terça-feira, 15 de janeiro de 2008

O Caso Verbo Filmes, CDD e CNBB

Saudações queridos leitores.

Como Católico fiel à Igreja, venho fazer um alerta, que já ressoa em vários cantos da Internet.

Nos últimos dias ocorreram fatos realmente assustadores para os Católicos brasileiros. E um DVD de divulgação da Campanha da Fraternidade de 2008, cujo o tema é"Escolhe Pois, a Vida", produzido pela Verbo Filmes, produtora de propriedade dos Missionários do Verbo Divino (Verbitas) contendo em sua primeira versão, depoimentos de integrantes da ONG anti-católica intitulada "Católicas pelo Direito de Decidir" em que as integrantes de tal grupo levantam a hipótese de que a posição sobre o aborto possa ser discutida e questionada, o que é totalmente contrário à Fé da Igreja.

Tais depoimentos estavam contidos na primeira versão produzida do DVD, mas devido ao escândalo gerado, foram retirados de uma nova versão lançada pouco depois. Ocorre que o recolhimento da versão dos DVDs contendo os depoimentos fora muito mal organizada e vários exemplares rodam por aí. Até domingo passado ainda era possível encontrar tais discos.

Diante disso tudo, a CNBB simplesmente não se manifesta quanto aos depoimentos terem aparecido em um material oficial, que leva seu brasão, o que implica em responsabilidades sobre o que é divulgado. Até a data da publicação dessa mensagem não há qualquer manifestação por parte da CNBB ou da Verbo Filmes. Este blog, juntamente de outros sites Católicos entrou em contato com a CNBB mas ainda não recebeu resposta.

Manifesto a minha profunda dor e pesar que sinto ao ver o tamanho da omissão das autoridades Católicas nesse caso. Eles, que são nossos pastores, devem zelar sempre pela saúde do rebanho. Não podemos cessar de vigiar, pois o mal não descansa. Fica registrado aqui o meu repúdio a tal acontecimento e a esperança de que esclarecimentos sejam prestados pelos responsáveis por tais atos.

Reitero aqui a minha total e absoluta fidelidade e submissão à Igreja, na figura do Papa, do Magistério e de seus legítimos representantes.

Que Deus nos livre da maldição do aborto!

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Nenhum comentário: