terça-feira, 22 de julho de 2008

Organização Espanhola informa que já são 18 as sentenças que respaldam objeção de consciência

Saudações queridos leitores!

Os conflitos entre o governo socialista espanhol, que tenta impor sua ideologia a todos os cidadãos, tem encontrado uma imensa resistência entre as entidades de ensino, educadores e pais de família. A organização Profissionais pela Ética (PPE), informou que já somam 18 as sentenças dadas por Tribunais Superiores de Justiça que respaldam as objeções de consciência apresentadas contra a controvertida disciplina de Educação para a Cidadania (EpC) e que reconhecem que o direito dos pais a escolher a formação de seus filhos está sendo violado.

Das sentenças, 15 foram conferidas pelo Superior Tribunal de Justiça de Rioja e o Superior Tribunal de Justiça da Andaluzia conferiu as outras três.

Jaime Urcelay, presidente do PPE, afirmou que “o respaldo judicial aos impedimentos ao EpC é, a estas alturas, indiscutível e senta jurisprudência”. Indicou que nos próximos dias “é provável que se conheçam mais sentencia favoráveis”.

Ao passo que o governo socialista espanhol iniste na tentativa de doutrinação e é rechaçado pelos órgãos de justiça, o clima no país fica cada vez mais pesado. Mas essa luta do bravo povo espanhol é necessária, pois os desatinos provocados por esse governo socialista já ultrapassaram a tempos a barreira do aceitável.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Nenhum comentário: