quarta-feira, 15 de outubro de 2008

A Igreja é o Corpo Místico de Cristo, não uma mera associação humana

Saudações queridos leitores!

O mundo nunca teve um grande senso do que é sagrado. Já faz algum tempo que essa falta de noção da sacralidade contamina os fiéis da Igreja, inclusive parte significativa do clero. O que leva a abusos serem encarados como acontecimentos cada vez menos escandalosos, até o momento em que o abuso se torna algo normal.

Essa falta de senso de sacralidade também deforma a noção que os fiéis têm da Igreja. Muitos hoje em dia pensam que a Santa Igreja Católica é meramente uma associação humana, composta por um grupo de pessoas que tem as mesmas idéias. Nada mais incompleto. Em sua audiência pública dessa quarta-feira, Bento XVI enfatizou em sua catequese que a Igreja é "o corpo vivente de Cristo no Sacramento da Eucaristia, no qual todos recebem Seu corpo e se transformam realmente em Seu corpo".

Mas o que isso quer dizer? Isso nos mostra a origem divina da Igreja, que é Jesus Cristo e nos enfatiza que nossa participação nessa associação só é possível quando nos abrimos e buscamos fazer parte dessa divindade. Estar na Igreja, muito mais que estar sob o teto do templo é reconhecer que a Igreja é o Corpo Místico de Cristo e buscar a Cristo na Eucaristia.

O termo "templo de Deus", atribui à Igreja as características de pureza e separação próprias do prédio sagrado, ao mesmo tempo em que se aplica a uma comunidade viva de fé o conceito de um espaço material cheio de presença divina", enquanto o termo "casa de Deus", se refere à Igreja como estrutura comunitária de afetuosas relações interpessoais de caráter familiar".

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Um comentário:

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.