segunda-feira, 7 de julho de 2008

Abortistas pressionam Youtube para retirar vídeo pró-vida

Saudações queridos leitores!

Nenhum totalitarismo tolera opiniões divergentes. Foi assim com o nazismo, com o comunismo. É assim com o gayzismo e com o abortismo. Dois vídeos postatos no Youtube que desmascaram as intenções da cineasta Eve Reinhardt, que queria uma entrevista com um líder pró-vida para seu projeto "The Decency Gap".

O projeto "The Decency Gap" é um documentário que visa estimular a descriminalização do aborto ao redor do mundo e é financiado por organizações abortistas de todas as partes do planeta, entre elas a International Planned Parenthood Federation (IPPF), que agrega diversas entidades que estimulam o aborto. Com informações de ACI, que postou o vídeo e a notícia original.



Assistam ao vídeo. Vejam como Eve Reinhardt tenta ser dissimulada mas é descoberta poe Carlos Polo, que já sabia do que se tratava. A diretora abortista, ao ser desmascarada tenta mais uma vez enganar Carlos Polo, dizendo que as informações que ele tem sobre o projeto são antigas e que ela é imparcial. É incrível a consternação que ela demonstra perante ele.

Vejam queridos leitores, como os abortistas apelam para a mentira, a enganação e a dissimulação para implantar sua cultura de morte em nosso meio.

OS ABORTISTAS TENTARAM TIRAR ESSE VÍDEO DO YOUTUBE EM UMA CLARA TENTATIVA DE CENSURAR AS VOZES QUE LUTAM PELA VIDA! ESPALHEM ESSE TEXTO E ESSE VÍDEO EM BLOGS, E-MAILS E COMUNIDADES DO ORKUT O MÁXIMO QUE PUDEREM!

Incontáveis vidas inocentes dependem disso.

Que Deus nos livre da maldição do aborto!

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Nenhum comentário: