quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Lula defende "casamento gay". E ainda há quem ache ele católico

Saudações queridos leitores!

O Apedeuta-mor, Sapo Barbudo que está à frente do Brasil, nos conduzindo diretamente ao buraco moral defendeu o "direito" da união de homossexuais em uma entrevista à TV Brasil, aquela estrovenga populista que consome rios de dinheiro e que ninguém vê. "Eu a vida inteira defendi o direito à união civil. Acho que nós temos de parar com hipocrisia, porque a gente sabe que existe. Tem homem morando com homem, mulher morando com mulher e muitas vezes vivem bem, de forma extraordinária", disse ele na entrevista.

Lula é um achado. É o cúmulo do populismo chulo, que inspira proto-ditaduras América Latina afora. Enquanto o Papa visitava o Brasil, ele fazia pose de mais devoto dos Católicos. Quando tem que falar em favor da causa gay, mesmo que isso entre em contradição com sua posição anterior, o faz sem o menor embaraço. É isso, Lula transita pelos extremos da contradição sem nenhuma vergonha na cara.

Cadê a chamada "esquerda católica" pra cantar as glórias da eleição (e reeleição) do Apedeuta Sapo Barbudo? Onde estão os que se dizem católicos, mas que defendem partidos socialistas e com propósitos claramente pró-morte?

É, nessa hora eles pegam suas bandeirinhas do PT e do MST e fingem que eu não falo com eles!

Vergonhoso!

Com informações do Terra.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Nenhum comentário: