sexta-feira, 18 de abril de 2008

Cientistas enxertam células-tronco em coração com infarto

Saudações queridos leitores!

Mais testes com células-tronco adultas. Dessa vez, já em humanos. Isso mostra o potencial do que está sendo literalmente ignorado no Brasil. Fiquem com mais uma reportagem da France Presse (íntegra aqui), volto depois.

Cientistas enxertam células-tronco em coração com infarto

da France Presse, em Miami

Uma equipe de médicos de Miami enxertou células-tronco em um coração de um homem que havia sofrido um infarto, com o objetivo de fortalecer o órgão. É o primeiro caso mundial do gênero, o que poderá significar um avanço significativo nesse tipo de tratamento.

A cirurgia, que foi feita após cinco anos de estudos em animais, foi realizada nesta quinta-feira (17) no Hospital Jackson Memorial de Miami (UM) em um cubano de 56 anos que --junto com grupo de outros 44 pacientes-- será submetido nos próximos meses a uma série de testes de avaliação.

"Trata-se da primeira tentativa de reparar tecido danificado no coração de um paciente com células-tronco extraídas de células ósseas da própria pessoa", afirma Joshua M. Hare, médico cardiologista, chefe da Divisão Cardiovascular da Universidade de Miami.

"Estamos muito, muito otimistas', disse Hare, destacando que se trata de um assunto de enorme transcendência para a medicina por ser "um enorme problema da saúde pública em todo o mundo". Devido aos infartos, "milhões de pessoas possuem tecidos danificados em seu coração", relembrou.

As provas e exames previstos em 45 pacientes, que serão separados em grupos de 15 para que sejam injetadas maior ou menor quantidade de células, ou mesmo placebos, devem proporcionar uma conclusão definitiva em 2009.

"O êxito irá permitir de imediato evitar transplantes de coração, um órgão que apenas 5% dos pacientes que necessitam de um transplante conseguem", acrescentou Hare.

Voltei. Vejam os resultados. O que nos fornece resultados são as células-tronco adultas. Faço um apelo para que não joguem suas fichas no lado errado dessa história.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Nenhum comentário: