quinta-feira, 10 de julho de 2008

Tabuleta narra a ressurreição do Messias

Saudações queridos leitores!

A EFE traz uma notícia patética (aqui na versão do Estadão) sob um manto de grande descoberta. Segundo a reportagem, uma tabuleta de pedra contendo inscrições que relatam uma história de morte e ressurreição em três dias seria uma prova do plágio da Ressurreição de Cristo! Esses caras só podem estar de brincadeira! Quer dizer que um relato anterior aos relatos evangélicos, ao invés de corroborar a idéia da ressurreição, a desmascara? Se essa é a teoria dos estudiosos, por que não tiveram o mesmo raciocínio com as profecias milenares que atestavam a ressurreição do Messias, até mesmo com mais detalhes?

Essa tabuleta, ao invés de desconstruir a crença na Ressurreição, só vem provar que o Messias sempre foi esperado e que a idéia já era conhecida entre os judeus. Do jeito que a descoberta é colocada, parece que Jesus e Seus discípulos não previram nada, mas sim copiaram tudo. Balela. No Novo Testamento Jesus relata diversas vezes Seu sofrimento, morte e ressurreição. Alguns estudiosos acreditavam que isso foi inserido posteriormente, mas a descoberta leva-me a pensar justamente no contrário.

Essa tábua, ao invés de desacreditar os cristãos, não vai fazer nada mais que reforçar a crença nos relatos evangélicos, visto que a idéia da ressurreição de Nosso Senhor notadamente não foi inventada pelos apóstolos.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Nenhum comentário: