quinta-feira, 3 de abril de 2008

Cardeal Castrillón pede liberação de seqüestrados pelas FARC

Saudações queridos leitores!

O cerco se aperta cada vez mais para as FARC, o grupo narcoterrorista que mantém centenas de seqüestrados na Colômbia. Fiquem com notícia de ACI, volto depois.

Cardeal Castrillón pede liberação de seqüestrados pelas FARC

.- O Cardeal Darío Castrillón pediu hoje às FARC que liberem a ex-candidata presidencial Ingrid Betancourt e todos outros seqüestrados que ainda mantêm em cativeiro, como uma comemoração ao Servo de Deus João Paulo II, ao cumprir o terceiro aniversário de seu trânsito à Casa do Pai.

"Quase como uma comemoração à memória deste Papa da paz" que "amava tanto a Colômbia, diria aos chefes das FARC que pensem por amor cristão, por convicção de fé, em uma liberação de Ingrid e dos que estão detidos neste momento em suas mãos", disse o Cardeal colombiano à cadeia de rádio RCN.

O Cardeal Castrillón comentou também que o segundo das FARC, "Raúl Reyes", abatido recentemente em uma operação militar, comunicou-se "não faz muito por telefone" com ele em Roma.

O também Presidente da Pontifícia Comissão Ecclesia Dei explicou que Reyes lhe perguntou então o que pedia ele, como parte da Hierarquia da Igreja Católica, às FARC. "Disse-lhe: 'peço que pensem na paz, porque sua própria família (a de Reyes) estou seguro que a quer'", assegurou o Cardeal Castrillón.

Voltei. Cada vez menos entidades demonstram alguma tolerância para com as FARC. Muitos já os reconhecem como o que eles são: terroristas. O apelo do Cardeal Castrillón Hoyos soa como uma última chance para que as FARC libertem os reféns, apelando até mesmo para a memória de Raul Reyes, o terrorista barrigudo, morto em um ataque das forças colombianas.

Ingrid Bettancourt é o último trunfo que as FARC possuem e a deterioração de sua saúde atrapalha o plano das FARC de ganhar tempo para negociar. Se Bettancourt morrer nas mãos dos terroristas, eles sabem que estão lascados. Eles estão em um beco sem saída e toda a pressão exercida nesse momento pode colaborar com o fim da guerrilha.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Nenhum comentário: