sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Um pouco de cristianofobia

Saudações queridos leitores!

A cristianofobia é uma realidade. Algo impensável a alguns anos e algo difícil de se entender pela lógica, é o fato de uma maioria religiosa ser perseguida em nosso mundo. Mas o fato é que os cristãos, especialmente os Católicos, são perseguidos pelos mais diversos motivos. Sejam econômicos ou culturais, mas também especificamente religiosos, ou seja, a violência provocada por motivo de fé. Os cristãos são vítimas de preconceitos, estereótipos e intolerâncias, inclusive de caráter cultural e nos países mais desenvolvidos.

Em alguns lugares, a perseguição se dá por força das armas, como no Iraque, onde em 5 anos, o número de cristãos do país se reduziu de um milhão para aproximadamente 500 mil. Na Europa essa perseguição assume uma faceta diferente, minando os direitos dos cristãos, querendo impor que a religião fique restrita ao interior dos templos, tornando as pessoas marginais simplesmente por sua opção religiosa.

No Brasil esse fenômeno também ocorre sob o manto da tolerância, do politicamente correto. Em nome de uma falsa tolerância, permite-se todo tipo de abuso contra a maioria cristã, desqualificando suas opiniões em qualquer assunto que não agrade ao lobby dominante no momento, como se tudo que os cristãos manifestassem estivesse "contaminado" pela religião. Mas não percebem que outras manifestações religiosas ou anti-religiosas são toleradas e até incentivadas sob um pretexto de tolerância que não vale para os cristãos.

Dois pesos e duas medidas.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Nenhum comentário: