

Voltei. Um acidente lamentável. Mas é um acidente que poderia ser muito facilmente evitado. Isso é conseqüência direta de uma má compreensão do real sentido da Fé e de um entendimento distorcido de Deus.

É possível que alguém fique curado somente pela Fé. Claro que é algo muito raro, mas a espera de uma cura milagrosa não deve fazer com que se abandonem os métodos tradicionais, pois eles também vêm de Deus, que nos concedeu a inteligência para aprendermos as técnicas medicinais tradicionais.

Casos como o descrito acima são exemplos de uma má compreensão da fé, transformando-a em um espetáculo com efeitos espalhafatosos. Nosso Senhor Jesus Cristo nos alertou sobre isso, pois a Fé, para existir, não precisa ser comprovada. Felizes são os que creram sem ver.

Recomendo a leitura da Encíclica Fides et Ratio, do grande João Paulo II. Pode salvar vidas.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Papa visitará França de 12 a 15 de setembro

Saudações queridos leitores!

No mês de setembro, o Santo Padre visitará a França, terra da Torre Eiffel, de Santa Joana D'Arc, do croissant e de Zidane. Essa visita acontece em um tempo muito oportuno, quando a França, que vive uma grave crise de Fé, dá sinais de que a situação está se estabilizando. Fiquem com reportagem de ZENIT (íntegra aqui), volto depois.

Papa visitará França de 12 a 15 de setembro


O episcopado convida peregrinos do mundo inteiro

CIDADE DO VATICANO, 28 de abril de 2008 (ZENIT.org).- A visita apostólica de Bento XVI à França para celebrar os 150 anos das aparições de Nossa Senhora em Lourdes acontecerá de 12 a 15 de setembro, segundo anunciou nesta segunda-feira a Conferência Episcopal da França.

«Os bispos da França convidam os fiéis a se mobilizarem amplamente para acolher o Papa e agradecer a Deus pela mensagem de Lourdes», afirma um comunicado de imprensa emitido pelo episcopado.

Por sua parte, os Santuários de Nossa Senhora de Lourdes convidaram também os «bispos, os sacerdotes e fiéis de todo o país, em particular europeus, a irem em grande número para rezar em Lourdes com o Santo Padre».

Voltei. Desde a Revolução Francesa, a França é um país assolado por um laicismo selvagem, que nega a influência da religião no país. Rezemos para que essa visita do Papa traga bons frutos para esse país que precisa tanto retomar o caminho para Cristo.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Funcionário admite que despenalização do aborto aumentou número de abortos

Saudações queridos leitores!

Era previsível. Com a descriminalização do aborto na cidade do México, a taxa aumentou. Fique com notícia da ACI, volto depois.

Funcionário admite que despenalização do aborto aumentou número de abortos.- O Secretário de Saúde do México DF, Manuel Mondragón, admitiu que a legalização do aborto na cidade "tendeu a incrementar” a taxa de aborto.

Em declarações à agência France Press, Mondragón reconheceu a tendência, usualmente negada pelos promotores do aborto, mas assinalou que em sua opinião o aumento “não é desproporcionado”.

A um ano de que a Assembléia Legislativa de DF legalizasse o aborto até a semana 12 de gestação, realizaram-se 7,820 abortos no sistema público de saúde. Atualmente, a Suprema Corte da Nação analisa pedidos para declarar a norma inconstitucional.

Conforme informou a agência LifeSiteNews.com, as últimas perquisas revelam que no México persiste um rechaço amplo ao aborto e a maioria se opõe a uma maior despenalização.

Voltei. Esse exemplo derruba um dos mitos propagados pela comunidade abortista para seduzir as pessoas: o mito de que a despenalização do aborto reduziria o número de ocorrências. Esse relato do México joga por terra essa tese maluca, sem pé nem cabeça, pois, uma vez que o assassinato de inocentes não é mais punido, muitas gestantes, que antes não o faziam por medo (reparem que nem é por amor à criança), abortam sem impedimento algum.

Que Deus nos livre da maldição do aborto,
Fernando.

segunda-feira, 28 de abril de 2008

Quem é quem - Abortistas detonam explosivo caseiro em universidade chilena

Saudações queridos leitores!

Em um ato de extrema covardia e notório desprezo pela vida, um grupo de militantes abortistas, de orientação esquerdista detonou uma bomba em uma Universidade Católica no Chile.

De acordo com a reportagem da ACI Prensa, o grupo, que se denomina Federación Insurreccionalista executou esse atentado contra a Universidade de Los Andes, em Santiago no Chile usando um explosivo caseiro, detonado em um dos banheiros da casa de estudos.

O grupo de militantes esquerdistas/abortistas enviou um comunicado assumindo a autoria do atentado como um modo de rechaçar a decisão do Tribunal Constitucional de proibir a distribuição da pílula abortiva do dia seguinte pelos serviços de saúde públicos. Um dos catedráticos mais importantes do Tribunal Constitucional faz parte da Universidade, que é mantida pelo Opus Dei.

A explosão ocorreu aproximadamente às 21:10 em um banheiro feminino no segundo andar do edifício de ciências. Logo após, o prédio foi evacuado até a certeza de que não haviam outros artefatos explosivos. O atentado não deixou feridos mas causou danos nas instalações do prédio. Apesar de ter sido um atentado considerado pequeno, as motivações revelam sua gravidade.

Em nota, o grupo que assumiu a autoria do atentado. Entre suas reclamações, eles alegam que "os governantes que administram o sistema de poder e os exploradores da vida dos indivíduos querem aumentar o fechamento dos microespaços de liberdade que os habitantes deste contaminado planeta dispõem".

Entendam que o que eles querem dizer com "fechamento de microsespaços de liberdade" é que reivindicam o direito de matar bebês que ainda não nasceram. Eles também reconhecem a "opção legítima de recorrer à interrupção de uma gravidez em ótimas condições sanitárias". Eles reconhecem o direito da mulher, mas desconhecem por completo o direito dos nascituros, que são pessoas que, apesar de dependentes da gestante, possuem uma identidade completamente diferente.

Sente-se o fedor de anti-catolicismo ao se deparar com os termos usados para se referir à Santa Igreja, classificando o Tribunal Constitucional de "tribunal medieval". Entendo. Medievais são os outros, sempre. Quem defende o assassinato é que é "moderno". Dessa modernidade quero distância.

Chamam a iniciativa de defesa da vida de "asquerosa inquisição", como se fosse errado defender o direito das pessoas de viver. Classificam a campanha também de "repressão fascista" a defesa da vida e alegam que as mentes que defendem a vida são "retorcidas e castradas".

Ao se referir à Universidade, que é Católica, classificam-na como "antro de opulência e merda católica", onde eles "entraram se vomitar entre as paredes de sacra repugnância".

Acusam a Universidade de Los Andes e o Tribunal Constitucional como responsáveis pela miséria de todos os que trabalham "nas masmorras do capitalismo".

Assumem uma postura ameaçadora, crendo que todos os métodos são permitidos em sua luta, o clássico "os fins justificam os meios", um dos mantras esquerdistas. Os áulicos pregam abertamente a insurreição, e revolta, por quaisquer meios, inclusive o terror.

O grupo prototerrorista ainda chama os "companheiros" a continuar destruindo o que supostamente lhes oprime, em uma clara incitação ao terror.

Finalizando, eles terminam dizendo que atacarão tudo o que pretende "impedir o autocontrole de seus corpos" e que destruirão a todos.

É, meus queridos leitores, essa é a face mais radical da esquerda. Para os esquerdistas, eles podem até não concordar com os meios empregados por esse tal grupo, mas certamente os consideram válidos em nome da "causa". Não se enganem, os nossos esquerdistas podem até discordar dos métodos, mas os acham plenamente compreensivos pela causa.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

domingo, 27 de abril de 2008

Evangelho de Domingo - 6º Domingo da Páscoa

Saudações queridos leitores!

Segue abaixo o Santo Evangelho desse domingo, dia do Senhor, com comentários de Santo Hilário.

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo João.

Evangelho (Jo 14, 15-21 (6º Domingo da Páscoa))

15Se Me amardes, guardareis os Meus mandamentos. 16E Eu pedirei ao Pai, Ele vos dará outro Assistente, para estar convosco para sempre, 17o Espírito da Verdade, que o mundo não pode receber, porque O não vê nem conhece. Vós é que o ides conhecer, porque fica entre vós e em vós estará. 18Não vos deixarei órfãos. Volto para junto de vós. 19Ainda um pouco e o mundo já Me não verá, mas vós ver-me-eis, porque Eu vivo e vós heis-de viver. 20Nesse dia, reconhecereis que Eu estou em Meu Pai, e que vós estais em Mim e Eu em vós. 21Quem tem os Meus mandamentos e os guarda, esse é que Me ama. E quem Me ama será amado por Meu Pai, e Eu amá-lo-ei e manifestar-Me-ei a ele.

Palavra da Salvação.

Comentário ao Evangelho do dia feito por:

Santo Hilário (c. 315-367), bispo de Poitiers, doutor da Igreja

A Trindade, 2, 31-35

«Eu apelarei ao Pai e Ele vos dará outro Paráclito para que esteja sempre convosco: o Espírito de verdade»

«Deus é espírito» diz o Senhor à Samaritana [...] ; sendo Deus invisível, incompreensível e infinito, não será num monte nem num templo que Deus deverá ser adorado (Jo 4, 21-24). «Deus é espírito» e um espírito não pode ser circunscrito, nem contido; pela força da sua natureza, ele está em todo o lado e de local algum está ausente ; em todo o lado e em tudo superabunda. Por isso é preciso adorar a Deus, que é espírito, no Espírito Santo [...].

O apóstolo Paulo outra coisa não diz quando escreve : «o Senhor é o Espírito e onde está o Espírito do Senhor, aí está a liberdade» (2 Co 3, 17) [...]. Que cessem portanto os argumentos daqueles que recusam o Espírito. O Espírito Santo é um, por todo o lado foi derramado, iluminando todos os patriarcas, os profetas e o coração de todos quantos participaram na redacção da Lei. Inspirou João Baptista já no seio de sua mãe; foi por fim infundido sobre os apóstolos e sobre todos os crentes para que conhecessem a verdade que lhes é dada na graça.

Qual é acção do Espírito em nós? Escutemos as palavras do próprio Senhor : «Tenho ainda muitas coisas a dizer-vos, mas não sois capazes de as compreender por agora. É melhor para vós que Eu vá, pois, se Eu não for, o Paráclito não virá a vós; mas, se Eu for, Eu vo-lo enviarei. Quando Ele vier, o Espírito da Verdade, há-de guiar-vos para a Verdade completa» (Jo 16, 7-13) [...]. São-nos reveladas, nestas palavras, a vontade do doador, assim como a natureza e o papel d'Aquele que Ele nos dá. Porque a nossa fragilidade não nos permite conhecer nem o Pai nem o Filho ; o mistério da encarnação de Deus é difícil de compreender. O dom do Espírito Santo, que se faz nosso aliado por sua intercessão, ilumina-nos [...].

Ora este dom único que está em Cristo é oferecido a todos em plenitude. Está sempre presente em todo o lado e a cada um de nós é dado, tanto quanto O queiramos receber. O Espírito Santo permanecerá connosco até ao fim dos tempos, é a nossa consolação na espera, é o penhor dos bens da esperança que há-de vir, é a luz dos nossos espíritos, o esplendor das nossas almas.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.