quinta-feira, 7 de agosto de 2008

Anglicanos ladeira abaixo

Saudações queridos leitores!

Tenho publicado diversos textos sobre os anglicanos e alguns leitores enfurecidos me atacam muito sobre isso. Mas o que eu posso fazer? Os anglicanos não param de me dar munição para que eu mostre o quanto sua confissão religiosa (ou o que sobrou dela) está atolada na lama...

Em sua última declaração, o Arcebispo de Cantebury afirmou que a Bíblia não proíbe relacionamentos entre pessoas do mesmo sexo quando elas estão unidas em relação semelhante ao matrimônio. E essa sua posição já não vem de hoje. Em uma carta escrita há oito anos, enquanto ainda era arcebispo de Gales, ele explicou que as passagens do livro sagrado não condena o homossexualismo das pessoas que possuem essa inclinação por natureza. Segundo o religioso, essas críticas bíblicas seriam dirigidas aos heterossexuais que mantém outro tipo de relação em busca de variedade sexual.

Mais variedade sexual do que a prática sodomita? Daqui a pouco ele vai fazer apologia a qualquer comportamento bizarro só pelo bem de quem assim deseja. Ainda emitindo sua opinião, o arcebispo diz que chegou nesta "conclusão definitiva" depois de 20 anos de estudos e orações, e explicou que distinguia suas opiniões como teólogo das sua posição de dirigente eclesiástico, que o obrigava a ter um ponto de vista mais tradicional.

Sim, agora que a Comunhão Anglicana não existe mais, ele se sente livre para expressar suas opiniões blasfemas. Me dói ver que uma pessoa assim ainda se declara cristão, mesmo que não seja Católico. Dói o coração.

Que Deus tenha piedade do que sobrou dos anglicanos.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Nenhum comentário: