terça-feira, 29 de julho de 2008

Anglicanos pedem "união corporativa" à Santa Sé

Saudações queridos leitores!

É... parece que tem gente acordando em meio aos anglicanos. A Comunhão Anglicana Tradicional, ramo ao qual pertencem aproximadamente 400 mil anglicanos, percebeu que sua fé ruiu e fez um pedido de união corporativa à Santa Sé. Em uma carta enviada pelo primaz dessa Comunhão, o arcebispo Johm Hepworth ao Cardeal William Levada. A carta anglicana data de 5 de julho, data anterior à Convenção de Lambeth.

O Cardeal Levada respondeu em uma carta que no último ano, "a Congregação para a Doutrina da Fé estudou as propostas que foram apresentadas em nome da Câmara dos Bispos da Comunhão Anglicana Tradicional durante sua visita aos escritórios deste dicastério, em 9 de outubro de 2007".

A situação na Comunhão Anglicana é de tal sorte desesperadora que o primaz da Comunhão, assim que recebeu, emitiu uma nota de agradecimento, em que diz que a carta do Cardeal "é uma carta de alento cálido".

A Comunhão Anglicana passa por um processo irreversível de cisma. Ao passo que eles avançam som suas doutrinas cada vez mais afastadas do Evangelho e com isso acabam afastando os fiéis que apesar de estar no erro, zelam por uma maior fidelidade ao Evangelho, se eles ameaçarem impedir o avanço das doutrinas imorais, a ala mais heterodoxa e "liberal" inicia seu próprio racha. De qualquer maneira, por causa da grande abertura à imoralidade, o cisma entre o que um dia foi a Comunhão Anglicana torna-se inevitável. Graças a Deus tem gente acordando e voltando a tempo para a Igreja de Cristo.

Mais informações em ZENIT.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

82 comentários:

Anônimo disse...

Teria o Mosteiro de Santa Cecilia de Caçapava do Sul - RS. Monges Cecilianos.
Dirigido pelo Prior Dom Marcos de Santa Helena deixado a ICAR e entrado para Igreja Anglicana do Brasil, ramo tradicional?

Anônimo disse...

Sim saíram, ou melhor foram escorraçados, oh gente para criar encrenca como aqueles 3 monges que restaram daquela barafunda chamada ordem ceciliana, que de ordem não tinha nada, era apenas uma Associação Pública de Fiéis. De Direito Diocesano, que o bispo não conseguia digerir aqueles 3 que se diziam monges, mas era encrenca pura. O Marcos Maciel, onde passou deixou um rastro de ódio e discórdia, inclusive vários processos no lombo dele.

Anônimo disse...

Dom João Marcos de Santa helena, da Ordem de santa cecilia é uma pessoa dedicada a religião e a Deus. É mentira pura que por onde passou deixou "ratro de ódio e destruição e processos" . Em Santa Maria, RS, onde foi administrador da Paróquia da Ressurreição só deixou saudades e boas recordações, é ainda considerado o melhor padre pelo seu dinamismo e belíssimas Liturgias. Fui Paroquaino dele e muitos tem grande saudades. João

Anônimo disse...

Esses monges cecilianos, pertencem a uma seita anglicana, nada tem haver com os anglicanos tradicionais, que agora já pertencem a ICAR.
O bispo que foi sagrado recentemente, foi sagrado apenas por um bispo da igreja anglicana do brasil, os outros dois pertencem a seitas autonomas, um é da seita carismatica e outro da seita ortodoxa. O outro bispo da igreja anglicana do brasil que era principe, conde, visconde, barão, deixou a seita. A IAB sagra de tudo desde gays ate mulheres. De tradição só no nome.
As fotos da IAB vê-se mulheres paramentadas, o arcebispo primaz é casado.

Anônimo disse...

Não é qualquer bagulho que se diz igreja anglicana, que está sendo aceita pela ICAR.
A igrejola IAB, nunca será aceita, nem os monges cecilianos que já pertenceram a ICAR como associação publica de fieis, mas nunca como um Instituto de Vida Consagrada, que são as ordens, congregações religiosas etc. Embora usassem o nome de ordem, que já está em desuso no novo CDC.
Aquilo era só para inges ver, e parece que viram pois aceitaram aquela gaiola das loucas.

Anônimo disse...

Caros irmãos, no mundo há lugar para todos, ninguém é melhor que ninguém. Com a mesma fúria que julgares, serão julgado.
Aquele que se diz dono da verdade, está redondamente enganado. Pois o Próprio Cristo quando perguntado o que era a verdade, ficaram sem resposta.
Os monges são tão monges quanto os monges católicos, o bispo Marcos é tão bispo e verdadeira a sua Sucessão Apostólica quando a do papa, O resto é vaidade das vaidades.
Sigam em frente Cecilianos, pois, Deus é por todos.

anonimo disse...

Pobre Dom Marcos de Santa Helena. Até que ponto a soberba pode levar uma pessoa. Rezemos por ele.

anonimo disse...

A pessoa que fez o comentário do dia 18 de janeiro não está muito bem informada. Gostaria de saber a que sucessão Apostólica pertence Dom Marcos.

Anônimo disse...

Respondendo:

A sucessão da santa igreja anglicana do brasil.
Por que Napoleão se auto coroou, e o reverendo marcos não pode criar uma sucessão dele mesmo?

Anônimo disse...

Dom Marcos brigou com todos os Bispos por donde passou. Agora como "bispo" com quem vai brigar? Se todos os Bispos não prestavam, será que ele vai prestar?
Pobre apóstata.

Anônimo disse...

O Rev. Marcos foi ordenado bispo na catedral com três altares góticos de madeira que deram um ar de puro tradicionalismo. Os celebrantes devidamente paramentados dentro do rigoroso Ritual de São Pio V. A Sagração Episcopal de Dom Marcos foi realizada como manda a tradição Católica. Estava de batina carmim com sobrepeliz em renda bilro, e dalmática por baixo da casula, também não era de se esperar por menos de um bispo da ala Anglo-Católica. Alguém pode pensar que ele é pouca porcaria? Mas... Parecia coisa de cinema diziam alguns néscio. Ao bimbalhar do sino e ao som de fogos de artifício Dom Marcos concedeu sua primeira benção como bispo para o povo (povo???) ali presente.

Anônimo disse...

Gostaria de saber onde anda o orgão do Rev. Marcos, diz ele que é uma verdadeira relíquia, e que estaria ereto no dia da sua sagração.
Mas o que vimos na CATEDRAL abacial, foi um tecladinho chuchulento, aqueles do paraguay por R$9,99.
Onde será que o Rev. Marcos enfiou o seu orgão, se alguem viu, informe.
Falo do orgão de tubos com 18 registros que o Rev. Marcos comprou e estava desmontado aguardando a construção da catedral (capelinha) que estava construindo para a grande sagração do abade mitrado eleito.

Anônimo disse...

Bispo apóstata sagradopela Igrejola IAB??!!??
Só se for prá Ingrês vê!

Anônimo disse...

Essa IAB (Igreja Anglicana do Brasil) é uma igrejola cismática não reconhecida pelos anglicanos oficiais. A Igrejola IAB só tem alguns clérigos e nenhum povo. O bispo apóstata sagrado pela IAB deveria se envergonhar de ter trocado a Igreja Católica Romana por essa igrejola de fundo de quintal!

Anônimo disse...

Na realidade, esta discussão toda causa júbilo a satanáz,pois seus objetivos(discórdia,intrigas,críticasmaldosas,comentários "venenosos")vão sendo alcançados.E com isto, os irmãos aqui de uma forma ou outra, vão dando mal testemunho aos do mundo.Nunca devemos nos alienar ao mundo,mas também nunca devemos esquecer que a bíblia é dividida em textos,contextos e pretextos.Mas que o ESPIRITO SANTO nos ilumine para entende-lo no que for necessário e naquilo que só a Deus pertence saber,melhor será deixar como estar. Na Paz de CRISTO

madame.moi disse...

Os seguidores do DOM MARCOS (3 monges/padres) são vítimas dele e da própria igreja católica que enviou o então padre João Marcos para a paróquia deles. Eles começaram como coroinhas do Padre João Marcos. Pq esses seguidores podem ser excomungados, se a princípio foram excelentes fiéis, desde meninos, servindo durante as missas? Eles erraram ou a igreja errou ao tornar João Marcos Padre??? Cabe a igreja católica o esforço para trazê-los de volta (os 3 monges/padres), se desculpar com eles, e encaminhá-los dentro de sua doutrina.

haubert2011 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Dom Marcos um guerreiro!







Neste artigo quero enfatizar a bravura e a coragem de Dom Marcos de Santa Helena, Bispo e Arquiabade Anglicano. Durante toda a sua vida lutou para manter viva as tradições católicas que os progressistas furiosos tentavam destruir. Perseguido e Caluniado nunca desistiu da idéia de reconstruir a verdadeira igreja de todos os tempos. Ordenado padre em 1980 por Dom Sinésio Bonh na diocese de Novo Hamburgo teve que enfrentar o preconceito do clero simplesmente por se dizer conservador. Em 1996 teve que retirar-se para Caçapava do Sul, pois o bispo daquele então lhe pediu a paróquia dando credito as conversas caluniosas do clero progressista que não levaram em conta o lindo trabalho que Dom Marcos fez na Paróquia Santa Catarina de Alexandria de São leopoldo, puro ciúmes do clero!. E lá chegou com apenas 300 reais no bolso para recomeçar a vida e tendo que sustentar sua mãe e mais três vocacionados que já eram pretendentes a futura Ordem Monástica. Em 1998 em um sábado ensolarado e com a primeira capelinha lotada, fundou a famosa Ordem de Santa Cecília que muito influenciou a Igreja Católica Romana por dez anos. Corajoso enfrentou o bispo de Cachoeira naquele então que por motivo nenhum não queria a fundação da nova Ordem " eu entrei em um túnel que a medida que eu avanço ele se fecha atrás de mim" foram essas as palavras do fundador para o bispo rabugento! E com essa coragem e bravura que Dom Marcos provou que se pode existir uma Congregação conservadora em nossos tempos.Mas foram anos de muitas perseguições para os cecilianos, hostilizados pelo clero de cachoeira que via nos monges uma ameaça para o trabalho progressista deles. Em 2009 recebeu convite da Igreja Anglicana para aderir a ela. Os monges aceitaram, pois já estavam cansados de tantas perseguições e calunias por parte dos romanos. Netas igreja foi sagrado Bispo em uma cerimônia como manda a tradição Católica, uma cerimônia emocionante! Para a ocasião foi construído um belíssimo templo em estilo néo-gótico inglês, Igreja construída com muita dedicação e suor coisa que muito padre incompetente por aí não faz. Como músico ele também foi muito bem sucedido. Formado na Alemanha em música renascentista é conhecido no Brasil como o " Palestrina do Brasil" por seu estilo bem palestriniano. Foi também organista titular do Santuário de Fátima em portugal onde encantou a todos com seu toque brilhante que chamou a atenção dos principais organistas da europa. Hoje Dom Marcos é valorizado na Igreja Anglicana e muito respeitado influenciando até a cúpula Anglicana.

Parabéns Dom Marcos pela Coragem, sei que o que está escrito neste artigo não é tudo, mas dá para ter uma idéia da pessoa de garra que o reverendíssimo é e sempre foi em sua caminhada de 60 anos de cristão.Pessoa caridosa sempre pronto a ajudar a todos com carinho e dedicação. Sempre irei torcer pelo sr. e seus monges!



João Amaral da Silveira .*



* Admirador dos Monges Cecilianos e da pessoa de Dom Marcos de Santa Helena.

Anônimo disse...

Poxa, esse Dom Marcos é sensacional.
É o próprio perseguido. Coitado.
Nem os bobocas seguidores aguentaram a tiona megalomaníaca. Deram no pé.
A distinta figura onde passou deixou um rastro de discórdia e intrigas.
Nem pelas costas querem vê-lo.
Logo essa igrejola IAB dá-lhe um pé nos fundilhos, pois nem na ordenação de araque dos tres bobocas o dono da igrejola, foi. Sendo que dos tres ordenados um já deu no pé.
A grande obra do João Ninguém está dando com os burros nágua, agora não tem bispo nem padre católico para perseguir. O titanic ceciliano esta indo a pique.
Tudo o que o bispo Marcos pos as mãos foi "na xon"

Anônimo disse...

Opinião de pessoas que não tem coragem de se identificar não valem nada amigo. Vc é que é um joão ninguém, pois nem nome tem. Vc fala como se não deixasse discordia por onde passa também! Palavras sem nexo e sem provas concretas típico de uma pessoa frustrada que também está a ver seu titanic afundar!!Vai procurar outro seminário pra vc vai, se é que vão te aceitar em outro!

Sem mais.

João Amaral da Silveira

Anônimo disse...

Esse tal João Amaral da Silveira é tão falso como uma moeda de
R$ 24,00 Reais.
É claro que esse e-mail saiu da gaiola das 3 últimas restantes loucas cecilianas.
Viu Gabriel Tião medonho.

Cordialmente,
Valdisley Calamdrino da Silva Pereira

Anônimo disse...

Prezado Valdisley Calamdrino da Silva Pereira.

Eu tenho certeza que a abadia não é uma gaiola como vc fala, já conheço Dom Marcos a quase 30 anos e confio nele. Foi como eu disse no meu comentário anterior,"palavras sem nexo e sem provas concretas típico de uma pessoa frustrada que também está a ver seu titanic afundar!!" é isso que penso de vc amigo. Mas digamos que a abadia fosse uma gaiola mesmo, os três que ficaram lá estão presos, não incomodam, o problema maior é as outras 5 bixas que escaparam da gaiola, essas sim preocupam, e diz as más línguas que uma delas, a pior de todas, se escondeu lá pros lados da fronteira com o Uruguai. Cuidado ela é perigosíssima!

Sem mais e viva os monges cecilianos!

João Amaral da Silveira.

Anônimo disse...

+++ Mosteiro de Santa Cecilia +++
Congregação Monástica de Santa Cecília. Somos Monges numa versão atualizada dos antigos Monges dos séculos IV e V . Formamos o assim chamado Neo-Monaquismo. O carisma da Contemplação em nós tomou vulto por meio da Sagrada Liturgia e da Música Sacra. Somos de clausura, cantamos as Horas Canônicas em Canto Gregoriano latino diariamente e estamos unidos a Santa Igreja Romana no seguimento de suas diretrizes a partir do Concilio Vaticano II. Usamos o hábito talar, no Mosteiro, na rua, em viagens. Nosso E-mail: monges@ordemdesantacecilia.org ou pelo telefone (014) 55 281-2213 ou ainda pela Caixa postal 73, Cep 96570-000 Caçapava do Sul -RS - Brasil.URL: http://ordemdesantacecilia.org Site em português


Ass: João amaral Da Silveira.

Anônimo disse...

Tudo indica que os monges cecilianos da arquiabadia anglicana ceciliana na pessoa do Marcos S Helena, já foram despachados da igrejola IAB Igreja Anglicana do Brasil?
conforme nova adesão do balaio de gato da gaiola das três loucas cecilianas. Credo!!!
26/04/2004 - Igreja Anglicana Independente firma acordo de Intercomunhão com a Igreja Anglo-Católica do Rito de Sarum (Monges Cecilianos-OAC).

Anônimo disse...

Já foram despachados sim.
Até foram expurgado do site da IAB.
Veja com seus próprios olhos.
http://www.igrejaanglicana.com/
Onde o João passa deixa um rastro de destruição.
Durou pouco a passagem meteórica na IAB.
Agora estão na igrejola Igreja Anglicana Independente.
Esses são como prostitutas passam de mão em mão. E não são de ninguém.
Até quando esse bispo Peterson Salomão e Alves vai aturar as tres loucas cecilianas?
Já era a primeira arquiabadia anglicana de araque e o bispo Sufragâneo.
João voce não equenta cadeira mesmo.
Agora quem te perseguiu? Você não é mais da ICAR, lá os bispos e padres perseguiam, e agora João?

madame.moi disse...

Falando em anonimos, por acaso o João Marcos escreveu em seu blog sobre um JOÃO NINGUÉM, sem citar o nome. Pela proximidade de datas, será que tal artigo foi escrito para o padre que saiu de lá? Que ele acusa, entre outras coisas, de ter roubado??

madame.moi disse...

Embora o João Marcos não faça a mínima diferença no mundo, por que essa controvérsia toda?

Por que ele deixou uma legião de ABUSADOS... seja abusos psicológicos, abusos físicos, abusos morais ou abusos sexuais.
Utilizou a fachada de músico e tradicionalista para estar perto de meninos. Depois se tornou padre para estar perto de coroinhas. Depois criou uma abadia para estar perto de jovens monges. Sempre teve assessores adolescentes.

madame.moi disse...

Acontece que o João Marcos sempre teve a tutela dos bispos, como por exemplo Sinésio Bohn, e da igreja católica. E nenhuma DENÚNCIA foi analisada por estes bispos, que o acobertaram.
Quando uma das vítimas vier a PÚBLICO, certamente muitas outras terão coragem de se expor também, aparecendo toda a verdade escondida debaixo de paramentos e batinas: uma cueca rasgada, um corpo podre e uma alma desorientada.

Anônimo disse...

Prezada madame.moi

Se no vosso parecer a solução é mostrar a publico tais vítimas de abuso, por que vc também não dá as caras, ou vc é covarde e quer colocar os outros pra frente e ficar na moita escondido como vc vem fazendo botando pilha em todo mundo pelo telefone. Vc é um cagão isso sim! Se vc tem provas de que foi abusado como diz, mostra ao mundo então as tais provas e deixa de ficar fazendo intrigas covarde!

Otávio Augusto

Anônimo disse...

É verdade do apoio total ao sr. Otávio Augusto.

É muito fácil ficar como cachorro vira lata ladrando de longe enquanto os outros é que vão a guerra. Se vc foi abusado mesmo já teria botado a boca no trombone, pra mim vc gostava e agora que dar uma de bonzinho!
Vé se te flagra tá boneco!

Adolf Hitler.

Anônimo disse...

Quanta perda de tempo essa discussão!

Vocês não tem como provar nada do que dizem, se tivessem provas já tinham provado.
Enquanto isso Dom Marcos está lá forte e bem gordo dando risada da cara de vocês otários!

Sócrates.

madame.moi disse...

Obrigado, Adolf. Ao insinuar que alguém "gostava" de ser abusado vc confirma que há abusos. E para confirmar isso ou vc é vítima ou testemunha.
Já é uma prova!

Quando ao mérito, acho que ninguém "gosta" de ser abusado.

Anônimo disse...

Eu quero ver são as provas!!!! Vc tem como provar que Dom Marcos te abusou? Onde estão elas? Mostra ao mundo, ou vc tem medo?

Adolf Hitler.

Anônimo disse...

Para mim vc é um esquizofrênico inventador de historias isso sim!
Quem não prova o que diz é caluniador.

Adolf.

madame.moi disse...

Adolf.
Está claro que vc não precisa de provas. Tb está claro que vc não tem trato e vocabulário para advogar a defesa.
Se João Marcos se sentir caluniado, me processe. Responderei onde escolher, seja em Caçapava, Novo Hamburgo ou Brasília.

Fernando Tavolaro de Castro disse...

Saudações a todos.

Tenho deixado o debate transcorrer de maneira livre, sem moderar as postagens, porém, peço que os envolvidos tenham um pouco mais de respeito uns com os outros e que tomem mais cuidado em relação a denúncias, pois isso pode trazer problemas para todos os envolvidos, inclusive eu.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

madame.moi disse...

Olá Fernando.

Agradeço o espaço e a oportunidade de debate.
Não cou lhe causar problemas.

Um abraço.

Anônimo disse...

Se eu não tenho trato e vocabulário para advogar a defesa, muito menos vc para advogar a acusação, pois vc não apresenta as provas!!!! O que vc faz é altamente imoral, ir na net e disparar uma quantidade de difamações sujando a imagem de uma pessoa sem provar o que diz.Esse tipo de afirmação que vc faz não tem credito nenhum. Vc realmente acha que algum dia não vai pagar por isso? Com certeza ira!!

Abração pra voçê querido!

Dom Pedro II.

Anônimo disse...

madame.moi

Em um determinado blog a srª postou o seguinte comentário "Quando umas das vítimas vier a PÚBLICO, certamente muitas outras criarão coragem de se expor também".
Agora me diga, quem é a vítima que vai aparecer a público para dar coragem as outras? Você? Tá difícil!!! KKKK
Vc não tem coragem nem de assinar seu nome nas suas postagens!!

Beijos pra vc!

Mozart.

Anônimo disse...

Quando o Elias, o Misael e os 5 que quebraram a cama começarem a falar, ai a porca vai torcer o rabo.
Como diz a máxima latima:
Feminarum iurgiis deteguntur vera.
Brigam as comadres, descobrem-se as verdades.
Baldovino di Forda

Anônimo disse...

Homem que não casa até certa idade, começam o diz-que-diz. O Referido, após saracotear por tudo que é banda,
resolveu ser padre, pois estaria salvo pela lei do celibato.
Vocação tardia sempre foi problema para a igreja.
Tanto que o rev. em suas santas pregas abomina velhos em sua "abadia".
Só carne fresca.
Em Caçapava o rev. era conhecido como o padre da Kombi cheio de coroinhas!
Onde tem fumaça é que o fogo já abrasou muito.

Anônimo disse...

Na postagem imediatamente anterior, esqueci de assinar. O Rev. arquiabade abomina anônimos Afff!!!
Em tempo.
Clementina de Jesus

Antequam noveris a laudando et vituperando abstine disse...

Fernado.
Seu Blog é muito bom mesmo!
Como vc. sempre diz:
"Fiquem com Deus e divirtam-se,"
Eu me divirto muito lendo principalmente essas postagem.
Não conheço o tal fulano em epígrafe, mas deve ser uma peça raríssima.
Eu acho que o nome do padre deveria ser Rev. encrenca pura.
Parabéns Fernando.

Anônimo disse...

PÕE ENCRENCA NISTO.

Até excomungado o João Encrenca foi!

DECLARAÇÃO DE PENA DE EXCOMUNHÃO

Considerando:
a) Que Pe. João Marcos Porto Maciel incorreu no delito de heresia, apostasia e cisma, cuja pena canônica lhe concede a suspensão de ordens definitiva desde o dia 13 de maio de 2009.
b) Que o referido sacerdote apesar das censuras, dos convites e exortações constantes a mudança de atitude, decidiu não só fechar-se em outra igreja cristã, mas com pertinácia insistiu nos delitos anteriores de apostasia e heresia declaradas a teor do cân. 1364.
c) Que o próprio sacerdote manifestou por carta no dia 17 de abril de 2009, seu desejo de separar-se definitivamente da Igreja Católica, por discordar com seus preceitos, a seu ver impostos pela mesma, recusando sujeição ao Sumo Pontífice e comunhão com os seus membros, por um sincretismo e ecumenismo mal entendido e assumido de sua parte.

d) Que dito ministro, de acordo com plano preconcebido, constituiu um mosteiro com o desejo explícito de ordenar sacerdotes, e com desobediência pertinaz nunca assumiu a obediência prometida ao Ordinário local, uma vez que não são ontologicamente “monges”, pois nunca foi erigido um mosteiro de modo juridicamente válido.
e) Que sua atuação nos centros cultuais de Caçapava do Sul, Novo Hamburgo e outros, é profundamente danosa, insidiosa e maléfica para o povo católico desavisado, pelo sincretismo religioso e profanação de símbolos católicos.
Constatamos: Que o próprio sacerdote incorreu em excomunhão latae sententiae, pelos delitos tipificados no cân. 1364, isto é apostasia da fé e heresia declarada, que constituem gravíssimos delitos contra a unidade e bem comum da Santa Igreja, e ainda assumindo o nome cismático de “Ordem Anglicana Ceciliana”.



Declaramos: Que por ter-se colocado voluntariamente com pertinácia fora da Igreja, o referido sacerdote a teor do cân. 194 § 1, 2º, está definitivamente destituído de ofício eclesiástico e com as proibições determinadas no cân. 1331, decorrentes de sua condição de excomungado, bem como aos três leigos que lhe acompanham.
Comunique-se e intime-se a presente declaração ao réu e a comunidade diocesana.
Porto Alegre, 13 de maio de 2009.
+ Dom Dadeus Grings,
Arcebispo Metropolitano e Moderador do Tribunal Eclesiástico Regional Sul 3

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Fernando Tavolaro de Castro disse...

Atenção. Comentários com ataques pessoais não serão mais tolerados. Esse é o último aviso. O comentário que denegria Dom Dadeus Grings foi apagado. Outra ocorrência similar e o tópico será fechado.

Fiquem com Deus,
Fernando.

Anônimo disse...

Engraçado sr. fernando, denegrir a pessoa de Dadeus não pode, agora denegrir a de Dom Marcos como vem fazendo em seu blog a meses pode?
O sr. tem dois pesos e duas medidas então?
A pessoa de Dom Marcos vem sendo ferozmente atacada sem nenhuma prova e isso acontece diante de seus olhos e vc deixa sem apagar nenhum comentário. Olha que ir na net acusar uma pessoa de pedofilia sem provar é muito sério, vc deveria chamar a atenção dos outros também!!!! Ou vc está sendo complacente com isso??? Tem que apaga todas as postagens que falam mau de Dom Marcos então!!!! afinal de contas seu blog sempre foi sério, agora de uma hora para outra vira palco de ataques a uma pessoa que está quieta no canto dela. Isso não é nada cristão!!

Sem mais.

Dom João VI.

Fernando Tavolaro de Castro disse...

Caro anônimo. Não venha me dizer como tenho que administrar meu blog. Caso não tenha visto, a partir do momento que os ataques começaram a sair da esfera doutrinal, pedi calma aos debatentes, pois sei que é injusto até mesmo com os inimigos da Igreja que os tais sejam acusados de crimes que não se possa provar. Seja quem for, não vai mais ser acusado de crimes que não se podem provar. Mas eu também não vou tolerar ofensas contra autoridades Católicas por que eu sou Católico e zelo pelos meus pastores. Não vou fazer nada se um inimigo da Igreja for chamado de inimigo da Igreja, mas não vou permitir que se levante um dedo contra um bispo da Igreja Católica. Então ficam todos advertidos.

Fiquem com Deus,
Fernando.

Anônimo disse...

Prezado sr. fernando.

OK, não sito mais nenhum pastor romano, mas pediria ao sr que também não deixasse atacarem mais a pessoa de Dom Marcos com essas historias de pedofilia, pois sou anglicano, e assim como o sr, também não tolero ver meus pastores serem atacados dessa forma por pessoas intolerantes como vem acontecendo nesta página.

Muito obrigado pela compreensão e desculpe pelo resto.

No Cristo que une todos como irmãos.

Marcelo.

madame.moi disse...

No seu blog pessoal o Sr. João Marcos (Dom Marcos) postou dia 21/5 artigo intitulado "hipocrisia para dar, vender e pregar" reproduz "História Secreta dos Papas" com o intuito de atacar a Igreja Católica, enfatizando crimes de conspiração, assassinato, bruxaria e especialmente SEXUAIS.

madame.moi disse...

Considerando 1) que ele é Anglicano e não deveria ter interesse no Catolicismo; 2) que ele não tem provas do que reproduz, não estava lá! 3) o interesse dele em crimes sexuais; pergunto:
Por que ele se sente a vontade para acusar e tão melindrado ao ser acusado???

Anônimo disse...

Não é ele que se sente melindrado é eu que não admito ver vcs acusando ele sem provar, agora o que ele diz no artigo tem provas sim, a historia está ai para provar sr, ou vc não estudou historia?????
Vc esta muito enganado, eu não sou no Dom Marcos amigo!!!!

Marcelo.

Anônimo disse...

A propaganda da arquiabadia anglicana é mentirosa postada
em 21 de abril de 2011 00:03

Com o título: +++ Mosteiro de Santa Cecilia +++

1ª MENTIRA
"e estamos unidos a Santa Igreja Romana no seguimento de suas diretrizes a partir do Concilio Vaticano II" é pura mentira, o Rev João foi excomungado, isto significa não mais comunga com a ICAR.

2ª MENTIRA
Definição de ARQUIABADIA:
Descrição: sf (arqui+abadia) Mosteiro principal de uma região.
Este MOSTEIRO é único, e a Igreja Anglicana Independente NÃO possui um único mosteiro.
A Arquiabadia é habitada pelo Sr. Marcos, Sr. Gabriel e Sr. Lucas.

Alem do mais, o pedido de intercomunhão com uma Igreja, que não existe, pois se trata da Igreja Anglo-Católica do Rito Sarum, invensão do Sr. Marcos, pois com o rompimento com a Igreja Anglicana do Brasil, Sua estada foi muito breve nesta denominação.
O Sr. Marcos e seu mosteiro ficaram soltos, sem igreja.

A única maneira foi fundar uma igreja para fazer essa intercomunhão mentirosa.

O Sr. Marcos além de fundador de uma ordem agora é fundador de uma igreja super novíssima.

A Igreja Anglo-Católica do Rito Sarum.

Anônimo disse...

Atenção Internautas! Muita atenção! - Mosteiro de Santa Cecilia
Instamos a todos os que fazem uso da Internet que filtrem muito bem as chamadas “críticas e chacotas” anônimas postadas em blogs ou qualquer outro veículo ligado as comunicações eletrônicas. Via de regra todo o escrito anônimo pode revelar covardia e insegurança de quem escreve ou no mínimo está mentindo. Salvo os elogios que por modéstia a pessoa prefere o anonimato.
Há muito ciúmes do trabalho de Dom Marcos de Santa Helena, osc e essas pessoas não se agüentam extravasando sua negatividade ao público investindo contra a grande obra do nosso Arquiabade. Imputam-lhe defeitos que ninguém poderia imaginar a que ponto chega a maldade humana. Tudo é por ciúmes! Não conseguem fazer e nem chegar aos pés do Arquiabade e ficam enfurecidos como demônios enxotados do céu. Se fosse verdade não precisariam do anonimato. Nós assumimos tudo o que dizemos temos bom caráter, boa índole e não somos covardes.
Curiosamente quando se trata de Dom Marcos tudo é crime, quando se trata dos Padres Romanos “são pecadinhos dos padres”.
Tudo o que é dito contra nosso Arquiabade e Bispo não conferem com a verdade. Não passa tudo isso, de mentira, despeito e difamação do Sacerdote e agora Bispo Anglicano. Acusações insidiosas desprovidas de provas jurídicas são lançadas irresponsavelmente sobre ele e já está virando abuso e falta de respeito aos Direitos Humanos. Dom Marcos tem direito garantido por Lei ao bom nome e direito de escolha da crença que desejar segui-la. Reclamar de ele ser Anglicano significa discriminação religiosa. Ele e nós todos seguimos Cristo e não Igrejas. Muitos Padres e Bispos são anti-Cristo, Dom Marcos é um cristão acima de tudo e exclama com Santo Agostinho: “convosco sou cristão, para vós sou Bispo”.
Qualquer dúvida sobre Dom Marcos em relação à Igreja Anglicana favor comunicar-se com Sua Eminência Revma. Dom Ydenir P. Machado: rev.ydenir@gmail.com informações fornecidas por desafetos, inimigos ocultos e despeitados, certamente que serão sempre negativas.

Pe. Dom Elias do Espírito Santo osc.
Chanceler.

Ps: Postado por Marcelo Oliveira, admirador dos monges anglicanos Cecilianos.

Anônimo disse...

Desculpe pessoal, esqueci de colocar a fonte do artigo: http://arquiabadia.blogspot.com.

Ate a próxima, fiquem com Deus e divirtam-se!

Marcelo.

Anônimo disse...

Inimigos potenciais e os enganadores espirituais procuram infiltrar nos meios de comunicação, com a intenção de induzir em erro.
Estes inimigos são os autores do fenômeno hoje conhecido como pseudo-igreja, na qual não há adesão, mas apenas hierarquia.
Por falta de lealdade e disciplina, estes estão vagando de igreja em igreja, eles estão sem cabeça.
Sua origem é desconhecida, não podem explicar ou justificar suas origens, porque eles não têm uma genealogia válida.
O mesmo se pode hesitar em dizer que eles pertencem à Igreja Anglicana, Igreja Ortodoxa, ou qualquer outra Igreja, que, ou pretendem vir a partir da linhagem de uma Igreja, mas seu argumento inteiro parece estar diametralmente errado.
Esses mentirosos estão sempre cheios de ambiguidades, alegando ser cristão do Oriente, ou do Ocidente dizem que também se declaram fiéis observadores do calendário juliano, mas também do calendário gregoriano.
Na esteira da confusão que carregam esses pseudobispos, arcebispos, abades arquiabades, padres etc., que seria melhor ignorar suas pretensões alegado.
Eles certamente não saberiam nem mesmo realizar uma liturgia da igreja a qual pertence para a falta de formação pastoral e teológica adequada.
Com as suas mentiras, a única coisa que fazem é contradizer a as diretrizes da igreja, adequam conforme suas conveniências. Apenas para satisfazer a sua ânsia de poder e do lucro pessoal, ou satisfazer seus instintos mais básicos.
Mas suas intenções tortuosas foram frustradas, porque o povo já os conhece e não acredita neles ou segui-los, ninguém presta atenção a eles, porque eles não têm credibilidade alguma. Essas igrejas ou ordens não têm o reconhecimento ou o apoio da comunidade Internacional.
Pedimos desculpas àqueles que possam se ofender ou alusão a que expressa neste artigo. Qualquer semelhança com qualquer grupo conhecido é coincidência pura.
Pesquisando no oráculo cibernético. Vc. acaba se deparando com várias, pra não dizer milhares, de igrejas estranhas.
E eu não estou falando de igrejas evangélica pentecostais, mas de organizações que se dizem parte da Igreja Católica (não romana) e que afirmam possuir ordens e sacramentos válidos. Usam o nome Anglicana, Luterana, Ortodoxa, Católica Tradicionalista, igreja vela católica, Anglicana do Rito de Sarum etc.
Mas são apenas faixada. Um rascunho mal feitoe mal acabado da ICAR.
Não possuem liturgia própria, catecismo, cúria, igreja, códices canônicos.
Copiam tudo da ICAR.
Muitas delas se valem da ignorância das pessoas, que pensam ser uma parte da ICAR
Algumas características nos ajudam a identificar a mentira

– São extremamente fixadas em colocar sua linha de sucessão apostólica na internet.
E há sucessão de todo lugar possível: de igreja anglicana, romana, ortodoxa, copta, luterana, etc. Tudo isso junto, para justificar a “origem” apostólica dessa suposta comunidade. Só não dão provas documentais da presença de tanta gente separada junta.
Igreja com verdadeira sucessão apostólica não fica fazendo alarde disso.
Nem as dioceses anglicanas, que não dispõem de válida sucessão, ficam fazendo propaganda.
E as listas que essas igrejas divulgam frequentemente chocam em datas, lugares ou outros detalhes, evidenciando que eles apenas usaram a opção "copiar e colar" do computador.

– Sempre têm um primaz, um chefão, que não se intitula Papa, pois só a ICAR tem papa.
É impressionante, mas em todas elas tem um “arcebispo primaz”.

– Possuem nomes estranhos
– Raramente possuem endereço
Os “padres” dessas “igrejas” atuam de forma itinerante. Claro que algumas possuem “paróquias para inglês ver”
Ass. Valdisley Calamdrino da Silva Pereira

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Leandro disse...

Conheço Pe. João Marcos desde 1981, fui seu aluno durante 7 anos tendo aulas e ensaios no coro que ele dirigia na Catedral de Novo Hamburgo.Convivi com ele de 1981 a 2005.
O único motivo pelo qual estou relatando isso não é para defendê-lo,mas para que se veja o lado de quem esteve vivendo diariamente com Pe. João Marcos.Atualmente não tenho nenhum vínculo com ele já há vários anos, muitas acusações foram feitas e até hoje ninguém me apresentou nenhuma prova.
Nestes anos de coral onde os ensaios eram de segunda a sábado nunca presenciei e nunca fui v´tima de qualquer ato ou insinuação de pedofilia ou abuso moral ou psicológico.
Pelo contrário ele sempre repudiou este tipo de comportamento e mantinha uma postura muito respeitosa para com todos os meninos e adolescentes do coro.
Frequentei também a sua casa na paróquia N.S. da Piedade em N.H onde Pe. João morava com sua mãe e onde jamais presenciei qualquer coisa anormal.
Pe. João até fome passou devido a falta de assistência da Diocese que o contratou, isso sim é anormal.
O coro viajou e nada de anormal aconteceu nas viagens.
Fui o primeiro a entrar no coro e o último a sair quando o coro foi literalmente expulso da catedral pelo falso tradicional Dom Kloppenburg, um homem truculento que não tinha o mínomo respeito nem durante as Missas que celebrava onde várias vezes chamou seus acólitos de burro no microfone e em público quando faziam algo errado.
Quando Pe.João foi nomeado pároco em São Leopoldo, criou um coro masculino com ex-integrantes do coro da catedral de NH.Também fiz parte e convivi na paróquia e nada vi de anormal.Ao sair de São Leopoldo e ir para Caçapava do Sul, acompanhei toda a tragetória e estive presente na Missa de fundação da Ordem de Santa Cecília.
Em todos estes anos assisti e fui testemunha de todo o tipo de perseguição a Pe. João Marcos, calúnias, acusações,muita inveja, insinuações e maledicências mil.E tudo isso proveniente de padres, freiras, Bispos , religiosos e leigos.
Até hoje não me foi apresentado nenhuma prova, pelo contrário fui testemunha de uma acareação e a religiosa da Congregação das Irmãs de Santa Catarina teve que se retratar de uma acusação de pedofilia perante sua Madre Superiora e seu Bispo e de Pe. João e alguns pais do coral, pois admitiu que inventou.
Não sou advogado de ninguém, só estou relatando um pouquinho do que vi e vivi.Tem muito mais.
Sou grato a Pe. João Marcos por tudo que aprendi com ele,ética, respeito,disciplina, tolerância,Catequese, liturgia, amor a Igreja e ao Papa... e por último música.
Creio que no dia do juízo todos receberão seu castigo de acordo com sua parcela de culpa.Vamos orar e vigiar mais pelos que estão dentro da Igreja Romana e deixar quem está fora viver sua vida em paz.Em vez de atacar as pessoas devemos rezar pelas suas almas e pela sua conversão.Quem não tem telhado de vidro que atire a primeira pedra. Julguem menos sejam mais cristãos e deixem os julgamentos para o JUIZ SUPREMO, DEUS NOSSO PAI.

Leandro disse...

Caríssimos.
Fiz uma pesquisa no site do Tribunal de Justiça do RS a procura de processos contra JOÃO MARCOS PRTO MACIEL, pois algumas pessoas postaram em seus comentários que por onde ele passou deixou vários processos contra ele.
Lamento desapontá-los mas não existe nenhum processo onde ele seja réu.
Procurei nas Comarcas de Novo Hamburgo,Caçapava do Sul, Santa Maria, São Leopoldo, Porto Alegre.
Todas as buscas deram nada existe, o único processo que consta é um em Caçapava do Sul onde Pe. João Marcos é AUTOR e não réu.
Façam a busca e comprovem:
http://www1.tjrs.jus.br/site/

Anônimo disse...

Estimado Leandro!

Parabéns pelo seu post, finalmente tinha que aparecer alguém com bom senso nesta página para falar as verdades a respeito da vida de Dom Marcos e ninguém melhor que vc, uma testemunha ocular da vida e do trabalho deste grande mestre da música sacra e pilastra do conservadorismo.

Muito obrigado!

Marcelo.

Leandro disse...

Caro Marcelo!!
Li muitas bobagens e mentiras neste blog e em outros.
Dom Marcos sempre foi uma pessoa de personalidade forte e m homem que toma posição, não é uma maria vai com as outras, e isto sempre deixou muita gente com raiva e inveja da sua grande capacidade.
Ao contrário do que li, Dom Marcos nã foi uma vocação adulta, Dom Marcos desde criança esteve presente a atuante na Igreja, uito jovem foi para o seminário e lá já começou sua história de perseguições.
Ele foi perseguido pelo Cardeal Dom Vicente Scherer(os arquivos do DOPS em Porto Alegre tem muitas informações sobre a conduta e a moral do falecido Cardeal) porque seus pais eram separados até que se retirou.
Ainda jovem ingressou na Ordem dos Oblatos Diocesanos da Argentina, foi para Alemanha onde estudou na Kirchenmusikschule de Regensburg , escola superior de música sacra referência dentro da Igreja, berço do movimento cecilianista da musica sacra dos mestres Haller, Haberle, Miterrer, entre outros.Estudou com Georg Ratzinger irmão de nosso amado Papa entre outros grandes mestres.
Dom Marcos se desligou dos Oblatos na década de 80 pouco antes de se ordenar Padre secular na Diocese de Novo Hamburgo.
Então está equivocado quem pensa que ele decidiu pela vida religiosa depois de adulto.
Jogar merda no ventilador e se manter anônimo já é motivo para não dar crédito a estas pessoas.

Anônimo disse...

Apologia e heterónimos
Sairam todos do mesmo lugar.
Até eu viro SANTO ou Santa!!!!!

Anônimo disse...

Mas vc já é quase uma santa, falta só o véu !!

Leandro disse...

Segundo a Legislação deste país, enquanto o indivíduo não for processado e a sentença transitar em julgado ele é INOCENTE.
Santo ninguém é, defeitos todos tem e feliz daquele que reconhece os seus se resigna, tenta corrigir e vive feliz.
Mas é mais fácil apontar e condenar pois todos que apontam e condenam são "SANTOS".Viraram DEUS JUIZ SUPREMO DE NOSSAS VIDAS?

Anônimo disse...

Será Leandro Escher o arauto????
A santa com com véu é Sta. Helena!!!
Conhecidíssima.

Anônimo disse...

Será Murilo Guesser o anônimo e ex-monge ceciliano, expulso do mosteiro quando ainda eram católicos romanos?

Anônimo disse...

Este Leandro Guesser não pode ser, é obviou meu caro Gabriel coice de mula.
O Frei Lucas da "Encadernação" osc, nunca jamais e em tempo algum, iria em defesa do Helena Arcebispo.
Tem motivos que nem passam pela minha cabeça nomeá-los.
Diz o Povo [quanto mais se mexe na porcaria mais mal cheira], e de fezes, que eu saiba, alimentam-se as hienas e não só!

Anônimo disse...

Quem é Leandro Guesser?

Anônimo disse...

Também gostaria de saber. Quem é Leandro Guesser? Eu sei de um tal de Murilo Guesser e do maestro Leandro Escher, agora Murilo Escher nunca ouvi falar!!!!!!

Anônimo disse...

Vc continua achando que sou Dom Marcos ou Dom Gabriel??? Está tão sego assim é?? Nem Dom Gabriel e muito menos Dom Marcos perderia tempo respondendo as bobagens que vc escreve neste blog fajuto e sem credito!!
Como vc esta estressado mesmo em!! Nota-se pela sua linguajem desconectada!! Dese cheito que vai acabar ficando pra hiena que se alimenta de fezes é vc!!!!

Saudações cordiais!

Adolf Hitler, Marcelo, Dom Pedro II, Dom João VI, Mozart, Sócrates, Otávio Augusto e João Amaral.

Anônimo disse...

O que me deixa mais admirado é o administrador deste blog vagabundo manter essa quantidade de calunias no ar.Está dando apoio a arte maquiavélica de caluniar, se nos próximos 10 dias essa página for mantida vou denunciar este blog para a polícia federal como alimentador de difamações e intolerância religiosa e incitação do ódio. E não venham me dizer que isso não pode por que já me informei e sei que é possível fazer isso!!!!!!
Até mais ver!

Iraja Lemos.

Fernando Tavolaro de Castro disse...

Saudações a todos.

Quero lembrar novamente que as minhas opiniões estão expressas somente nas postagens dos tópicos e nos comentários que eu assino. Não tenho parte com essas acusações de nenhum dos lados e portanto não me manifesto sobre tal.

Sobre supostas calúnias e difamações, todos os comentaristas já foram alertados acerca da política do blog, porém, como algumas postagens continham acusações graves demais, achei por bem removê-las. No entanto, acusações de cunho meramente religoso (como hereges, excomungados e coisas similares) estão dentro dos limites tolerados pelo blog.

Porém, não permitirei que ninguém aqui calunie quem quer que seja, pois o campo de comentários do Blog do Fernando não é o foro apropriado para tal. As postagens que já foram aprovadas permanecerão, porém, o tópico passa a estar agora sob minha completa moderação.

Comentários anônimos não serão mais aceitos e, caso os interlocutores queiram continuar dialogando, terão que identificar-se apropriadamente. Nomes registrados com endereços de e-mail notadamente falsos também serão bloqueados.

Lembro também que a calúnia e difamação a terceiros sem o oferecimento de prova cabal também não será mais tolerada nesse tópico.


Gostaria de continuar providenciando um ambiente para esse debate, porém, se as condições mínimas de civilidade não forem seguidas, fecharei o mesmo em definitivo.

Fiquem com Deus,
Fernando.

Antequam noveris a laudando et vituperando abstine disse...

Gabriel coice de mula, foi apenas um erro na troca de nomes.
Onde lê Leandro, leia-se Murilo.
Vc acha que é um blog fajuto e sem credito, mas estão sempre lendo e batendo ponto aqui.
De fato é mesmo uma "linguajem desconectada"
Desconectado está você com o português, escrevendo LINGUAJEM. Acredito que vc. também tem se alimentado de fezes, e está fazendo mal para seu único neurônio.
Não é de bom alvitre um monge da primeira arquiabadia anglicana e da a Arquidiocese Santo Anselmo de Cantuária utilizar esse palavreado rude e grosseiro.
O Murilo é o memo que em 2003, vc. Gabriel escreveu:
"Nessa data foi aceito como Postulante o jovem Murilo Guesser, oriundo do Estado de Santa Catarina, cidade de Antônio Carlos. Ao Frei Murilo parabéns e votos de bem sucedido Postulantado."
Segue:
"[No dia 8 de fevereiro comemoramos o 18º aniversário natalício de Frei Murilo Guesser (postulante) com um saboroso bolo feito pelos próprios Monges. À noite Frei Murilo recebeu telefonema de seus familiares, no estado de Santa Catarina, parabenizando-o pela data. Ao Frei Murilo desejamos muitas felicidades e sucesso em sua caminhada monástica."
Segue:
"No dia 18 de Abril foi aprovado para iniciar o Noviciado o Postulante de nossa Congregação Frei Murilo Guesser. A data marcada será dia 12 de Outubro, numa Missa Solene presidida pelo nosso querido Bispo Diocesano Dom Irineu Wilges ofm. Parabéns ao Frei Murilo e que Deus o acompanhe nesta nova etapa monástica."
Segue:
"No dia 8 de Fevereiro comemoramos o aniversário do Noviço Frei Murilo Guesser, mesmo sendo dia de semana, ele teve direito a um delicioso bolo recheado de côco e chocolate e vela acesa, música com piano e flautas , pastéis e outras alegrias para o paladar"
Segue:
"Dia 16 de Outubro passado aconteceu a Cerimônia dos Primeiros Votos Temporários de Murilo Guesser que tomou o nome de Frei Lucas da Encarnação osc.
Belíssima Cerimônia abrilhantada pelo coral Schola Cantorum Ceciliana de Novo Hamburgo cantando peças de alto valor artístico dentro da Tradição da Música Renascentista. Vieram muitos visitantes de várias partes que quase lotaram a Igreja matriz, com exceção dos Caçapavanos que não participam dessas coisas, por isso da cidade havia pouca gente."

Domus Birettarum

tgsc disse...

sego = cego

linguajem = linguagem

Dese cheito = desse jeito

Salvem o português, pelo amor de Deus!!!!

Leandro disse...

Concordo Irajá, e também é possível rastrear os ANÔNIMOS pelo IP.
Aqui como disse anteriormente não estou para defender A ou B, relato o que vi e vivi.
Se João Marcos Porto Maciel é culpado de tudo que é acusado apresentem provas concretas e contundentes.
Onde estão os processos que ele tem nas costas?
Apresentem provas, sentença condenatória que transitou em julgado que serei o primeiro a querer que a justiça seja feita.
Aqui não estou discutindo religião, tenho minhas convicções como Católico Apostólico Romano e se ele está certo ou errado não é da minha conta.
Deus nos deu o livre arbítrio e se João Marcos está certo ou errado será julgado por Deus, não por homens sujeitos a pecar.
Por isso aqui me refiro a João Marcos Porto Maciel e não a Dom Marcos.
Estou vendo o homem pela lado civil e não o religioso, pois a Constituição Federal garante o direito a seguir a religião que bem entender.
Repito, provas contundentes, condenação judicial, que serei o primeiro a querer que ele ou qualquer pessoa pague conforme determina a Lei.
Sejamos honestos e justos sem se esconder atrás de anonimatos covardes que podem ser descobertos com facilidade e as pessoas sofrerem as consequências da lei por calúnia e difamação.Crimes virtuais são fáceis de identificar seus autores.
Paz e bem.

aleyde de sharbe disse...

Estava tão bom essa conversa de lavadeiras.
Fernando por que acabou com esse barraco?

madame.moi disse...

Primeiramente meu agradecimento ao Fernando por proporcionar a possibilidade de debate. Cabe esclarecer que se encontra no Congresso Nacional projeto de lei que define que o blogueiro só é responsável por suas postagens de tópico, sendo que comentários de terceiros não são de sua responsabilidade, praticamente seguindo o que os juízes vem decidindo nos tribunais.

madame.moi disse...

Estamos debatendo a postagem feita em 29/7/2008 que fala da solicitação de união da Igreja Anglicana com a Santa Sé-ICAR, o que ocasionou um comentário sobre o Mosteiro de Santa Cecília, que era católico e se tornou anglicano. Na compreenção do assunto catolicismo e anglicanismo, o Mosteiro se tornou um exemplo de como e porquê as divergêwncias acontecem. Neste caso específico, todos os passos e todas as direções do Mosteiro são decididos por uma única pessoa, que é o seu fundador, Sr. João Marcos. Sendo assim, para entendermos o porquê da mudança, obrigatoriamente precisamos entender o que move o Sr. João Marcos.
Isso torna o debate sobre o Mosteiro muitas vezes confundido entre a questão da religião com a questão pessoal de seu fundador, por sua própria atitude, confirmadas através de suas postagens no mosteiroosc.blogospot.com.

Com base nisso, pessoas que conviveram com o Sr. João Marcos, como o Sr. Leandro, que assina postagens acima, tomam a iniciativa de defendê-lo. Mas o que move uma pessoa a defender a outra, dizendo NUNCA TER PRESENCIADO ou NUNCA TER SIDO VÍTIMA dele?
NÃO TER VISTO NADA não isenta o Sr. João Marcos, a não ser que o Sr. Leandro passasse 24h do dia a seu lado, durante toda sua vida.
NUNCA TER SIDO VÍTIMA também não isenta o Sr. João Marcos, só demonstra uma necessidade do próprio Sr. Leandro de se preservar, adiantando-se caso alguém imaginasse algo com relação a ele.
Eu acredito no Leandro, mas também acredito nas outras pessoas que conviveram com Sr. João Marcos e o acusam de alguns tipos de excesso.

Este excesso é comprovado nos movimentos do Mosteiro, que em pouco tempo saiu do catolicismo para o anglicanismo, depois num novo movimento em direção diferente dentro do anglicanismo. Para cada movimento houve uma contrapartida pessoal para Sr. João Marcos, primeiro para o bispado, depois para o arque bispado. Esse excesso na busca da realização pessoal que deixou vítimas psicológicas e sexuais. Esse mesmo excesso que ameaça com palavras inapropriadas as postagens contrárias e o próprio blog para limitar o debate.

Lembro que ameçar com PROCESSOS NA JUSTIÇA não amedronta. Talvez seja o caminho mais eficaz de mostrar a VERDADE e PARAR OS EXCESSOS.

Leandro disse...

Em primeiro lugar não tenho do que me defender e me preservar,se tivesse me mantinha calado.E repito, somente relatei o que vivi e presenciei.Como disse anteriormente não entrei no debate para defender A ou B, somente para dar meu testemunho e repito, me apresentem provas contundentes de tudo que acusam João Marcos Porto Maciel que serei não seu juiz pois só quem julga ou condena é DEUS, mas sim um leão brigando para que seus supostos "crimes" sejam levados as autoridades e que ele pague por eles.E também volto a dizer que não entro no mérito religioso da questão, se ele está certo ou errado, se criou um rito(é seu direito criar)ou não, não quero saber.Acusaram João Marcos de deixar um rastro de processos por onde passou.Fiz uma busca no Tribunal de Justiça do RS e não consta nenhum processo onde ele seja réu, somente um como autor em Caçapava do Sul.

XW disse...

Que fim melancólico, depois de tanto, para dar em nada.
E agora, João?
A festa acabou,
a luz apagou,
o povo sumiu,
a noite esfriou,
Você que é sem nome,
que zomba dos outros,
Agora se ferrou, tudo acabou.
Galgou os pináculos eclesiais,
Mas.... o barraco desabou.
E agora João?
O Titanic afundou.

Unknown disse...

Vai aqui uma dica literária de muito sucesso em Minas Gerais onde o Coral dos Bem-ti-vis da Sé de Diamantina durante vários anos atuou com a música clássica, e que só agora temos conhecimento dos casos terríveis ocorridos em Diamantina, MG. Anotem aí: "Sem medo de falar", autor Marcelo Ribeiro. O Marcelo foi menino cantor do seu Coral e a leitura do livro pode ser muito esclarecedor nos métodos que alguns padres têm para disseminar o mal por onde andam.

tgsc disse...

Ex-padre Dom Marcos de Sta. Helena é investigado por abuso sexual de adolescentes no RS

Caso veio à tona com a publicação do livro de um empresário de 48 anos.
História relatada na obra foi identificada por outro homem.

Um ex-padre que foi membro da Igreja Católica e Anglicana é apontado por dois homens como responsável por abuso sexual de adolescentes. Atualmente, o religioso vive em Caçapava do Sul, na Região Central do Rio Grande do Sul, para onde se mudou há cerca de 20 anos. O caso veio à tona com a publicação do livro de um empresário mineiro de 48 anos. A história relatada na obra foi identificada por outro homem, que se diz vítima do mesmo agressor. O homem religioso será investigado, como mostra a reportagem do Teledomingo, da RBS TV.

Depois de 30 anos de silêncio, Marcelo Ribeiro, natural de Minas Gerais, resolveu falar sobre a história de sua adolescência, vivida em Novo Hamburgo, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Há três meses, ele revelou em um livro ter sofrido abusos sexuais por quando tinha entre 12 e15 anos, e participava de um coral na cidade gaúcha.

"Quando eu tinha 11 para 12 anos, em uma viagem, eu acordei com ele na minha cama. E não entendi o que tinha acontecido. Mas ele fez o gesto de silêncio. Eu entendi que não poderia falar. A partir daí os assédios começaram com beijos, só que eu já era uma criança dominada por ele, eu já tinha uma obediência absoluta, isso facilitou o abuso sexual", conta.