terça-feira, 26 de agosto de 2008

Justiça proíbe foto blasfema de Carol Castro com o Terço

Saudações queridos leitores!

Glória a Deus nas alturas! Em uma decisão onde prevaleceu o bom senso, o juiz Oswaldo Freixinho da 29ª Vara Cível do Rio proibiu na segunda-feira, 25, que a imagem blasfema de Carol Castro posando semi nua com um terço em mãos seja veiculada em novas edições da revista. Os advogados que representaram o Instituto Juventude pela Vida e o conhecido padre Lodi foram Renato Beneduzi e Ricardo Brajterman. Segundo ele, "tem que haver um mínimo de razoabilidade no processo. Tirar das bancas, seria uma atitude extrema, com o intuito de penalizar a editora, e não era essa a intenção. Sabemos que tem muita gente envolvida nisso, como anunciantes e funcionários, e não poderíamos prejudicar ninguém", disse Brajterman.

Carol Castro acabou voltando atrás e pediu desculpas à Igreja Católica pela foto que fez com um terço para a Playboy de agosto. A Editora Abril, além de não poder mais usar motivos religiosos em novos ensaios fotográficos, também está proibida de utilizar a referida foto de Carol Castro em outras revistas do grupo.

Outras informações no site O Fuxico.

Graças a Deus!

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Nenhum comentário: