sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Belgas extraem células-tronco sem danificar embriões

Saudações queridos leitores!

Essa aqui vai pra turma da Mayana Zatz e do povo que aprovou a morte de inocentes para a pesquisa com CTE's. Eles que ficaram cornetando que não tinha jeito, que era inviável e aquele trololó todo que custa a vida de seres humanos em fase embrionária. De acordo com o Terra, um grupo de cientistas do Hospital Universitário Ziekenhuis de Bruxelas, na Bélgica, conseguiu extrair células-tronco de embriões sem ter que destruí-los.

De acordo com a reportagem, os cientistas belgas conseguiram extrair as células-tronco de uma célula de um embrião com quatro células no segundo dia de desenvolvimento. Com essa técnica, o embrião não é destruído e as três células restantes podem seguir seu desenvolvimento e se implantarem, como embrião, no útero. "Este progresso pode ter conseqüências positivas para países onde, por razões éticas, extrair células-tronco esteja proibido, ou seja, controverso", destacou o hospital no comunicado.

Nada como um dia depois do outro para ver que essa liberação só serviu mesmo pra pavimentar caminho para o aborto, que continua trilhando seu caminho para tentar se tornar legal.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Nenhum comentário: