quarta-feira, 4 de junho de 2008

Parlamento Europeu debate papel da religião no espaço público

Saudações queridos leitores!

São notórios o laicismo e o islamismo que ganham força na Europa contemporânea. Um encontro realizado no Parlamento Europeu dedicados ao "Islã, cristianismo e Europa" visou discutir a presença da religião nos espaços públicos. Tal assunto abrange diretamente essas duas religiões no tocante à construção de Igrejas e Mesquitas e como essas se mesclam ao mundo cada vez mais laicista que se torna a Europa. Mais informações sobre o encontro em ZENIT.

Enquanto em alguns países a presença do cristianismo é duramente atacada, em outros países, devido ao aumento significativo da população muçulmana, surge com cada vez mais força a vontade dessa comunidade de erguer seus templos em solo europeu em dimensões similares aos templos do mundo árabe.

Penso eu que essa iniciativa é muito perigosa não só para os cristãos, mas para a Europa, pois todos sabemos que a mentalidade islâmica não é amiga da liberdade religiosa e, se a Europa é o que é hoje, deve isso a sua herança cristã. Uma hipotética mudança dessa magnitude no velho mundo tem uma possibilidade muito alta de estagnar o desenvolvimento do continente como um todo, de modo semelhante ao que aconteceu com a expansão do Islã no mundo árabe, que antes da religião, era um dos pólos mais promissores na área das ciências exatas.

Além do mais, tenho como uma opinião pessoal minha que os europeus devem ser recíprocos aos descendentes de árabes nesse caso. Que eles gozem da mesma liberdade que gozamos em suas terras. Se os cristãos puderem erguer seus templos em solo árabe, que eles construam mesquitas na Europa. Caso contrário, que não ergam um minarete no velho mundo.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Nenhum comentário: