sexta-feira, 20 de junho de 2008

CNBB quer 'exportar' movimento dos sem-terra para a África

Saudações queridos leitores!

Tem horas em que eu penso que a melhor coisa que poderia acontecer com a CNBB é a sua dissolução. Mas aí eu penso em todos os bispos bons que estão lá, de mãos amarradas pelos comunistas e tenho dó deles. Agora, eles querem exportar os nossos problemas.

De acordo com uma reportagem do Estadão, um grupo de representantes da África do Sul virá para o Brasil para conhecer e aprender com o modelo de terrorismo implantado pela CPT (Comissão Pastoral da Terra) e com o MST!!

De acordo com o Padre Nelito Dornelas, os sul-africanos “Querem implantar lá a metodologia desenvolvida pela CPT”. “Também estão interessados em ter missionários brasileiros que ajudem os trabalhadores rurais a organizarem seus movimentos, como foi feito no Brasil. Como se sabe, o MST é filho da CPT.”

Desde o fim do Apartheid, uma minoria ainda controla cerca de 80% das terras cultiváveis do país. Para tentar acabar com esse problema, os sul-africanos importarão uma suposta solução que só vai fazer aflorar ainda mais a luta racial no país, que foi vítima por muitos anos de um regime racista. E tudo isso graças a uma rede internacional de organizações comunistas que usam de métodos terroristas.

Estamos nos tornando exportadores de metodologia terrorista.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Nenhum comentário: