sábado, 8 de março de 2008

Papa apresenta vida sacramental como antídoto às seitas

Saudações queridos leitores!

Alguns dias atrás escrevi um pouco sobre as seitas. Hoje, o Santo Padre nos ensina um antídoto contra as artimanhas usadas pelas seitas para laçar os mais incautos. Fiquem com ZENIT (íntegra aqui), volto depois.

Papa apresenta vida sacramental como antídoto às seitas
Ao receber os bispos da Guatemala

CIDADE DO VATICANO, quinta-feira, 6 de março de 2008 (ZENIT.org).- Bento XVI apresentou uma vida de fé e de participação nos sacramentos como antídoto contra a expansão das seitas, especialmente na América Latina.

Foi a mensagem que deixou esta quinta-feira ao receber os bispos da Guatemala que realizaram sua qüinqüenal visita «ad Limina Apostolorum» ao Papa e a seus colaboradores.

Depois de ter recebido pessoalmente os prelados e de ler seus informes, o Santo Padre constatou que «Deus abençoou o povo guatemalteco com um profundo sentimento religioso, rico de expressões populares, que hão de amadurecer em comunidades cristãs sólidas, celebrando com alegria sua fé como membros vivos do Corpo de Cristo (cf. 1 Co 12, 27) e fiéis ao fundamento dos apóstolos».

«Sabeis muito bem que a firmeza da fé e a participação nos sacramentos fazem fortes vossos fiéis diante do risco das seitas ou de grupos pretensamente carismáticos, que criam desorientação e chegam a pôr em perigo a comunidade eclesial», acrescentou o Papa.

Nos últimos trinta e cinco anos, segundo alguns especialistas, grupos protestantes e outras seitas religiosas teriam conseguido atrair quase 30% da população, ainda que os números exatos são difíceis de confirmar, pois também há pessoas que abandonam posteriormente essas confissões. Estimativas apontam que na Guatemala existam atualmente cerca de dez mil grupos fundamentalistas.


Voltei. Qualquer seita é um perigo. Seja perigo social, seja perigo espioritual. Vivemos em um país repleto de seitas, dos mais variados tipos. Para que os incautos não caiam em suas armadilhas, o Papa recomenda justamente o que eles não possuem e nunca possuirão: os sacramentos.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Nenhum comentário: