terça-feira, 16 de outubro de 2007

Luto na Igreja da Venezuela

Saudações queridos leitores!

É com grande tristeza que reproduzo a notícia do falecimento do Cardeal Rosaío Castillo Lara, da Venezuela. Zeloso pastor e figura de destaque na Igreja, estará agora intercedendo a nós junto a Deus.

.- Dom Baltazar Porras, Presidente da Comissão de Meios da Conferência Episcopal Venezuelana, confirmou esta manhã o trânsito à Casa do Pai do Cardeal Rosalío Castillo Lara, uma das figuras mais destacadas da história da Venezuela.

"A morte do Cardeal Castillo Lara enluta não só à Igreja e a sociedade venezuelana, mas também à Igreja universal, sabemos qual foi sua atuação ao lado dos papas Paulo VI e João Paulo II ocupando muito altos cargos e responsabilidades", disse Dom Porras.

Rosalío Castillo Lara nasceu em 4 de setembro de 1922 em São Casimiro, diocese de Maracay, e foi sobrinho de Lucas Guillermo Castillo, Arcebispo de Caracas. Cursou estudos na sociedade Salesiana de São João Bosco, em Bogotá, Colômbia, e nas casas de estudos salesianas.

Obteve o doutorado em Direito canônico em Turim, Itália, e também realizou estudos na Universidade de Bonn, Alemanha. Ordenou-se como sacerdote em 4 de setembro de 1949, em Caracas e foi Diretor de estudos do Instituto de São José, em Teques, entre 1949 e 1950.

Em 5 de outubro de 1981 se converteu em Presidente da Comissão Disciplinadora da Cúria Romana e Pró presidente da Pontifícia Comissão para a revisão do Código de Direito Canônico. Em 1985 foi nomeado Presidente de tal comissão.

Recebeu o capelo cardinalício em 25 de maio de 1985 e desempenhou altas responsabilidades no Vaticano, entre elas a Presidência da Administração do Patrimônio da Sé Apostólica. Sob sua responsabilidade se iniciou a construção da atual "Casa Santa Marta", no Vaticano, onde se alojam os cardeais durante o Conclave.

Os funerais do Cardeal começaram desde esta terça-feira na Igreja Dom Bosco de Altamira e é possível que seus restos sejam transladados ao estado de Aragua, sua terra natal. As exéquias do Cardeal terão três dias de duração.

Que Deus o tenha.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

2 comentários:

Anônimo disse...

Fernando Deus não habita entre deuses feitos pelas mãos humanas, Ele não aceita e abobina, segundo a Bíblia os ídolos. Se você conhecesse realmente seu Deus e se você lesse Sua palavra profundamente saberia disso. imagem alguma me faz pensar em Jesus,pois só Ele é o mediador e não Maria ou outra imagem qualquer. Conheça o Verdadeiro e Único Mediador entre Deus e os homens Jesus Cristo o Senhor e clame SOMENTE a Ele.

Anônimo disse...

Ele não aceita e "abobina"???

Abobina não e verbo não, tá?
O verbo é ABOMINAR!

Abobina é de fita xD