sábado, 19 de abril de 2008

Ditatura homossexual chega à Internet

Saudações queridos leitores!

Estamos retornado aos tempos da ditadura. Desde antes de eu ter meu Blog, anuncio a iminência de uma verdadeira ditadura promovida pelas entidades de apoio aos homossexuais. Com a justificativa de proibir a chamada homofobia, estão caçando todos aqueles que falam contra a cultura do homossexualismo. Fiquem com notícia da ACI, volto depois.

Governo brasileiro lança "cruzada" contra blogs que questionam homossexualidade.- LifeSiteNews.com explica que o Google recebeu uma sentença judicial com um dossiê que contém 150 páginas de material "homofóbico" de seu serviço "Orkut", uma rede social de Internet muito popular no Brasil.

O Fiscal Federal Sérgio Suiama propôs um sistema para compartilhar informação de modo que Google lhe dê ao governo acesso para identificar informação de quem viola suas restrições, indica LifeSiteNews.

"Com este acordo, que já foi aceito no Brasil pelo IG, Terra, Click 21, e AOL, Google também acordaria, sob ordem judicial, proporcionar informação que ajudará a descobrir quem seja culpado de crimes", disse Suiama.

Porém, o governo não esperou a ordem, precisa LifeSiteNews. Logo depois de vários anos de advertências ao Google, Yahoo, Microsoft e outras empresas para retirar material "ofensivo" de seus sistemas, a 31º corte estatal ordenou aos fornecedores de serviço de internet proibir o acesso do público a um blog que está no WordPress.com, que segundo a ordem, não cumpre com as restrições do governo.

LifeSiteNews.com indica que o nome do site não será revelado ao público.

Porém, os fornecedores do serviço de Internet do Brasil já indicaram ao governo que para bloquear o acesso a um blog do Wordpress.com, teriam que bloquear todo o sítio, que é o segundo maior site de blogs do mundo e que tem dezenas de milhares destes no Brasil.

"É uma decisão arbitrária", disse o jornalista brasileiro e blogger Paulo Cezar Prado em uma entrevista concedida ao O Globo. "Não acredito que a justiça faça algo tão absurdo como tirar um monte de gente do ar por causa de um só blog", acrescentou.

Por sua parte, o blogger pró-família, Julho Severo, cujo blog foi bloqueado no ano passado pelo Google ao ser acusado de "homofobia", comentou ao LifeSiteNews que "acredito que a administração de Lula está usando exemplos extremos para controlar a crescente influencia dos blogs e outros serviços onde as pessoas podem expressar livremente os seus pontos de vista".

Voltei. Os casos de ódio devem ser realmente punidos. Mas sabemos que por trás dos casos extremos, estão aproveitando para silenciar todos aqueles que divergem da opinião de que a prática homossexual é uma coisa boa. Estão manipulando a Justiça com motivação meramente ideológica. Estão cerceando o direito à liberdade de expressão.

Se a Justiça pretende ser realmente justa, que combatam também as ofensas sofridas pelos grupos majoritários, como a Igreja Católica e os "homens brancos paulistas heterossexuais casados de classe média", que são dois dos grupos mais atacados no Brasil.

Tratamento igual para todos! Já que pretendem combater as ofensas aos grupos no Brasil, que defendam todos os grupos e não apenas uma ou outra minoria!

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Nenhum comentário: