terça-feira, 15 de julho de 2008

Cardeal Pell dá início à JMJ 2008

Saudações queridos leitores!

Hoje é um dia histórico para a Austrália. O Cardeal Arcebispo de Sydney, George Pell inicia oficialmente a JMJ 2008. Mas logo antes do início, os jovens tiveram uma surpresa. Eles receberam uma mensagem SMS de ninguém menos que Bento XVI. A mensagem do Papa dizia: "Jovens amigos, Deus e seu povo esperam muito de vocês, porque vocês têm o dom supremo do Pai: o Espírito de Jesus - BXVI".

O cerimônia teve início com uma procissão onde entrou a cruz ícone da Jornada e as bandeiras de 168 países presentes. O Cardeal Pell estava acompanhado de 26 cardeais, cerca de 400 bispos, um coro de 300 jovens e uma orquestra de 80 músicos. Segundo o Cardeal, essa foi a maior Missa que ele já celebrou.

Em sua homilia, Cardeal Pell buscou levar alento não só aos que estão firmes na fé, mas também a todos que se encontram perdidos, em desespero ou esgotados. "O chamado de Cristo é para todos os que sofrem, não só para os católicos ou pessoas de outras religiões, mas especialmente para os que não pertencem a nenhuma religião.", disse o Cardeal diante de uma multidão de jovens.

Ao comentar a segunda leitura do dia, que foi a Carta de São Paulo aos Gálatas, o Cardeal Pell conclamou os jovens a agir, exortando-os "a não ficarem sentados detrás da barreira, a deixar suas opções abertas, pois só o compromisso traz a realização".

Ser discípulo de Jesus exige disciplina, acrescentou, reconhecendo que ainda que "o autocontrole não o tornará perfeito – pelo menos não é meu caso –, é necessário para desenvolver e proteger o amor em nossos corações e para prevenir que outras pessoas, em especial nossa família e amigos, fiquem feridas por nossas quedas na sujeira e na acídia".

Com informações de ZENIT.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Nenhum comentário: