sábado, 20 de setembro de 2008

Extremistas hindus queimam catedral de Jabalpur

Saudações queridos leitores!

Mais uma vez a Igreja Católica é vítima do extremismo e sofre calada em sua própria carne os males desse modo condenado de manipular a religião. A catedral de São Pedro e São Paulo de Jabalpur foi incendiada, provavelmente por dois extremistas hindus, segundo informou hoje o serviço de imprensa da Conferência Episcopal da Índia (ICNS).

O edifício, de mais de 150 anos de idade ficou seriamente avariado. Os vitrais e o altar-mor foram completamente perdidos. Esse é o terceiro ataque contra os cristãos que acontece neste Estado, após a agressão física ao vigilante noturno da escola conventual do Carmelo, em 31 de agosto passado e a queima de uma igreja em Ratlam. Mas o ataque à Catedral é certamente o mais grave deles, pois os prejuízos foram muito maiores.

"Os cristãos na Índia são tratados como cidadãos de segunda categoria. Eles se sentem desprotegidos. Os sacerdotes, para não comprometer as famílias cristãs, tiveram de refugiar-se nos bosques", afirma o Padre Joaquín Alliende, Assistente Eclesiástico Internacional e Presidente da Associação Católica "Ajuda à Igreja que Sofre (AIS).

O presidente da AIS compôs esta oração para rezar pelos cristãos perseguidos na Índia:

Pai do céu, fazeis brilhar vosso sol
sobre maus e bons.
Vosso filho Jesus morreu por todos
e em sua ressurreição gloriosa
conservou as cinco chagas do tormento.
Com seu poder divino, ele sustenta agora
todos que sofrem perseguição e martírio
por serem fiéis à fé da Igreja.
Pai misericordioso e forte,
impedi que hoje Caim volte a matar
o desvalido Abel, o inocente Abel.
Que os cristãos perseguidos na Índia,
como Maria Mãe, permaneçam
de pé junto à cruz do Cristo Mártir.
Confortai quem é ameaçado pela violência
e estremecido pela insegurança.
Que vosso Espírito Santo de amor
torne fecundo o testemunho e o sangue
de todos que morrem perdoando.

Amém.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Nenhum comentário: