terça-feira, 30 de setembro de 2008

Holanda transforma crianças em transexuais

Saudações queridos leitores!

A Holanda é um país que sempre se destacou por ser celeiro de práticas absurdas. Eu sempre digo que não acredito no fundo do poço, mas fico cada vez mais surpreso quando vejo o quão fundo os holandeses conseguem nos mostrar ser possível ir.

Na Holanda, "especialistas" já acompanham a transformação de crianças a partir de 6 anos de idade em transexuais. Vejam um trecho da reportagem publicada no UOL, traduzida do El Pais:

"A explicação para a aparente precocidade dos menores que se sentem em um corpo estranho é dúbia. Por um lado, e ainda que o Catálogo de Doenças Mentais da Espanha continue incluindo os transexuais, as confusões sobre sua condição são cada vez menores. O aumento da informação ilustra o outro lado, com um ponto de virada na Holanda, no final do século passado. Um erro induziu a pensar que crianças a partir dos 12 anos eram operadas em Amsterdã, e muitas famílias buscaram ajuda. "Claro que não havia esse tipo de operação, mas quando comecei há duas décadas, meus pacientes tinham 16 e 17 anos. Hoje há menos tabu e mais informação e eles chegam com 12 ou 13 anos. De toda maneira, a idade é o de menos. Todos asseguram que sabiam desde muito cedo que viviam no corpo errado", diz Peggy Cohen, psicóloga clínica holandesa do Hospital da Universidade Livre de Amsterdã (que tem uma disciplina de Transexualidade e uma de Clínica do Gênero) e especialista em adolescentes transsexuais.

"Damos apoio psicológico às crianças pequenas, de 6 ou 8 anos, e a seus pais, e acompanhamos sua evolução de perto. Nessa idade é preciso descartar diferentes patologias, e comprovar se os gêneros são confundidos ao brincar ou se relacionar. O fato de uma menina jogar bola ou um menino brincar de boneca é bastante conhecido e nada problemático. Quando o desejo de mudar permanece, entre os 14 e 16 anos, podemos optar por administrar hormônios reversíveis. Temos 80 pacientes nessa fase e ninguém se arrependeu".".

O absurdo cometido não tem tamanho. Médicos estão trabalhando com aconselhamento com crianças a partir de 14 anos, tratando e incentivando uma mudança sexual em crianças que nem sequer sabem direito o que é a sexualidade e que podem estar sendo ludibriadas, tornando-se números para uma ideologia que, se seguida à risca, provocará simplesmente a extinção da raça humana!

Isso é imoral, é uma violência às consciências das crianças, que são bombardeadas com informação imoral e crescem com sua mentalidade distorcida, achando que o errado é o certo! É o cúmulo da falta de aceitação, a criação de pessoas que serão incapazes de aceitar uma situação em que se vejam incapazes de fazer as mudanças que desejam. É a relativização total dos conceitos, eliminando as definições de certo e errado, criando pessoas que não coneguirão aceitar pessoas que defendam pontos de vista diferentes e tentarão impor suas convicções aos outros. É a violação da natureza, a luta inútil do homem de ser seu próprio deus, iludindo-se, achando que a alteração do invólucro mudará a essência.

E o absurdo não atinge apenas a Holanda, mas também Canadá, Suécia, Itália, Estados Unidos, Bélgica, Reino Unido e Alemanha contam com centros especializados em destruição de identidades. Na Espanha o pioneiro é o de Málaga. Também há unidades em diversas fases de desenvolvimento em Astúrias, Catalunha, Madri, Valência e Extremadura.

Que Deus tenha piedade de nós.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

8 comentários:

Alessandra disse...

Quanta ignorância, que pena. Teremos piedade da sua alma oca perdida em tanta pseudo inteligência.

dione disse...

que deus tenha pena de vc!!!
quanta ignorancia!!!não são criancas homossexuais e nem estimulam isso!!!eles estam tratando de crianças que nasceram com o transtorno de identidade de genero!!!problema seria que deve ser acompanhado desde cedo mais em muitas vezes não é!!!agora so falta ele falar que tratar hermafroditas e pseudo hermafroditas tambem é um crime!!!Isso é porque não é seu filho que nasceu com esse problema!!!por que se fosse vc gostaria de trata-lo e acompanhar seu desenvolvimento sem problemas

dione disse...

Transexualismo ou transtorno de identidade de genero ou disforia de genero ou ate mesmo neuro discordancia de genero é um problema de má formação que vem de dentro do utero e precisa ser tratado não confunda as coisas!!!

Andresa disse...

Sorte dessas crianças por viverem em países de primeiro mundo e terem um tratamento adequado a partir do momento certo e por não sofrerem com atitudes de pessoas preconceituosas como o Sr. Fernando, o senhor deveria se informar melhor.

Anônimo disse...

Este Fernando é um otári o de galocha, seu argumento é totalmente irreal ao que diz a reportagem.
Extremismo é assim, não têem argumentos, só certezas e ai de quem não os siga. Vai procurar te informar seu cabeça de sacola.

João Paulo disse...

Fernando

Realmente, tb não acredito em fundo do poço e vemos o quão fundo é o poço holandês.

Viu como colocar o dedo na ferida desperta a ira dos insensatos?

Fique com Deus e que Ele te de sempre coragem para denunciar estes absurdos desgraçados!

Anônimo disse...

http://www.youtube.com/watch?v=_Rqf006STDY


pesquise o que é disforia de genero,se dependesse de gente como vc ainda estariamos a ciência estaria estacionada...quando ficar doente fique em casa,não encha a sacola dos outros no hospital

Carlos Augusto Pinheiro Da Silva disse...

Que absurdo e se criança quando se tornar adulto ou seja ter consciência isso esta indo longe demais só podia vir da liberal e imoral Holanda ,liberar drogas,prostituição e agora isso uma criança ainda não tem personalidade formada