quarta-feira, 26 de março de 2008

Grande Oriente Maçom ataca o Papa Bento XVI

Saudações queridos leitores!

Meu querido companheiro de luta pela Fé, Carlos Eduardo Maculam, editor do blog Atanasiano e participante do apostolado Sociedade Católica, me traz a informação de que a Maçonaria Francesa está em uma campanha contra a revitalização da Fé na Europa.

A Europa é hoje terra de missão. Atendendo ao ardor missionário, vemos, após um período de “pós cristianismo”, uma retomada da Fé em alguns setores da sociedade que tende a se acentuar com o passar do tempo.

O brilho da Igreja, que começa a resplandecer novamente no velho mundo já começa a queimar os olhos das hordas satânicas. Como o inimigo não fica parado, o Grande Oriente Maçônico da França emitiu aos maçons do mundo inteiro uma notificação sobre o retorno dos valores religiosos na Europa.

Um dos pontos que é atacado no comunicado, publicado originalmente em francês aqui na página do Grande Oriente da França critica a beatificação dos mártires da Guerra Civil Espanhola que sucumbiram ante as hordas que lutavam sob a mesma bandeira da “Liberdade, Igualdade e Fraternidade” que sustentam os maçons.

O comunicado foi traduzido pelo Professor Orlando Fedeli, homem erudito, mas de quem eu discordo em uma série de assuntos. Eis a tradução do comunicado:

Um Inquietante Retorno do Religioso

autor: Grande Oriente Maçônico - França

Vivemos atualmente — na França como em todo o Ocidente — uma verdadeira revolução silenciosa caracterizada por um retorno inquietante do fenômeno religioso. Sob o assalto de correntes e doutrinas as mais reacionárias, eis que o Homem -- moderno, pós moderno — nos é apresentado plenamente desabrochado graças à redescoberta do fato religioso.

Assim, lentamente, assistimos o triunfo do sujeito religioso, apagando, pouco a pouco, o sujeito político, racional universal. Essa mudança de rumo histórica se reveste dos maiores perigos. As Anti Luzes estão em vias de obter sua desforra.

Como não constatar que as diferentes igrejas e os diferentes cleros — todas as religiões misturadas — se arrogam novos direitos a cada dia que passa. Diante da fraca resistência das instituições democráticas e republicanas na Europa, eles exigem cada vez mais vantagens.

Aqui, trata-se de modernizar uma lei de 1905 tornada repentinamente arcaica; acolá ainda, por ver o Vaticano beatificar as vítimas religiosas da Guerra Civil espanhola, exatamente na hora em que essa grande democracia tenta corajosamente examinar seu doloroso passado; ou ainda mais recentemente, assistir o incrível retorno «das indulgências plenárias» prometidas pelo Papa Bento XVI, aos peregrinos de Lourdes, em 2008.

Todos esses numerosos sinais não poderiam nos enganar. Eles são duplamente inquietantes diante da fraca resistência das instituições republicanas como diante do eco favorável que o conjunto dos meios mediáticos lhes reserva.

Eis-nos em presença de uma verdadeira ofensiva intelectual e cultural. O Grande Oriente da França quer manifestar a sua mais viva inquietude diante desse desequilíbrio persistente entre os pensamentos religiosos e os pensamentos agnósticos ou ateus em detrimento dos últimos.

Quem não vê que suas virtudes emancipadoras soam falso quando se trata de submeter os Homens a uma ordem ultrapassada e não de as libertar ?

O Grande Oriente de França apela à mais extrema vigilância face a esta ofensiva geral que trabalha contra a emancipação dos Homens, contra sua Liberdade.

Serviço de comunicação de Imprensa do G.O.D.F

Eis que os inimigos da Igreja, ao ver que Roma volta a emanar seu brilho em um mundo tomado pela falta de Deus, tentam novamente ofuscar Cristo, a Luz do Mundo, com suas sombras disformes que denotam do homem criatura no lugar de Deus Criador.

A “Liberdade, Igualdade e Fraternidade” que pregam os inimigos foram responsáveis pelos maiores derramamentos de sangue de inocentes da história moderna, produziram mártires que deram seu sangue em nome da Verdade. Os mártires produzidos por eles mesmos são criticados em sua nota.

Nosso Senhor Jesus Cristo é a Luz do Mundo, que não pode ser apagada e nem ofuscada! Vãs serão todas as tentativas de fazer o inferno prevalecer sobre a Igreja de Cristo.

Viva a Cristo!

Viva o Papa!

Viva a Virgem Maria!

Viva a Santa Igreja Católica!

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

3 comentários:

Anônimo disse...

são todos safados tantos crente como esses papas que turturaram em nome de Deus são pedofilos senvergonhas

Anônimo disse...

Como Maçom e Católico que sou, peço que leiam e reflitam sobre a Epístola de São Paulo aos Romanos, Capítulo 14, Versículos de 1 a 12.

Anônimo disse...

A Franco-maçonaria não tem nada contra a igreja católica. Isso é uma conspiração que não tem base. A ordem busca a paz mundial.