sexta-feira, 25 de abril de 2008

Relíquias do Padre Pio renovam nossa fé na ressurreição

Saudações queridos leitores!

Poucos dias atrás o corpo de São Pio de Pietrilcina, um dos grandes santos de nossos dias foi exumado. Em uma homilia, o Cardeal Saraiva Martins nos lembra um pouco da importância da veneração das relíquias dos santos e dos benefícios da prática. Fiquem com notícia de ACI, volto depois.

Relíquias do Padre Pio renovam nossa fé na ressurreição, afirma Cardeal Saraiva

.- O Prefeito da Congregação para as Causas dos Santos, Cardeal José Saraiva Martins, destacou que "as relíquias de quem dorme no Senhor, e em modo especial as dos santos, convidam-nos a olhar ao futuro, a renovar a fé na ressurreição da carne. São Pio foi um padre fecundo de almas".

Assim o expressou esta manhã o Cardeal na homilia da Missa com a que se iniciou a ostensão dos restos de São Pio de Pietrelcina a quem recordou como quem "tem escrito uma página original reunindo em torno de si a uma multidão como membros de seus grupos de oração".

A presença do corpo do santo frade, disse o Cardeal Saraiva, "convida a uma memória: olhando seus restos mortais recordamos todo o bem que fez em meio de nós por meio desse corpo".

Voltei. As relíquias dos santos, sejam objetos ou até mesmo partes dos corpos dos santos nos servem como uma lembrança e um aviso de como alcançar e manter a santidade. As relíquias são uma evidência palpável dos modos de se viver as virtudes cristãs de maneira heróica.

Os santos morrem e suas relíquias ficam, como um sinal de que um dia eles voltarão e eles serão a prova viva dos momentos que as relíquias nos lembram.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Nenhum comentário: