segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Pastor confessa abuso de jovens em MT

Saudações queridos leitores!

A imoralidade e a maldade não têm lugar para aparecer. Todos nós estamos sujeitos à tentação e resistimos, em maior ou menor grau, contra a influência do mal.

Quando não vigiamos e nos deixamos ser influenciados, acontecem coisas como a que relata a reportagem abaixo, do Terra (fonte aqui), volto depois.

Polícia: pastor confessa abuso de jovens em MT

O pastor evangélico Antônio Hilário Filho, 53 anos, foi preso no último sábado suspeito de abusar de três adolescentes em 1995, 2004 e 2005, em Marcelândia (MT). Segundo a Polícia Civil, ele confessou os crimes e apontou outras vítimas.

Ainda de acordo com a polícia, foram apreendidas na casa dele fotografias, anotações e uma carta escrita por uma das vítimas que exigiria um pagamento para não contar sobre o abuso às autoridades. Teriam sido encontradas também duas espingardas e animais silvestres mortos.

A polícia afirma que o pastor alegou sofrer de um distúrbio mental e se disse aliviado por ter desabafado. Se condenado por atentado violento ao pudor, porte ilegal de arma e crime contra a fauna, ele pode pegar até 50 anos de reclusão. O pastor foi multado pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama) em R$ 3 mil.

Voltei. Mais que o impulso demoníaco, que tem sua parcela nesse caso, existe a questão da escolha. Todos nós temos livre arbítrio para escolhermos agir da maneira que bem entendermos e isso nos torna responsáveis por nossos atos. Assim também é com esse pastor, que escolheu entregar-se aos impulsos malignos e cometeu tal barbaridade.

Cabe a nós rezarmos e pedirmos a intercessão de Maria Santíssima pelas vítimas e pelo agressor, que agora deve pagar pelo seu crime.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Nenhum comentário: