quinta-feira, 28 de agosto de 2008

De volta aos tempos da barbárie

Saudações queridos leitores!

Alguns dias atrás eu assisti a um programa que comentou que algumas tribos bárbaras costumavam pilhar mosteiros na Europa Medieval. Não é à toa que eles eram chamados bárbaros. Parece que esse comportamento está voltando.

Em Turim, quatro frades franciscanos foram brutalmente espancados por três criminosos durante um roubo ao convento de San Colombano Belmonte, informou nesta quarta-feira, 27, a polícia local. Um dos feridos, o frei Sergio Baldin, de 48 anos, frade guardião do santuário, sofreu traumatismo craniano e foi levado em coma a um hospital local onde se encontra em estado grave, correndo o risco de ficar com lesões permanentes. Os outros três frades, com idades de 81, 76 e 86 anos, apresentam lesões no rosto e na cabeça mas passam bem.

Os três assaltantes surpreenderam os frades enquanto estes jantavam no refeitório do convento, amarrando, amordaçando e depois espancando-os "com uma violência assombrosa", disse Gabriele Trivellin, responsável provincial dos franciscanos menores, informando sobre a agressão no convento. "Foi uma violência selvagem e gratuita pois não houve nenhuma resistência. Rezamos pelo padre Sergio. Estou estarrecido, é uma violência que não encontra justificação", acrescentou Trivellin.

Mais que um mero assalto, tal demonstração de violência é um ataque à Igreja e à sociedade!

Mais informações na ANSA.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Nenhum comentário: