segunda-feira, 31 de março de 2008

Ladrão vai à igreja pedir perdão por roubo e é preso

Saudações queridos leitores!

A notícia que vai abaixo não seria muito especial se não tivesse acontecido na minha paróquia! Fiquem com notícia do iG (um pouco mais moralizado depois da saída de Paulo Henrique Amorim), volto depois.

Ladrão vai à igreja pedir perdão por roubo e é preso

31/03 - 14:16 - Agência Estado

Depois de roubar uma carteira e ameaçar a vítima com uma suposta arma, um ladrão decidiu pedir perdão a Deus e acabou preso, dentro de uma igreja católica.

O fato aconteceu na manhã do último sábado, em São José dos Campos (SP), e chamou a atenção até dos policiais militares que fizeram a prisão.

O acusado, Neander Pinto, simulou que estava armado e ameaçou o designer Marcelo Peneluppi, que havia estacionado seu carro em frente a uma escola técnica em São José. "Ele estava com a mão debaixo da blusa, fez ameaças e rapidamente levou a carteira, saindo correndo em seguida", contou o designer, que não reagiu ao assalto. "Ficamos muito assustados, sem saber o que fazer".

Uma testemunha, então, contou a policiais que passavam pelo local que um homem havia entrado na igreja de São Sebastião. Na sacristia, sozinho, ajoelhado e com as mãos pra cima, o bandido foi encontrado pela polícia.

"Ele falou que estava rezando para pedir perdão a Deus", relatou o soldado Cássio Clay de Araújo, que fez a prisão. "Nunca havia passado por isso, foi curioso", acrescentou. Neander, que já tinha passagem pela polícia por duplo homicídio e estava em liberdade condicional, foi levado para a cadeia de Jacareí.

Voltei. Na manhã do sábado estava trabalhando, portanto não vi o que aconteceu. O que posso dizer é que espero que ele tenha conseguido o perdão de Deus, porque do Estado, não vai conseguir.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Um comentário:

Evelyn Mayer de Almeida disse...

E que também possa mudar de vida, porque essa que ele escolheu não está com nada :-)