sábado, 4 de outubro de 2008

Bento XVI relembra ensinamento da Humanae Vitae

Saudações queridos leitores!

O El Pais noticia que o Papa Bento XVI enviou uma mensagem sobre o quadragésimo aniversário da Encíclica Humanae Vitae, de Paulo VI, onde se trata dos aspectos referentes à regulação da natalidade. Na mensagem enviada pelo Papa, destaca-se a sua lembrança para a proibição do uso de métodos anticoncepcionais artificiais e a exortação para que os Católicos conheçam e usem mais os métodos naturais.

Como a reportagem é do El Pais (somente para assinantes UOL no link), podemos esperar de tudo. E os erros aparecem já no primeiro parágrafo.

""Os anticoncepcionais que impedem a procriação desvirtuam o sentido último do casamento" - foi o que lembrou ontem o papa Bento 16 em uma mensagem enviada a um congresso sobre o 40º aniversário da Humanae Vitae, encíclica em que Paulo 6º proibiu o uso da pílula para os católicos."

Acontece que a proibição dos métodos artificiais de contracepção já estavam proibidos desde antes da Encíclica. Para quem não sabe, os anticoncepcionais são mais antigos que a Humanae Vitae e desde o seu lançamento a Congregação para o Santo Ofício já apontava que eram ilícitos.

Logo depois, vemos um erro de tradução que deveria deixar qualquer revisor doido.

"Em outras palavras, o único anticoncepcional autorizado pela Igreja é o popularmente conhecido como "folhinha", que o papa define, de maneira muito mais culta, como "métodos de observação"."

Folhinha? E eu achando que folhinha era um jeito de se referir àqueles calendários que ficam pendurados nas paredes. Não é possível que a tradução do termo tabelinha por folhinha tenha passado pelos revisores! Deve ser coisa de estagiário, só pode! Mas como o erro é referente a uma reportagem sobre a Igreja, duvido muito que seja arrumado.

Outro erro da reportagem é que a tabelinha não é o único método aceito pela Igreja. Existem outros métodos baseados em observação das mudanças corporais no ciclo da mulher que também são aceitos e incentivados pela Igreja. Esses são os métodos de observação citados pelo Papa pela própria reportagem.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Um comentário:

SIDNEI disse...

caro Fernando pelo que li sobre o PT acho que seu comentário foi de grande maldade com os filiados do Partido dos trabalhadores, não vejo em voce a mínima competência para criticar alguem ; olhe para dentro de voce e veras que seu comentário foi tendencioso sem respeito ao governo com 70% de aprovação dibólico foi seu infeliz comentário.