terça-feira, 7 de outubro de 2008

Picuinha ameaça destruir Basílica do Santo Sepulcro

Saudações queridos leitores!

Uma picuinha que já dura alguns séculos está colocando em risco um dos lugares mais sagrados do cristianismo. A Basílica do Santo Sepulcro, local onde conforme a Sagrada Tradição afirma que Nosso Senhor Jesus Cristo foi sepultado e ressucitou está correndo sério risco de ser perdida para sempre.

O mosteiro Dir al Sultan, instalado sobre o teto da Basílica do Santo Sepulcro, corre um risco enorme de desabar e causar danos irreparáveis à Basílica. Segundo o governo isralilense, o local ainda não foi reformado porque uma disputa entre as igrejas etíope-ortodoxa e a copta-ortodoxa pelo controle do local impede a execução dos reparos. De acordo com o relatório do engenheiro israelense Igal Bergman, contratado pelo igreja etíope-ortodoxa, o mosteiro Dir al Sultan "representa um risco para a vida dos monges e dos visitantes, trata-se de uma emergência, e reparos no local devem ser feitos com urgência".

O problema que impede o reparo do prédio é que a propriedade sobre o mosteiro é disputada há 200 anos pelas igrejas etíope e copta. O Arcebispo Mateus, chefe da igreja etíope-ortodoxa enviou uma carta urgente ao Ministério do Interior de Israel exigindo a execução dos reparos, mas tais reparos não foram possíveis porque eles não reconhecem direito algum dos coptas no local.

Ainda há o aspecto de que se o governo israilense intervir na situação sem o acordo das partes, acabará criando um problema diplomático entre Israel, Etiópia e Egito. O o Ministério do Interior de Israel afirma que sabe da necessidade de reparos no mosteiro desde 2004 e está disposto a arcar com as despesas da obra. Mas infelizmente nada pode ser feito sem um acordo entre as partes. O prefeito de Jerusalém, Uri Lupoliansky, afirmou que vai tentar intermediar a crise entre as duas igrejas para que seja possível realizar as reformas.

Isso mostra o perigo da falta de unidade.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Nenhum comentário: