domingo, 19 de outubro de 2008

Traidores!

Saudações queridos leitores!

Traidores! Traidores! Traidores!

Um ato de traição premeditado. É assim que deve ser encarada a divulgação do manifesto redigido por padres traidores de sua vocação e da Igreja em apoio à candidata abortista e pró-sodomia do PT, Marta Suplicy.

Apesar do manifesto não contar com o apoio da Igreja e os padres não terem autoridade para tal, vemos que esses sacerdotes, que deveriam ser fiéis a suas vocações agiram à revelia da Igreja, apoiando o que justamente há de pior em São Paulo.

Quanto mais próximo o traidor, mais dolorosa é a traição. E é assim que eu me sinto ao ver pastores lançando os lobos contra seu próprio rebanho.

O manifesto, chamado de "Carta aos Cristãos", é vergonhoso. A tal carta tem uma tiragem de 500.000 exemplares e deverá ser distribuída na porta das Igrejas após as Missas nesse domingo. Nessa carta blasfema, vemos os sacerdotes defendendo abertamente, à revelia da Igreja, o voto na candidata petista pró-sodomia homossexual e pró-aborto de inocentes, Marta Suplicy.

Nós, cristãos (padres, religiosos, religiosas, leigas e leigos da Igreja Católica nesta cidade), inseridos na ação de evangelizar por meio das pastorais sociais desenvolvidas nas diversas situações da vida de nossa gente, como foi acima exposto, manifestamos nosso apoio à candidatura de Marta Suplicy à Prefeitura de nosso município.

Essa afirmação, vindo de sacerdotes é vergonhosa. É o inimigo usando de nossos próprios soldados para nos desferir um golpe humilhante. Traidores! Sacerdotes indignos de vestir a batina! Os fiéis que foram confiados a esses sacerdotes indignos são guiados pelo pastor diretamente para os lobos. Que a misericórdia de Deus permita que eles não sejam devorados pelo inimigo que conta com o apoio de quem deveria protegê-los do mal.

Fiquem com Deus,
Fernando.

Nenhum comentário: