segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Padre polonês pretende criar operadora católica de telefonia celular

Saudações queridos leitores!

Novas iniciativas promovidas pela Igreja são sempre bem vindas. De acordo com uma notícia da EFE publicada pela Folha, um Padre polonês, Tadeusz Rydzyk (levei uns 3 minutos pra escrever o nome dele) lidera uma iniciativa para a criação de uma operadora de telefonia celular "católica". Não, a operadora não seria da Igreja, mas ofereceria a seus usuários além de tarifas econômicas, orações por SMS e conteúdo multimídia (como ringtones e papeis de parede) com motivos Católicos.

O Padre Rydzyk é da ordem redentorista e fundador da rádio Maryja, que possui uma audiência em torno 1 a 4 milhões de ouvintes. A iniciativa tem o apoio de um conhecido homem de negócios polonês, o empresário Roman Karkosik, proprietário do grupo Midas. O projeto também conta com o apoio de muitos de seus ouvintes da rádio Maryja e do jornal Nasz Dziennik, que são dois importantes veículos de comunicação com grande orientação católica.

De acordo com a reportagem, o Padre Rydzyk é visto como um religioso polêmico, de posições "ultracatólicas". Eu não conheço o reverendíssimo sacerdote e prometo que buscarei informações sobre ele, mas tal classificação vindo da EFE é motivo de alegria! A reportagem também diz que o Vaticano vê a rádio Maryja e o jornal Nasz Dziennik com certo receio por supostas posições radicais. Vou investigar e trago mais informações logo.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Nenhum comentário: