segunda-feira, 22 de outubro de 2007

Fantástico difama a Igreja e induz ao erro

Saudações queridos leitores!

Reproduzo aqui um alerta recebido por e-mail.

Ontem no Fantástico, no quadro sobre a História do Brasil, foi abordado tema do comércio de escravos. Em determinado momento, o apresentador Pedro Bial disse (não sei se o texto é dele ou do tal professor de História que inspirou o quadro) que "a Santa Igreja (essa parte em tom obviamente irônico) dizia que os negros não tinham alma e por isso podiam ser escravizados."

Como a afirmação é difamatória e não meramente a expressão de uma opinião, acho que merece alguma reação de nossa parte. Pelo menos carta à direção do programa exigindo retratação em público.

Para entrar em contato com o programa, basta clicar aqui.

Fiquem com Deus e divirtam-se,
Fernando.

Nenhum comentário: